Oito critérios para utilizar na compra de um bom GPS automotivo

54776_Papel-de-Parede-Mapa-Mundi_1920x1200Com o advento da tecnologia da informação e telecomunicação móvel, muitos dispositivos portáteis foram desenvolvidos para auxiliar o ser humano nas mais diversas atividades. Dentre estes dispositivos, podemos destacar o GPS, acrônimo Inglês que significa Sistema de Posicionamento Global. Este sistema é baseado num conjunto de satélites que emitem sinais ao aparelho receptor (GPS), fornecendo informações sobre a localização de seu portador.

O GPS assume muita importância para quem quer se deslocar para lugares desconhecidos, constituindo-se em um excelente auxílio para pedestres, viajantes e tripulantes. Entretanto, para que seu GPS seja realmente um aparelho funcional, é muito importante que você faça a atualização periódica dos mapas.

Mas qual será o melhor GPS automotivo? Um aparelho em que você possa confiar; que não vai lhe deixar na mão na hora em que mais precisar? Vejamos abaixo alguns critérios pelos quais você deve se basear por ocasião da compra de um aparelho GPS.

Antes de mais nada, pode-se afirmar, de um modo geral, que os aparelhos GPS disponíveis para venda são muito semelhantes em constituição de hardware, portanto a marca e o modelo não tem tanta importância quando comparados à importância da atualização dos mapas. Estes, sim, merecem muita atenção, pois qual seria a utilidade de ter um GPS se sua cidade ou outra que lhe interessa visitar não estiver mapeada?

Porém, se o seu caso é conhecer a melhor marca de GPS, podemos lhe informar que a Garmin é uma das mais renomadas, principalmente quando se considera o hardware do aparelho, como também a qualidade dos mapas, denominados de Navigator.

Desenvolvidos pela empresa americana NAVTEQ, os mapas Navigator vêm pré-instalados nos GPS Garmin e podem ser muito úteis quando utilizados em regiões metropolitanas, mas podem apresentar problemas quando usados em cidades de pequeno e médio porte.

Projeto-TrackSource_270320gOutro fornecedor de mapas para os GPS Garmin é o Projeto Tracksource. Os mapas deste projeto são elaborados mediante cooperação de voluntários, o que é muito útil, principalmente para corrigir erros em mapas de cidades de pequeno e médio porte. O usuário pode entrar em contato com o desenvolvedor de sua cidade e informar um erro para correção. Em se tratando de Brasil, estes mapas apresentam atualização mensal e podem ser baixados diretamente para os GPS Garmin, a partir do site do desse projeto.

Os GPS Garmin são reconhecidamente os melhores, entretanto são também os mais caros. Portanto, para adquirir um GPS que seja mais em conta, utilize os seguintes critérios:

Primeiro, o chipset é uma peça importante para a recepção de sinal. Exija um modelo que possua um bom chipset, porque tais peças são responsáveis por uma boa recepção dos sinais advindos dos satélites, e uma boa captação do sinal significa maior precisão no cálculo do local a ser informado pelo aparelho. Os melhores chipsets são aqueles que possuem mais de 20 canais de recepção. Alguns exemplos de marcas de chipsets são NemeriX, QinetiQ, SirfStar III e XTrac.

Segundo, a antena externa melhora a recepção do sinal. Exija um GPS que possua suporte para antena externa, pois tais antenas melhoram consideravelmente a recepção de sinais advindos dos satélites.

Terceiro, uma boa configuração de hardware é essencial para o bom funcionamento do aparelho GPS. Ao adquirir um GPS, exija do vendedor um aparelho que possua memória RAM de 128 MB e processador de pelo menos 500 MHz. Essa quantidade de memória RAM é necessária para a utilização de softwares navegadores mais pesados, como o IGO PRIMO 2.0, do contrário você terá que se contentar com navegadores dotados de menos recursos e menos usuais. Por sua vez, os processadores capacitados de maior velocidade deixam a navegação bastante fluida, portanto são importantes para garantir uma rápida navegação e melhor tempo de respostas para refazer rotas, evitando a lentidão no processo de geração dos mapas na tela.

atualizaco-igo-2014-frete-gratis-3-ha-7-dias-correios-12695-MLB20064239649_032014-OQuarto, a atualização dos mapas em um software navegador de GPS é fundamental para que o aparelho se torne realmente útil. Antes de se decidir pela compra de um GPS, informe-se sobre a periodicidade de atualização das informações de trânsito que são essenciais para uma navegação de qualidade, como cidades auditadas, vias, radares, pontos de interesse e outras disponibilizadas, pelos fornecedores dos mapas, para o software utilizado no seu GPS, como também se é arrecadado algum tipo de mensalidade pelo serviço.

Quinto, a eficiência de um bom software de navegação é decisiva para uma precisão cirúrgica dos mapas. Ter um bom GPS significa basicamente que, além de uma boa configuração de hardware, ele deve conter também um software eficiente para navegação. Dentre os softwares mais recomendados por especialistas para GPS automotivos estão os da família IGO (8, AMIGO, PRIMO, etc.), que se caracterizam por apresentar uma interface muito fácil de ser utilizada, pois mostram telas de instrução claras e intuitivas; exatamente como um motorista comum (não profissional) precisa no dia a dia, além de apresentarem meios para o usuário inserir informações sobre o trânsito e as rotas, como no software IGO PRIMO 2012. Os softwares IGO são os mais utilizados no Brasil. O navegador Garmin, por sua vez, é um sistema operacional próprio, cuja interface é menos familiar ao brasileiro, mas que é compatível com diversos softwares geradores de mapas, como os da NAVTEQ e do Projeto TrackSource, sendo que os últimos citados também podem ser corrigidos com auxílio do usuário. Ressalte-se, entretanto que os navegadores da família IGO não são compatíveis com os GPS Garmin.

Sexto, preste atenção para a conveniência do tamanho da tela e tecnologias que permitem melhor visualização e conforto ocular. A conveniência do tamanho da tela depende do tipo de veículo em que você pretende utilizá-lo. Para bicicletas e motocicletas, um tamanho de tela ao redor de 5 polegadas pode estar de bom tamanho. Para carros e veículos maiores, a tela pode ser maior, para facilitar a visualização da tela, entretanto, o ideal é que o GPS possua comando de voz, para evitar que o motorista desvie a atenção do trânsito. Uma tela maior, por razões óbvias, também pode ser adequada se o GPS possuir TV digital integrada, mas lembre-se que, neste caso, a função TV digital só pode ser usada no banco traseiro, já que no banco da frente constitui infração de trânsito sujeita a multa e perda de pontos na carteira. Prefira as telas que utilizam tecnologias que produzem menos intensidade de brilho, o que pode causar desconforto ocular para alguns usuários; portanto, as telas foscas, que refletem menos luminosidade, são as que causam menos desconforto ocular. Pode-se encontrar GPS com tela de até 12 polegadas.

DSC04898Sétimo, ligue-se na durabilidade da bateria. É certo que o GPS pode ser ligado ao acendedor de cigarro do veículo, dispensando, de certo o modo, o uso da bateria, entretanto a autonomia da bateria é útil, principalmente, quando se precisa usar o GPS fora do carro, em caminhadas por uma cidade ou na prática de ciclismo de longo curso; ou ainda, em caso de congestionamento do trânsito, pode ser útil para a utilização da TV digital. Em quaisquer dos casos, opte sempre por modelos cuja bateria é recarregável. Faça uma estimativa do tempo que você consumirá em sua viagem para estimar a autonomia de bateria que você vai precisar ter no seu GPS. Se a viajem for muito longa compre um GPS de longa autonomia e recarregável. Quanto ao preço, os GPS de maior autonomia de bateria são mais caros, mas nada que um parcelamento no cartão de crédito não resolva.

Oitavo, concentre-se nas funções extras que realmente interessam. O GPS também pode vir com funções extras, que são especialmente úteis para quem precisa usá-lo todo dia, como estimativa do gasto de combustível, gravação de rotas, identificadores de radar e cálculo da velocidade média.

Outras considerações sobre hardware e software de GPS são que, em se tratando de GPS Garmin, pode-se ponderar que são os melhores, pois além da configuração robusta, são resistentes a quedas, possuem ótimos mapas, que são atualizados periodicamente; entretanto apresenta como desvantagens a interface dotada de poucos recursos, o que pode dificultar seu uso para usuários menos acostumados. De modo geral, pode-se dizer que os GPS Garmin são recomendados para usuários que não querem correr risco de chegarem a um lugar errado por causa de um erro do GPS, já que são os mais confiáveis, porém se você for tolerante e admitir que o GPS erre algumas vezes, então você pode comprar um GPS de outra marca.

Em suma, para aquisição de um bom GPS automotivo, é necessário prestar bastante atenção para a sua configuração de hardware, que deve apresentar pelo menos 128 MB de memória RAM, para garantir a utilização de softwares dedotados de mais recursos; como também você deve optar por um aparelho que possua processador de pelo menos 500 MHz de velocidade de processamento, para garantir fluidez na execução do navegador e, igualmente, um bom receptor de sinais (chipset) que apresente pelo menos 20 canais, além de suporte para antena externa. Os GPS mais renomados por sua eficiência e qualidade de hardware são os da marca Garmin, mas você pode optar por uma marca que seja compatível com um navegador IGO pré-instalado, que é o software mais usado no Brasil e de interface bastante amigável.

Tablets Genesis GT-7340: smartphone e GPS integrados e GT-1240: jogos digitais

1aa-gt_7340_pt_01Algo que podemos constatar atualmente, é o fato de que há uma grande quantidade de pessoas que, com a evolução da tecnologia, tem grande interesse em dispositivos móveis, no entanto elas desejam ter todos esses aparelhos em apenas um só, e isto o tablet, muitas vezes, permite, como é o caso do tablet Gênesis GT 7340, que possui GPS e smartphone integrados. Se ainda não lhe foi apresentado este modelo de tablet, agora você terá a oportunidade de conhecê-lo e os muitos benefícios que lhe pode proporcionar, dentre os quais podemos destacar alguns, a seguir.

O primeiro é que, até mesmo os tablets considerados mais básicos, possuem a capacidade de realizar atualizações online de alguns recursos disponíveis, dispensando, assim, a necessidade de procurar arquivos complementares de aplicativos ou programas para baixar da internete, o que é uma funcionalidade considerada confortável, além de mais segura.

Outro benefício é que existe conectividade para acessar a internete, o que permite entrar em redes sociais e baixar aplicativos interessantes; além da disponibilidade de GPS, o que será bastante útil, caso você precise viajar para lugares pouco conhecidos ou completamente desconhecidos, e de modo que o mapa não suma da tela, quando o celular vier a tocar ou receber uma mensagem de texto. No Gênesis GT 7340 isto é possível, pois a função AGPS não está atrelada ao uso de conectividade com a internete, bastando somente que você baixe um aplicativo do Google Play Store.

Uma terceira vantagem é a tela IPS LCD do tablet Gênesis, que pode ser considerada de bom tamanho (sete polegadas), além de confortável, já que proporciona uma visualização mais ampla que a de qualquer smartphone, como também se pode esperar um áudio melhor que o de um cartão micro SD. A tecnologia utilizada na tela proporciona maior ângulo de visão e um bom quociente entre luminosidade e brilho, sendo desenvolvida especificamente para melhorar a visualização em ambientes abertos, nos quais a visibilidade do conteúdo em tela fica prejudicada.

Além disso, o tablet Gênesis apresenta entrada para dois chips, portanto, você poderá acessar duas operadoras telefônicas, além de conexões, Bluetooth, wi-fi e modem 3G imbutido; também possui memória interna de 8GB e memória RAM de 1GB, superior a dos modelos anteriores e a de muitos smartphones; processador dual core de 1.2 GHz e duplo GPU para processamento gráfico, o que garante um excelente desempenho do aparelho no sistema operacional Android 4.2, podendo ser utilizado para jogos; como também apresenta suporte para vários formatos de áudio e vídeo; além de câmeras traseira de 2.0 MP e frontal de 0.3 MP, a qual pode ser utilizada para vídeochamadas.

2bb-gt_1240_pt_04Em relação ao desempenho para jogos, o Genesis GT 1240, com tela IPS LCD de 10.1 polegadas e processador dual core, é o mais recomendado. Este modelo opera no sistema Android 4.1. Os jogos podem ser adquiridos no Google Play Store que dispõe de um catálogo de 700.000 aplicativos, sendo alguns deles gratuitos. No entanto, para o modelo GT 7340, a disponibilidade de aplicativos é de 900.000.

O Genesis GT 1240 também apresenta câmera traseira de 5.0 MP possui recursos de autofoco e capacidade de produzir fotos de maior qualidade em ambientes de baixa luminosidade com a utilização de flash LED. A câmera frontal de 0.3 MP é ideal para chamadas de vídeo.

Através do Genesis GT 1240 você também poderá ler seus livros digitais preferidos, pois é compatível com a maioria dos formatos digitais disponíveis para produções literárias, o que inclui, também, revistas, além de que possui a função de “marcador de página”, que lhe permitirá parar uma leitura e retomá-la, após algum tempo se precisar, na página em que você parou. Este modelo também possui memória interna de 8 GB, nas quais você poderá armazenar seus arquivos de áudio, assim como todo tipo de mídia, sendo expansível em até 32 GB por meio de cartão micro SD.

A autonomia da bateria do modelo GT 1240 é de aproximadamente cinco horas e meia de uso contínuo, superior a do modelo Genesis GT 7340, que é de quatro horas de uso contínuo.

3cc-thorAs diferenças entre os modelos GT 7340 e GT 1240 são que o GT 1240 apresenta tela em cerca de três polegadas para mais, o que requer maior consumo de energia, e por isso possui maior autonomia de bateria; a câmera traseira apresenta sensor de imagem que excede em três megapixels a resolução do primeiro; os modelos diferem, também, na versão do sistema operacional Android, sendo que o primeiro está na versão 4.2 e o segundo na versão 4.1. O modelo GT 1240 apresenta o diferencial de vir com TV via internete grátis (SPB TV).

A principal diferença entre estes dois modelos é que o modelo GT 7340 é dotado de GPS e smartphone com entradas de chips para duas operadoras, o que o GT 1240 não apresenta, apesar de ter maior resolução de tela e maior autonomia de bateria e outras coisas a mais, relacionadas com o entretenimento através de multimídias e jogos.

O modelo GT 7340 é mais indicado para quem gosta de viajar e não perder o contato com familiares e amigos, enquanto que o modelo GT 1240 é mais recomendado para entretenimento multimídia, por isso mesmo possui uma tela maior e de alta resolução, bem como maior autonomia de bateria, além de entrada HDMI para transferência de mídias para dispositivos que apresentem telas maiores.

Os tablets Gênesis podem ser considerados como os que apresentam melhor custo x benefício dentre os tablets disponíveis no mercado nacional. O custo ao consumidor do modelo dotado de GPS e smartphone (GT 7340) varia aproximadamente entre R$ 450,00 a R$ 600,00 e o modelo mais indicado para entretenimento multimídia (GT 1240) varia entre R$ 450,00 e R$ 650,00. No entanto, com uma pesquisa de preço mais criteriosa você poderá encontrar valores menores.

Em síntese, os tablets Gênesis, produzidos pela Evertek S.A. apresentam muitos modelos que se caracterizam por serem dual core, dual câmera, dual GPU…, o que certamente, melhora seu desempenho; além de apresentarem entradas USB e HDMI, dependendo do modelo; porém o modelo GT 7340 possui o diferencial de ser smartphone com acesso para duas operadora e GPS que independe da conexão com a internete, o que possibilita a não interferência no uso de um no outro. Agora é só escolher o seu.

Fonte: Internet

Imagem 1, fonte: http://everteksa.com/prod_gt7340_pt.php

Imagem 2, fonte: http://everteksa.com/prod_gt1240_pt.php

Imagem 3, fonte: http://genesis-lifestyle.blogspot.com.br/2014/01/teste-dos-40-dias-tablet-gt-7325.html

GPS multimídia para veículos com TV, MP3 e DVD Players integrados, eficiência e autonomia de bateria.

1 GPS trainningA tecnologia cada vez mais tem possibilitado coisas que poderão ajudar muito em algumas tarefas diárias. O aparelho GPS, por exemplo, poderá ser de grande auxílio quando você viajar por lugares que não conhece, não permitindo, assim, que você se perca.

A boa notícia é que o GPS pode vir integrado a outros dispositivos móveis, como tablet, Ipod, smartphone, etc., porém, em relação ao smartphone, é sempre bom lembrar que a utilização do GPS pode interromper ligações importantes. Por outro lado, dispositivos como tablet, MP3 Player e Ipod não possuem suporte para executar ligações telefônicas móveis convencionais. Então a escolha fica a seu critério, até que se produza o aparelho perfeito para utilizar GPS, curtir multimídias e realizar ligações sem que uma atividade interfira na outra.

Mas, se o seu caso é viajar escutando uma música, um MP3 Player ou um Ipod certamente são melhores que os smartphones, pois são desenvolvidos especificamente para quem gosta ou trabalha com multimídias, como áudios, imagens e vídeos, além de que não precisará interromper o serviço de GPS para receber ligações telefônicas ou vice-versa.

Em relação à funcionalidade, a diferença do GPS veicular para o do smartphone, é que o veicular tem seu serviço fornecido por meio de satélites e, o do smartphone, por meio de aplicativo conectado ao serviço de telefonia móvel. O serviço de satélite requer um profissional especializado para atualizar os mapas, ao passo que, no smartphone, o serviço é realizado automaticamente, sempre que o sistema operacional passa por atualização. O GPS de smartphone, em geral, consome bastante energia da bateria, constituindo outra desvantagem para seu uso a partir deste dispositivo.

2 Apontador uol 1903813_1Por outro lado, assim como o GPS integra alguns dispositivos, ele também pode vir integrado de outros, principalmente canais de mídia, constituindo, assim, o GPS multimídia, o qual vem com TV, DVD ou MP3 Players. Se você pretende instalar um GPS no seu veículo, tal aparelho constitui uma boa opção, pois será útil quando você for viajar com sua família, para que as crianças possam viajar curtindo as músicas que mais gostam ou um bom filmezinho, e assim, se distraírem, ou ainda para aqueles casais que gostam de passar longas horas na estrada.

Os melhores aparelhos do mercado são os que possuem tela de LCD Widescreen de 4.3 polegadas totalmente sensível ao toque; potência em torno de 60 W para cada saída de som, e modos de reprodução digitais como, por exemplo, leitura de cartões de memória SD/MMC (de até 2GB), pen drive (de até 8GB), gravadora de DVD (DVD-R/RW) leitora e gravadora (DVD+R/RW), gravadora de CD (CD-R/RW, SVCD, VCD), além da possibilidade de suportar formatos de MP3, WMA e MP4.

Em relação à eficiência do GPS nas ruas, de acordo com uma avaliação de marcas feita pelo site g1.globo.com e uma ONG ligada à defesa do consumidor, a qual elegeu oito marcas, consideradas as melhores para quem deseja comprar um GPS. O teste concluiu que quatro delas apresentaram melhor desempenho e, dentre elas, a de menor custo para o consumidor foi justamente a que apresentou mais eficiência, embora a qualidade das outras três fosse semelhante entre si.

Portanto, concluiu-se nessa avaliação, que o melhor GPS para um motorista dirigindo em local desconhecido é o “Apontador G-8”. De acordo com o teste, os oito GPS avaliados cumprem o que prometem, porém quatro dentre eles foram mais eficientes (Apontador G-8, Airis T954br, Aquarius Discovery e o TomTom XL) e um, além de mais eficiente, foi também o mais barato (Apontador G-8). Outras marcas deste dispositivo reputadas como de melhor qualidade pelo público em geral são a Garmin, Foston, Multilaser, NavCity e Magellan.

Os GPS atualmente disponíveis no mercado trazem mapas para mais de 300 cidades no Brasil, sendo que alguns mapas possuem comando de voz para orientar o motorista, para que não desvie sua atenção do mais importante, o trânsito.

3 TomTom-Start-60A autonomia da bateria pode ser importante, – caso você esqueça o carregador veicular, – quando você for viajar a lugares mais distantes, para que se evite o aborrecimento de estar sempre a recarregando durante a viagem, o que pode representar a perda de muitas horas, que podem ser valiosas para você. É bom lembrar que o carregador para carro, às vezes, não vem com o GPS, recomenda-se, portanto, que você cheque esta informação por ocasião da compra de seu dispositivo.

A bateria de um GPS também pode ser recarregada a partir da porta USB de um computador (não serve de monitor ou teclado). Este é o caso de alguns modelos TomTom Via, cuja autonomia é de apenas duas horas de uso contínuo, o mesmo tempo necessário para recarregá-la, o que pode ser uma vantagem, se você estiver com pressa e sem o carregador veicular, pois você vai esperar por menos tempo pela recarga, porém, se você tiver o carregador de carro, isto pode se tornar sem importância.

Se o GPS for usado em lugares abertos, nos quais há melhor recepção de sinal, a bateria pode render um pouco mais. Entretanto, a exposição prolongada da bateria ao sol pode reduzir seu desempenho e, consequentemente, sua vida útil.

O tamanho da tela do GPS está diretamente relacionado com o consumo de energia, diminuindo, portanto, autonomia da bateria, consequentemente, quanto maior a tela, menor será a autonomia da bateria. Se você deseja bastante autonomia de bateria no seu GPS, pense num dispositivo de pelo menos quatro polegadas.

O tempo médio de autonomia da bateria de um GPS é de três horas. No entanto, de acordo com alguns anunciantes e o próprio manual do fabricante, o GPS Garmin etrex 10 pode chegar a 25 horas de autonomia de bateria. É pagar para ver.

De acordo com o site Techtudo, o GPS TomTom Ease é uma boa opção para quem quer comprar seu primeiro GPS, pois além da durabilidade da bateria, é fabricado com material de excelente qualidade e preço que pode agradar a muitos consumidores.

De modo geral, o preço de um GPS está aproximadamente entre os valores de R$ 200,00 a R$ 2.000,00. Você pode adquiri-lo por meio de cartão de crédito, em lojas no Brasil e no exterior.

Em síntese, O GPS multimídia é bom para distrair crianças durante uma viagem de carro, mas é preciso prestar atenção para a autonomia da bateria, que deve ser compatível com a distância da viagem, para que não se perca muito tempo na sua recarga, caso você se esqueça do carregador para carro, o qual precisa ser confirmado, por ocasião da aquisição, se vem ou não com o GPS, em caso contrário terá que ser adquirido em separado. Para que você não perca preciosas horas, você pode optar, também, pela compra de dois aparelhos, podendo, um deles, ser de baixo custo ao consumidor, assim, enquanto um recarrega você utiliza o outro.

Imagem 1, fonte: http://www.gpstraining.co.uk/

Imagem 2, fonte: http://euqueroisso.wordpress.com/2009/09/30/apontador-g8/

Imagem 3 fonte: http://www.navigadget.com/index.php/tag/tomtom

As vantagens do Ipod com GPS integrado

ipod-gps-navigationUma tendência natural das pessoas, atualmente, diante de um número crescente de dispositivos móveis disponíveis para venda, é que preferem não ter uma série de aparelhos para carregar, porém sim reduzi-los a menor quantidade possível, de preferência a um só.

Outra coisa que podemos observar, frequentemente, é que as pessoas se perdem, muitas vezes, até dentro das cidades onde moram, mas principalmente naquelas onde vão apenas a passeio, a estudo ou a trabalho e, nessas viagens, pode acontecer que deixem de ir a diversos lugares ou perderem compromissos importantes, em função do desconhecimento do local.

Nestas situações, um dispositivo móvel que é indispensável é o GPS, pois auxilia as pessoas a se deslocar em lugares que pouco, quase ou completamente desconhecem. Além disso, o GPS vem sendo integrado a outros aparelhos, como os reprodutores de áudio, e isto é especialmente útil para aquelas pessoas que gostam de viajar ouvindo uma música a partir de um Ipod touch, por exemplo, o qual é considerado um dos melhores dispositivos móveis para reproduzir áudio.

Consequentemente, se o Ipod dispõe de GPS para que se possa desfrutar melhor da viagem e do local a visitar, então ele se torna perfeito para pessoas que gostam de viajar ouvindo um áudio, e justamente ao encontro disto vem o fato de que o Ipod já dispõe de modelos com GPS integrado. Portanto, você já pode encontrar um modelo para compra ou até mesmo, caso já possua um, adquirir a atualização mais adequada.

Uma das vantagens do Ipod com GPS integrado é que ele deixa livre seu smartphone para receber ou fazer ligações, já que existem pessoas que preferem não utilizá-lo na função de GPS, visto que pode atrapalhar uma conversa pelo aparelho.

Outra vantagem é que o GPS integrado no Ipod não ficará visível, como é o caso dos GPSs convencionais, que ficam presos no vidro do carro, o que pode despertar a atenção de mal intencionados e bandidos.

O Ipod também dispõe aos seus usuários de uma excelente conexão para navegar na internete, a partir da qual você pode ter acesso a sites que permitem ouvir música, como o próprio Itunes, aplicativo da Apple para acessar mídias.

A média de preço que temos, atualmente, para o Ipod com GPS integrado é de aproximadamente R$ 1.199,00, embora existam variações, de acordo com o modelo e com a capacidade de memória que o aparelho dispõe. É sempre recomendável que se faça uma pesquisa para encontrar o melhor custo-benefício, para que assim, seu Ipod possa ser um motivo de real satisfação e contentamento.

Em síntese, o Ipod é uma ótima opção para pessoas que gostam de viajar escutando música, ou para aquelas pessoas que simplesmente gostam de viajar e conhecer novos lugares, sem correr risco de se perder e, consequentemente, evitar perder compromissos importantes. Sua vantagem principal é que ele deixa livre seu smartphone para somente fazer e receber ligações, já que na função de GPS pode interromper conversas importantes.

Imagem, fonte: http://www.navigadget.com/index.php/2009/10/24/ipod-touch-gps-navigation

Smartphone com GPS integrado e GPS veicular: vantagens e desvantagens


marca_androidOs smartphones estão dominando o mercado de aparelhos móveis, sendo que, a cada dia, novos modelos chegam ao mercado, de todos os fabricantes que se possa imaginar. Se até poucos anos, somente os smartphones topo de linha, os mais caros tinham os principais recursos, como, por exemplo, um GPS integrado, nos dias atuais, praticamente todos os aparelhos possuem este recurso, pois tal recurso faz parte dos principais sistemas operacionais como é o caso do iOS (Apple), do Android (Google) e do Windows Phone (Microsoft).

Uma das principais vantagens de comprar um smartphone com GPS integrado é a possibilidade de não ter que adquirir, por exemplo, um GPS veicular, pois seu smartphone fará o mesmo trabalho. Além da redução no custo por não necessitar adquirir outro aparelho, o GPS do smartphone é automaticamente atualizado, quando o sistema operacional sofre alguma atualização – algo que nos GPSs veiculares não existe e, em muitos casos, é necessário pagar alguém para fazer o download dos mapas e a sua instalação.

Portanto, como podemos perceber, esse tipo de aparelho é mais indicado para aquelas pessoas que vivem no trânsito, principalmente das grandes cidades, que precisam se encontrar em ruas, as quais podem não ser conhecidas. Porém, é necessário alertar que o GPS do smartphone só funciona se o mesmo estiver conectado a uma rede WiFi, 3G ou 4G e não offline, enquanto que os GPSs veiculares recebem os dados diretamente dos satélites sem a necessidade de conexão à internet.

O mercado atual está cheio de smartphones com a função de GPS, sendo que os melhores são os que possuem o sistema operacional Android, como, por exemplo, os modelos da Samsung: Galaxy S4, comercializado a partir de R$ 1.900,00; Galaxy Grand Duos, a partir de R$ 1.000,00 são alguns exemplos. Outros destaques são o Moto X, da Motorola e o LG G2, além de vários outros modelos. Dito isto, é fácil observar que os smartphones topo de linha são os que possuem os melhores GPSs integrados, sendo, portanto, a melhor escolha.

Mas, nem todo mundo tem tanto dinheiro assim para gastar com um smartphone e, para quem quer usufruir desta funcionalidade, saiba que existem modelos como os LG Optimus L5 e L7, por exemplo, que possuem excelentes GPS integrados a preços super acessíveis.

Fonte: Internet

Celulares com GPS integrado: alguns de tão bons podem ser confundidos com smartphones


telemarketingOs celulares comuns, como aqueles que eram vendidos há alguns anos, não são mais facilmente encontrados nas lojas, principalmente, pela grande ascensão que os smartphones tiveram a partir do lançamento do primeiro iPhone e do sistema operacional Android, do Google.

Contudo, os poucos modelos que ainda estão no mercado – em sua grande maioria da Nokia (não abandonou seus projetos) – possuem cada vez mais recursos, sendo que, em alguns casos, os consumidores podem confundi-los com um smartphone real. E, um dos recursos que está presente nos novos celulares comuns é o GPS integrado – embora seja muito raro por necessitar de acesso à internete, algo que poucos celulares comuns oferecem.

A principal vantagem em adquirir um celular comum com GPS integrado é que, além de não se perder mais no trânsito das cidades ou, até mesmo, em uma viagem, é que estes aparelhos chegam a custar em torno de 40% do preço de um smartphone mais básico, ou seja, você tem uma grande economia e leva um grande recurso para casa.

Porém, é importante que você saiba que, no momento de comprar um celular comum ao invés de um smartphone, ele não possui um grande poder de processamento, pois, na grande maioria das vezes, seus processadores são single-core de 1 GHz de vários anos, e ainda possuem apenas 256 MB ou, no máximo, 512 MB de memória RAM. Por conta disso, são indicados para aquelas pessoas que querem mais um celular para fazer e receber ligações do que ficar, por exemplo, navegando na internet.

Os celulares comuns vendidos no Brasil, como falamos anteriormente, são praticamente todos da Nokia, além, é claro, dos modelos chineses que já invadiram o mercado. Como os preços dos celulares comuns, inclusive, com GPS integrado são baixos – em uma faixa de preço de R$ 150,00 a R$ 500,00 – opte pelos melhores e, principalmente, de uma marca conhecida e que possua garantia de fábrica.

Um dos melhores modelos de celulares comuns que podem ser encontrados e que possuem uma ampla gama de recursos é o Nokia Asha 515, assim como os modelos Asha 207 e 208 que estão entre os mais baratos do mercado.

IPhone com GPS integrado: informações precisas e sem travamentos


dia-mundial-sem-carro-3Desde o lançamento do primeiro iPhone no mercado, pela Apple, o aparelho possuía um GPS integrado, fazendo parte do sistema operacional iOS. É necessário ter em mente que, até a versão 5 do iOS, a Apple utilizava os mapas do Google, porém a partir da versão 6 do seu sistema operacional, a empresa de Cupertino lançou mapas novos que, em um primeiro momento, chegaram a desagradar os seus usuários.

Esse problema foi solucionado em partes através de diversas atualizações do iOS 6 e, agora com o lançamento do iOS 7, parece que os problemas, se não terminaram de vez, diminuíram consideravelmente.

É importante ressaltar que, para o uso do GPS integrado ao iPhone, é necessário que o mesmo esteja conectado em uma rede de dados (Wi-Fi, 3G ou 4G) para os recentes modelos do iPhone 5S, lançados em setembro no mercado mundial, mas ainda não chegaram oficialmente ao Brasil.

A principal vantagem de ter um iPhone com GPS integrado é o fato de que as informações fornecidas são precisas, pelo fato de que o sistema operacional é desenvolvido especificamente para aquele hardware e, além de não ocorrerem travamentos, as informações cabem corretamente na tela do aparelho – algo que pode não acontecer com modelos com sistema operacional Android, devido ao fato de que são muitas especificações diferentes de aparelho para aparelho.

Embora ainda não tenha desembarcado de forma oficial no Brasil, o iPhone 5S é o atual modelo topo de linha da Apple e traz com ele toda a nova tecnologia da empresa, como os mapas atualizados. Além dele, o iPhone 5C (o tão aguardado de baixo custo) ainda não chegou e vem rodando a versão anterior do iOS, a 6, porém com os mapas atualizados pela companhia.

Como de praxe, os novos modelos lançados acabam tendo seu preço fixado no mesmo patamar do modelo que está deixando o topo da lista. Isto ocorreu nos países onde o iPhone 5S e o 5C já estão à venda, portanto, os modelos brasileiros deverão custar a partir de R$ 2 mil (5S) e o iPhone 5C, em torno de R$ 1.400,00 conforme estimativas.

Para quem quer ter um iPhone com preço mais em conta, é possível encontrar, ainda, o iPhone 4 em algumas lojas com preço de R$ 999,00 porém o mesmo está sendo retirado de linha e, desta forma, o iPhone 4S deverá passar a custar este preço.

BlackBerry: primeiro smartphone com GPS integrado


googlemapsblackberrystorm

Sucesso durante boa parte da década passada, os BlackBerries saíram um pouco da moda depois do lançamento do primeiro iPhone, e acabaram perdendo ainda mais espaço com a enxurrada de smartphones com outros sistemas operacionais que  chegaram ao mercado, o que levou os BlackBerries a cair para o quarto lugar em participação no mercado de smartphones.

Embora sua qualidade de construção seja excelente, o fato de se ter atrelado, principalmente, ao “mundo corporativo” fez com que os consumidores optassem pelos outros modelos de smartphones, nos quais existe uma diversidade muito maior de aplicativos, jogos e demais opções. Mesmo assim, a loja virtual da Blackberry dispõe, cada vez mais, de diversos aplicativos para usuários das mais variadas categorias sociais.

Entretanto, é importante ressaltar que os principais smartphones que chegaram ao mercado com um GPS integrado foram os BlackBerries e, por conta disso, a experiência da empresa, assim como a qualidade de seus mapas e opções de pontos de interesse são muito grandes.

Um dos melhores modelos de BlackBerry com GPS integrado é o 9800, conhecido também por BlackBerry Torch, pois foi o primeiro smartphone a trazer um GPS integrado com uma atualização em tempo real do trânsito das principais cidades do mundo e, tudo isso, seguindo as fontes oficiais de cada localidade.

Por conta principalmente da baixa procura pelos BlackBerries, seus preços caíram consideravelmente, sendo que o modelo acima pode ser encontrado, por algo em torno de R$ 350,00, porém, para utilizar o recurso de atualização em tempo real, é necessário pagar uma taxa extra mensal pelo serviço.

Um fato importante que acontece com todos os smartphones, e não poderia deixar de ser diferente com o BlackBerry, é a necessidade de estar conectado à internete, para que os dados de tráfego sejam atualizados – algo diferente dos GPSs veiculares, onde a conexão e a localização são realizadas diretamente pelo próprio aparelho junto a triangulação com os satélites geoestacionários e que, portanto, não necessitam de conexão à internete.

Câmera digital com GPS: um extraordinário diferencial


CDigital GPS int SonyApesar de todos os celulares atuais possuírem uma câmera que possui, muita vezes, até uma boa resolução, mas os fãs de fotos não deixam de lado a velha  e boa  câmera digital, que ganhou um dos recursos mais úteis para quem gosta de viagem, que é um GPS integrado.

        O mundo da tecnologia sempre está com alguma novidade, seja para criar produtos, ou integrar recursos com o objetivo de deixar os aparelhos cada vez mais modernos e, assim, atrair muitos consumidores, que estão a cada dia mais informados e exigentes.

Os fãs de uma boa câmera digital podem ficar bem felizes, pois os últimos lançamentos de câmeras possuem um dos recursos mais úteis para seus usuários: o GPS integrado, um extraordinário diferencial, ideal para quem gosta de levar sua câmera para todos os lados e se localizar a qualquer tempo em lugares novos.

E muitas câmeras que estão sendo lançadas no mercado, apresentam vantagens incríveis, disponibilizando recursos profissionais para usuários comuns, que podem utilizados sem grandes dificuldades.

A Sony é uma das marcas mais conceituadas no mercado quando o assunto são câmeras digitais. E agora, sua mais recente novidade é que ela vem com GPS integrado. Este aparelho, bifuncional, possui um corpo mais compacto, porém, com tecnologia de ponta. Tudo isto pode ser visto na Câmera Digital Sony Cyber-shot DSC-H100 16.1 Megapixels, que pode ser comprada por um preço a partir de quinhentos e trinta reais.

Outra marca que promete qualidade nos seus aparelhos é a Fujifilm. É uma das marcas mais tradicionais quando o assunto são câmeras digitais. A Fujifilm sempre foi sinônimo de Câmera fotográfica e sua tenacidade para oferecer qualidade ao seu cliente pode ser constatado na Câmera Digital Fujifilm FinePix F550EXR Preta, que, além do GPS integrado, possui entrada USB, seu flash é automático e possui zoom que pode ser usado durante a gravação de um vídeo. Todos estes recursos podem ser adquiridos por um preço bem acessível.

GPS: o que é e para que serve?

GPS 1604_1O GPS é um dispositivo portátil que serve como um tipo de bússola, só que não se baseia no magnetismo da terra, como nas antigas bússolas, mas sim num sistema de satélites que emitem sinais para o receptor GPS, informando sobre a latitude, longitude e altitude do exato local do seu portador. O GPS também pode informar sobre a velocidade, direção e fuso horário do seu portador.

O funcionamento do sistema GPS depende de relógios de altíssima precisão (relógios atômicos) instalados nos satélites emissores de sinal. Os satélites GPS podem ser utilizados por todos, sem custos. O funcionamento do receptor GPS, por sua vez, depende de um software de navegação que atualiza dados GPS e cartográficos. Os dispositivos GPS recebem sinais provenientes dos satélites, sem, no entanto, transmitirem sinais.

O aparelho GPS está diretamente ligado com o sistema de navegação por satélite denominado Global positioning system (Sistema de posicionamento global), cuja denominação é emprestada ao aparelho receptor. Este sistema é constituído por 24 satélites, que são programados para enviar constantemente sinais de rádio aos receptores GPS.

Para que haja recepção de sinal, são necessários apenas quatro satélites, que realizam um cálculo para determinar a posição e horário do receptor GPS, independente das condições atmosféricas, momento e lugar do planeta, contanto que não haja barreiras físicas bloqueando a radiofrequência, impedindo, assim, que os quatro satélites envolvidos realizem o cálculo.

O receptor GPS é útil principalmente para profissionais que precisam obter uma localização exata de um determinado local, como para marinheiros em alto-mar, para pesquisadores trabalhando em áreas longínquas da terra e para profissionais ligados à aviação aérea em geral.

Uma tendência moderna é a sua utilização por motoristas de automóveis, profissionais ou não, em viagens pelas estradas de uma cidade, de um país ou do mundo. O GPS pode encontrar o caminho para um local, estimar a velocidade e direção do deslocamento de um carro, pois dispõe de um sistema de mapas que proporciona ao usuário a descoberta de novos caminhos.

O GPS também é útil para geólogos, arqueólogos, bombeiros, ciclistas, balonistas e pescadores; pode ser usado também no ecoturismo, no voo livre, na agrimensura e na agricultura de precisão para otimizar a aplicação de corretivos e fertilizantes. Na área militar é também utilizado para direcionamento de armamentos de precisão.