Alguns telefones móveis de maior SAR comercializados no Brasil


AnatelO acrônimo SAR (Specific Absortion Rate) significa a quantidade de radiação que o corpo humano pode receber quando exposto a um telemóvel e representa um limite determinado por órgãos governamentais para que um telemóvel seja comercializado seja no Brasil, Europa ou Estados Unidos. No Brasil, a SAR é determinada pela ANATEL (neste link você pode verificar se seu celular está homologado) e é definida em 2 watt/kg, igual valor é adotado na Europa. Nos Estados Unidos é definida pela FCC (Federal Communications Commision) em 1,6 watt/kg.

O consumidor melhor informado deve estar atento a essa taxa de absorção da radiação emitida pelos telemóveis, pois a organização mundial de saúde (OMS) já admitiu que, possivelmente eles podem ser causadores de tumores cerebrais. Alguns consumidores já começam a se preocupar com essa questão, passando a usar fones de ouvido e, mesmo, adquirir um celular ou smartphone com baixa SAR.

As recomendações e advertências sobre a SAR constam em algum lugar nos manuais escritos em letras bem minúsculas, o que certamente nada estimula a leitura, por isso raramente são lidas, no entanto podem ser facilmente obtidas através do site do fabricante. Também conectando o site teleco.com você encontrar a SAR do seu telemóvel.

Acredita-se que quanto maior seja a taxa de absorção da radiofrequência pelo corpo humano exposto a ela, mais prejudicial será o telemóvel emissor. Apesar de não haver como provar se um telemóvel de menor SAR reduza o risco de trazer prejuízos à saúde em relação a outro de menor taxa de absorção.

Entretanto, são vários os fatores que podem aumentar a exposição à radiofrequência (RF) de um telemóvel, entre os quais se pode citar a marca, modelo, operadora, distância do aparelho para seu corpo, força do sinal, local de recepção do sinal se aberto ou fechado, quantidade de tempo de uso, não uso de fones de ouvido, distância da torre do celular, número de torres próximo de você ou de torres em sua cidade, o tráfego de chamadas em seu local, além de frequências de rádio, TV, redes wireless, etc.

Em relação às marcas, para aparelhos comercializados nos Estados unidos, a Blackberry e a Motorola são as que produzem telemóveis de maior RF, no polo oposto, produzindo dispositivos de menor SAR está a Samsung. Entretanto, convém observar que todas as fabricantes produzem telemóveis de alta e baixa SAR. O Blackberry Curve 9310 possui SAR de 1,58, portanto muito próximo do limite americano e, muito próximo a este surge o Motorola RAZR HD/HD MAXX, com SAR de 1,56. Outros aparelhos que apresentaram elevada SAR de outras marcas foram o Nokia Lumia 900 (SAR = 1,49) e o Iphone 3G, da Apple (SAR = 1,38).

Dentre os aparelhos da Samsung de menor SAR aprovados para o comércio nos Estados Unidos estão o Samsung GalaxyNote (SAR = 0,19), o Galaxy SII (SAR = 0,35), e o Galaxy SIII que, a depender da operadora, pode apresentar a SAR entre 0,43 e 0,74. Estas informações constam no site da CNET.

No Brasil, de acordo com o site UOL sobre tecnologia, dentre os 10 aparelhos com maior SAR disponíveis no comércio, a marca que oferece maior número de celulares é a Motorola, porém os quatro estão abaixo do padrão SAR americano (1,6), o que significa dizer que são muito bons em relação ao padrão SAR brasileiro (2,0). Em igual condição surge um modelo da Samsung, o Samsung SCH-N375 (SAR = 1,47), o mesmo índice dos modelos Motorola C 331 (T), Motorola C 332 (T) e Motorola 182c. Os outros dois modelos da Motorola são o Motorola V3690 (SAR = 1,55) e o Motorola V8160 (SAR =1,51). Outra marca que apresentou SAR abaixo da referência americana foi a LG, com o modelo LG-BX7000 (SAR = 1,56). Os demais modelos apresentaram SAR superior ao índice adotado nos Estados Unidos, e o que apresentou maior índice foi o modelo HTC Touch Dual P5530, cuja SAR é de 1,83.

Se você está preocupado com a RF do seu telemóvel, fique tranquilo, pois o número SAR possui um fator multiplicativo de correção de 50 vezes como margem de segurança, isto significa dizer que a seguridade do aparelho poderia ser de 100 watt por peso corporal (SAR = 2 x 50 = 100 watt/kg). Portanto, qualquer aparelho que apresente SAR inferior ao índice estabelecido pela ANATEL é totalmente seguro. Mas lembre que todos nós estamos sujeitos a outras fontes de radiação, por isso é de bom alvitre optar por um telemóvel de baixa taxa de absorção.

Fonte: Internet

2 thoughts on “Alguns telefones móveis de maior SAR comercializados no Brasil

  1. I simply want to tell you that I am very new to blogging and honestly enjoyed your blog. Almost certainly I’m likely to bookmark your site . You surely have tremendous stories. With thanks for revealing your blog.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *