Xiaomi Redmi 2: Conheça o smartphone dual chip com acesso à rede 4G nos dois chips, considerado outro rei do custo-benefício

xiaomi-logoOs smartphones ainda são os móbiles mais populares no Brasil e no mundo, e isto porque possuem diversas funcionalidades que os tornam desejáveis por bilhões de pessoas. No Brasil, em 2014, foram vendidos 104 smartphones a cada minuto, e as previsões de venda para 2015 foram de 63.3 milhões de smartphones. Entretanto, a atual conjuntura econômica por que passa o país não é das mais favoráveis para o consumo, por isso o consumidor tem recorrido principalmente ao crédito e parcelamento para realizar suas compras, ao mesmo tempo que procura minimizar o endividamento pessoal pela avaliação da conveniência de compra e aquisição de bens desejáveis, de sua utilidade, prioridade e principalmente do custo-benefício. E levando em conta estes dados, foi que resolvemos fazer esta pequena revisão sobre o smartphone Xiaomi Redmi 2, um dos smartphones de melhor custo-benefício do momento, com o objetivo de proporcionar ao leitor do blog Notebooks e Similares, a melhor informação possível para a tomada de decisão por ocasião de uma eventual compra.

Xiaomi Redmi 2

O Xiaomi Redmi 2 pertence a uma marca chinesa que vem se popularizando no Brasil. Trata-se da Xiaomi, que chegou ao Brasil em junho deste ano (2015), trazendo na bagagem a fama de ‘Apple chinesa’, fato atribuído a algumas semelhanças de seus aparelhos com os aparelhos da empresa de Cupertino, a começar pelo design. Esta empresa chinesa já chegou agradando a muito usuários, principalmente por praticar preços bastante atraentes e populares para seus dispositivos. O Xiaomi Redmi 2 foi incluído entre os melhores dispositivos de 2015 na categoria de smartphones de entrada, na qual disputa, juntamente com o Zenfone 5 e o Moto G – 3ª Geração, o título de rei do custo-benefício.

O Xiaomi Redmi 2 é um smartphone dual chip com acesso à rede 4G em ambos, apresenta um desempenho satisfatório, que leva o usuário a ter uma experiência agradável no seu uso, e isto porque realiza, a contento, as atividades mais rotineiras da maioria dos usuários, como navegar na internet, acessar redes sociais, ouvir músicas e até mesmo executar alguns jogos pesados. Entretanto, travamentos ou lentidão podem ocorrer, se houver muitos aplicativos abertos ou no caso de execução de jogos em modos que exigem maior desempenho do hardware.

Características gerais

2--Xiaomi-Redmi-2-MSM8916-B3-B7-Dual-SIM-telefone-4-G-LTE-Quad-Core-4O Xiaomi Redmi 2 chegou ao Brasil originalmente nas cores branca e cinza e, como já aludido, tem design semelhante ao smartphone da Apple, o iPhone, apresentando laterais da parte posterior ligeiramente arredondadas, além de diversas opções para personalizar a tela inicial; vem dimensionado com peso de 134g, espessura de 9,2mm, tela TFT LCD de 4.7 polegadas com tecnologia IPS e resolução HD de 1280 × 720 pixels, densidade de pixels de 321 ppi e proteção contra riscos e quedas Dragontrail, a qual possui qualidade equivalente a tecnologia Gorilla Glass.

Tela e visibilidade sob luz solar

A tecnologia IPS contribui para a maior visibilidade de conteúdo, principalmente em ângulos não frontais, como também possui boa visibilidade sob a luz do sol. Para configurar a tela você deve procurar as ‘configurações adicionais’, na qual você encontrará a opção ‘cores e saturação’, dentro da qual serão encontrados diversos perfis, de modo que você possa escolher aquele que tiver mais de acordo com sua preferência. A temperatura de cores apresenta as opções quente, fria e padrão, ao passo que a saturação dispõe das opções brilhante e padrão. Além de que, também existe a possibilidade de configurar a temperatura, cores e saturação por meio de um assistente disponível no aparelho.

Câmeras

Xiaomi__imagensA câmera traseira possui sensor de 8 MP, sensor de retroiluminação, abertura focal de f/2.2 e foco automático, além de efeito HDR e flash LED, que são características que teoricamente possibilitam fazer boas imagens, mesmo em ambientes com pouca luminosidade, todavia o resultado que se espera, como imagens com cores nítidas e naturais, nem sempre são obtidas, mas nisto não difere muito da maioria dos smartphones de sua categoria.

Apesar de contar com a tecnologia HDR, que melhora a qualidade da imagem, o tempo de resposta para gerar uma fotografia com a utilização deste recurso é de 2 segundos, o que pode ser inconveniente, se você precisar de celeridade e, neste caso, você poderá desativar o recurso HDR e recorrer aos aplicativos de filtros, bem como aos ajustes finos manuais, se assim preferir. Outros recursos de câmera principal incluem estabilização digital, foco por toque, detector de sorriso, detector facial e etiqueta geográfica.

Por outro lado, a câmera frontal apresenta apenas 2 MP, os quais são insuficientes para se fazer boas selfies, apesar de produzir imagens de qualidade satisfatória, desde que feitas em ambientes bem iluminados. É dotada de um recurso bastante interessante, o ‘modo beautify’, que permite estimar a idade e identificar o gênero da pessoa fotografada e isso permite aplicar 36 filtros inteligentes, mais apropriados a cada imagem, de acordo com a idade da pessoa, suavizando traços e deixando a pessoa com aparência mais jovem. É um recurso interessante para pessoas de todas as idades, especialmente aquelas que desejam parecer mais jovens.

Outro recurso interessante deste smartphone, que também é observado no Moto G – 3ª Geração, é a capacidade de alternar as câmeras frontal e principal, sendo que, no Xiaomi Redmi 2, isto é feito mediante o deslizar do dedo na tela, assumindo o sentido de cima para baixo e em sentido inverso, e de modo análogo, também se acessa as configurações e opções de estilo disponíveis, ao deslizar o dedo da direita para a esquerda da tela.

Para obter imagens de alta qualidade no Xiaomi Redmi 2, é necessário fazer algumas configurações preliminares. Para isso, você deve acessar as configurações de sistema, onde você encontrará a opção câmera, clique em ‘qualidade de imagem’ e selecione ‘alta’. Pronto! O seu smartphone está configurado para obter a melhor qualidade de imagem em suas fotografias. Na opção câmera também é possível melhorar a qualidade do brilho, contraste, nitidez e saturação de cores.

Áudio, vídeo e jogos

XiaomiRedmi2--jigosUm componente que vai fazer falta para muitos usuários, especialmente os mais jovens, é o par de fones de ouvido, o qual, o usuário, se quiser ouvir música – em rádio FM – terá que comprar os fones em separado, já que este componente não vem junto com o aparelho, e o que agrava mais a ausência dos fones de ouvido é que os aplicativos de rádio FM de celulares e smartphones não permitem audição em viva voz, uma limitação que exclui os usuários que preferem ouvir rádio desta maneira. O não acompanhamento dos fones de ouvido é, certamente, um erro de marketing da empresa, já que dificulta a vida do usuário, que terá de ir atrás de um componente indispensável, para que possa completar seu aparelho e, assim, adequá-lo para utilização plena.

Por outro lado, o áudio produzido pelo autofalante deste smartphone tem qualidade mono acima da média, o que é bom tanto para quem prefere ouvir músicas sem fones de ouvido, pelo player de áudio, como também é bom para a qualidade das ligações telefônicas em viva voz, igualmente para ouvir música, simplesmente, além de que é dotado de microfone para redução de ruídos, o que é importante para aumentar a audibilidade da conversação ao telefone. Os formatos de áudio disponíveis são MP3, WAV, eAAC+ e FLAC.

Quando se trata de vídeos, a câmera traseira os grava em Full HD com resolução de 1920 x 1080 pixels, velocidade de gravação de 30 quadros por segundo (30 PFS), além de foco automático. Entretanto, não possui estabilizador de vídeo, o que lhe deixa na obrigação de evitar eventuais tremores nos braços que possam repercutir na qualidade da imagem. A câmera frontal, por sua vez, grava vídeos em qualidade HD com resolução de 1280 x 720 pixels, com a mesma velocidade observada na câmera traseira. O Player de vídeo pode executar arquivos nos formatos MP4, H.263, H.264 e WMV.

Para execução de jogos digitais, o Xiaomi Redmi 2 dispõe de uma GPU Adreno 306, que é mais recomendada para jogos leves, como o Candy Crush e o Clash of Clans, apesar disso, o dispositivo se comporta muito fluidamente na execução de jogos pesados, como o Need For Speed No Limits, o Airbone, o Angry Birds Go, o Temple Run 2, o Dead Trigger, o Dead Trigger 2, o Xenowerk, o Asphalt 7 e o Asphalt 8 e, o que contribui substancialmente para a execução de tais jogos é o fato de, como no iPhone, possuir software e hardware feitos um para o outro, embora seja necessário utilizar uma configuração que permita a redução no nível de detalhes para evitar pequenos e eventuais travamentos.

Hardware e conectividade

A sua configuração de hardware é constituída por um chipset Snapdragon 410 e CPU Cortex-A53 quadcore com clock de 1,2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 1GB e memória de armazenamento de 8 GB, dos quais 4,4 são destinados ao sistema operacional, mas existe a possibilidade de expansão mediante uso de cartão de memória micro SD de até 32 GB. Apresenta as conectividades 3G, 4G, Wi-Fi 802.11 b/g/n, Wi-Fi direct, Wi-Fi hotspots, Bluetooth 4.0, GPS com A-GPS e GLONASS e micro USB 2.0, como também slots para dois chips de operadoras, ambos, como já foi dito, com acesso à rede 4G. A velocidade de tráfego de dados pode atingir até 150 Mbps no download e 50 Mbps no upload.

Sistema operacional e interface

O Xiaomi Redmi 2 apresenta uma interface personalizada denominada Miui, que, apesar de ser baseada no Android 4.4 KitKat e do qual possui vários recursos adicionais, é densamente inspirada no iOS, da Apple. Além disso, o aparelho vem carregado de vários aplicativos pré-instalados, mas que, de modo nenhum interferem no desempenho do aparelho. Outros aplicativos poderão ainda ser adquiridos na loja virtual Google Play Store. Este móbile também disponibiliza a seus usuários 5 GB de espaço gratuito no serviço de nuvem da Xiaomi, o Mi Cloud, para que você possa guardar seus arquivos multimídia e configurações, sendo possível guardar até mesmo registros de chamada e mensagens de texto. A interface Miui 6 se destaca pela sua organização de ícones na tela inicial e aplicativos em pastas, como também podem ser excluídos pelo arraste do seu ícone até à lixeira, que surgirá na parte superior do aparelho.

Miui 7

Xiaomi-MIUI-7_1Uma das características da Miui 7 é que possui maior maleabilidade para customizar sua aparência, já que dispõe de quatro temas padrões de cores (ouro, azul, rosé e pink), além de milhares de temas opcionais disponíveis para instalação, e aditivamente conta com uma ferramenta, a MUSE, para criar temas com recursos visuais dinâmicos, de modo que permite modificar a interface e, assim, deixar o smartphone do seu jeito.

Outro recurso que se destaca na interface Miui 7 e já utilizado em outras marcas de smartphones, como os da Samsung e Microsoft, é o ‘Modo Criança’, que permite que você controle o conteúdo que os ‘pequenos’ terão acesso. E já que se falou de smartphones de outras marcas, algumas delas, como LG, Samsung e Sony terão a oportunidade de instalar a interface Miui e isto já é possível para alguns smartphones fabricados por estas companhias.

Outras características novas apresentadas pela Miui 7 são a resposta mais rápida aos toques na tela touchscreen e a compressão de dados online (texto, imagens e vídeos), o que auxilia na economia de até 50% no tráfego de dados, e consequentemente, menor consumo da franquia, e isto é especialmente útil em caso de rede de dados 3G, embora haja uma perda de qualidade em filmes do Netflix.

O Showtime é outro recurso presente na Miui 7 que representa um passo à frente no modo de atender chamadas, pois você poderá gravar um vídeo de 5 segundos, em vez de uma foto, para ser visto por seus amigos, quando estiverem lhe chamando.

Recursos especiais

Outro recurso semelhante ao que também é apresentado pelo Moto G – 3ª Geração é o modo não perturbe, mas que, no caso do Xiaomi Redmi 2 precisa ser antes configurado para sua utilização. Para isso, você deve entrar nas ‘configurações de sistema’, e depois em ‘não perturbe’ e, então, ative a primeira chave no alto da tela. Além disso, existem também as configurações opcionais de tempo ativo, bem como abrir possíveis exceções, admitidas ao usuário.

Recursos de acessibilidade

Xiami--acessibilidadeAcessibilidade é um quesito em que o Xiaomi Redmi 2 não passa em branco, já que vem dotado de um menu de acessibilidade, o qual sugere a instalação de aplicativos, como o TalkBack, que faz a leitura da tela e lê em voz alta, recurso importante para portadores de deficiência visual, e mesmo para quem prefere ouvir um texto, em vez de lê-lo. Isto também dá maior liberdade ao usuário, que não precisará expor seus olhos à radiação do aparelho. Entretanto, o aplicativo sintetizador de voz não apresenta opção para o Português brasileiro e, desse modo, você terá que ir ao site Google Play, baixá-lo, instalá-lo e fazer as configurações necessárias na interface e demais aplicativos, para, então, utilizá-los.

Todavia, algumas coisas não estão perfeitamente acessíveis, já que a leitura de alguns botões é feita através de números. Será necessário, portanto, que você verifique se há uma lista que forneça uma chave para identificação dos botões, que forneça a relação entre números e botões, como também verifique se tal lista existe online ou consta no manual, que provavelmente deve vir em arquivo PDF na memória do dispositivo.

E ainda quando se compara os recursos de acessibilidade do Xiaomi Redmi 2 com smartphones de outras marcas, como Motorola e Samsung, pode-se assegurar que não é a melhor das opções para portadores de deficiência, pois muito precisa ainda ser melhorado, apesar da recente versão Miui 7 apresentá-los ampliados.

Bateria

A bateria é removível e possui capacidade de carga de 2.200 mAh, apresenta ótima durabilidade, pois sua autonomia é de 24 horas de uso contínuo em uso moderado. O Xiaomi Redmi 2 possui duas maneiras de configurar o uso da energia disponível na sua bateria: o modo equilibrado e o modo performance. O modo equilibrado permite o uso moderado do dispositivo, embora sua escolha afete o desempenho do aparelho. O modo performance, por sua vez, preserva o desempenho de hardware, havendo, portanto, um consumo mais rápido da energia disponível. No modo equilibrado, para otimizar a utilização da energia disponível, o aparelho recorre a expedientes como a desativação de algumas conectividades, redução da intensidade do brilho de tela, bem como a otimização de aplicativos abertos em segundo plano, o que resulta 10% a mais no tempo de uso, cerca de 3 horas adicionais, além de contar com meios que otimizam a eficiência energética, como o controle da energia do processador.

A interface Miui, que é otimizada para o hardware do aparelho, também colabora para a maior autonomia de bateria, a qual é comparável, se não maior, à dos dispositivos Samsung ou LG, cujas interfaces proporcionam menor contribuição para a autonomia de bateria. Outra vantagem de sua bateria é que seu carregador possui a tecnologia Quick Charge 1.0, que possui a capacidade de acelerar o carregamento da bateria.

Assistência técnica

Já que a Xiaomi é uma empresa nova no mercado brasileiro de smartphones, convém considerar o quesito assistência técnica. Ela haverá no Brasil e inicialmente será disponibilizada por meio de atendimento remoto, caso não haja solução para o problema apresentado pelo cliente, será necessário enviar o aparelho para o setor de atendimento da empresa, restando somente aguardar a resposta e, neste caso, você precisará ter um segundo aparelho, principalmente se o smartphone for necessário para seu trabalho. A garantia oferecida pela Xiaomi é de 12 meses.

Comparações com smartphones da mesma marca

Xiaomi Redmi 2 Pro

Xioami redmi 2 e rdmi 2 pro-- diferencasQuando se compara o Xiaomi Redmi 2 com o Xiaomi Redmi 2 Pro, nota-se que o Redmi 2 perde em muitos quesitos, a começar pelas cores em que se apresenta. Não que o Xiaomi Redmi 2 Pro seja vendido em maiores variedades de cores aqui no Brasil, mas porque, na ocasião da compra, você terá direito a um conjunto de três capas protetoras confeccionadas nas cores, rosa, amarela e verde, o que conferem certa versatilidade ao seu visual, além das cores de fábrica, branca e cinza-escura, em que ambos são vendidos no Brasil. O Xiaomi Redmi 2 Pro ainda vem com a interface Miui 6, mas já se encontra disponível a versão mais recente, a Miui 7 que, evidentemente, também está disponível para o Xiaomi Redmi 2. Do ponto de vista de execução da interface mais recente, o Xiaomi Redmi 2 Pro certamente levará vantagem, já que poderá executá-la com mais fluidez, uma vez que possui configuração de hardware um pouco mais robusta.

Fundamentalmente, os dois aparelhos diferem na quantidade de memória RAM e memória interna, já que o Xiaomi Redmi 2 Pro apresenta memória RAM de 2 GB e memória de armazenamento de 16 GB, com possibilidade de expansão para até 32 GB mediante cartão de memória micro SD, observe que tais números representam o dobro do apresentado pelo Xiaomi Redmi 2. Nos demais quesitos, apresentam exatamente as mesmas especificações.

Comparação com smartphones de outras marcas

Zenfone 5

Quando se compara o Xiaomi Redmi 2 com o Zenfone 5, observa-se que são dois smartphones de custo-benefício muito semelhante. O Zenfone 5 possui uma relativa superioridade em alguns quesitos, como no tamanho da tela, já que vem dimensionado em 5 polegadas, peso de 145g e 10mm de espessura, portanto o Xiaomi Redmi 2 é menor, mais leve e mais fino, e isso lhe confere maior portabilidade e, como era de se esperar, também tem uma capacidade de bateria um pouco superior à do Zenfone 5, mesmo com uma tela que apresenta densidade de pixels também maior, o que poderia colaborar para reduzir sua autonomia, mas isto não ocorre.

Quando o assunto é câmera, os dois smartphones empatam na quantidade de pixels da câmera frontal e da principal, mas o Xioami Redmi 2 tem a vantagem, na câmera principal, de ter abertura focal um pouco maior, e isso favorece obter imagens de maior qualidade, além de possuir também estabilização digital da imagem fotográfica, o que o Zenfone 5 não apresenta. Em recursos de áudio também são muito idênticos.

Quando passamos a considerar a conectividade, o Xiaomi Redmi 2 dispara na frente do Zenfone 5, que, apesar de ser igualmente dual chip, não possui acesso à rede de dados 4G, o que significa dizer que também tem menor velocidade para download e upload, as quais, no Xiaomi Redmi 2, conforme a ordem apresentada, são de 150 Mbps e 50 Mbps, além de que possui a conectividade Wi-Fi direct.

A grande vantagem do Zenfone 5 é que possui o dobro de memória RAM (2MB), bem como o dobro da capacidade de expansão da memória (até 64 MB em micro SD), o que, ao menos teoricamente, tornaria esse aparelho mais indicado para quem deseja um aparelho para jogos digitais, todavia convém lembrar que o Xiaomi Redmi 2 é um smartphone com software otimizado para o hardware, o que lhe permite utilizar menos memória sem prejuízo no desempenho, sendo isso a sua principal qualidade.

Benchmark

Xiaomi Redmi 2 Geekbench BenchmarkQuando se usa testes de benchmark para avaliar o Xiaomi Redmi 2, nota-se que é superior a alguns smartphones, como o Moto E – 2ª Geração, Sony Xperia E4 dual e LG Prime Plus. Em termos de navegação na internet, seu desempenho é muito semelhante ao do Moto E – 2ª Geração e superior aos outros dois dispositivos anteriormente citados. Quando consideramos o desempenho e processamento gráfico, especificamente em jogos digitais, o seu desempenho é bom, sendo comparável ao desempenho do LG Prime Plus, para o qual perde por alguns pontos, mas é superior, igualmente por alguns pontos, ao Moto G – 2ª Geração que, por sua vez, é superior ao Sony Xperia E4 dual. Neste quesito, o que apresentou melhor resultado foi o Xiaomi Redmi 2 Pro.

Quando os testes consideram o desempenho conjunto de CPU, GPU e memória RAM, o Xiaomi Redmi 2 foi superior ao LG Prime Plus, mas foi inferior ao Xiaomi Redmi 2 Pro e ao Moto G – 2ª Geração. O Sony Xperia E4 dual apresentou desempenho semelhante ao LG Prime Plus, embora ligeiramente inferior.

Em resumo, se você quer um smartphone prioritariamente para jogos digitais com boa navegabilidade e bom desempenho de CPU, GPU e Memória RAM, o melhor dispositivo, dentre estes cinco considerados, é o Xiaomi Redmi 2 Pro, que apresenta um desempenho consideravelmente superior aos outros quatro, seguido do LG Prime Plus. O Xiaomi Redmi 2, por sua vez, apresentou um desempenho apenas mediano, mas com navegabilidade um pouco superior à do Xiaomi Redmi 2 Pro e este é o seu ponto forte. Portanto, se você prioriza a velocidade de navegação e conectividade 4G combinadas com o ótimo custo-benefício, o melhor é o Xiaomi Redmi 2.

Melhor Preço

Xiaomi_preco_atraente1O menor preço para o Xiaomi Redmi 2, modelo branco, você vai encontrar no site de vendas da Xiaomi por R$ 366,50 com 56% de desconto; o modelo cinza-escuro você vai comprar por R$ 379,48 com 44% de desconto e; os modelos rosa e amarelo e azul, por R$ 422,73 com 36% de desconto já subtraídos em cada caso. Cumpre observar que estes preços pesquisados foram obtidos a partir de links em anúncios no site das lojas Americanas, cujos preços são menores do que os constantes acessando diretamente o site da Xiaomi.

O menor preço para o Xiaomi Redmi 2 Pro, cinza-escuro, você vai encontrar no site Extra por R$ 699,00 com 5% de desconto já subtraídos, podendo ser parcelado em até 10 vezes sem juros de R$ 69,90 no cartão Extra. Você vai encontrá-lo também, por R$ 729,00, no próprio site da Xiaomi, o qual o poderá ser parcelado em 10 parcelas de R$ 72,90 sem juros.

Caso você tenha se interessado pelo Zenfone 5, smartphone de 5 polegadas da Asus, dual chip, mas sem acesso à rede 4G, porém apresenta também ótimo custo-benefício, saiba que o menor preço para este dispositivo, modelo branco, similar ao original, você vai encontrar no site Saldão da Informática por R$ 569,00 com 35% desconto já subtraídos, podendo ser parcelado em até 10 parcelas de R$ 64,64 com juros de 2,39% a cada parcela. Se você quiser adquirir o original, então opte pelo site das lojas Americanas, onde poderá ser adquirido por R$ 889,90 à vista ou em 10 parcelas de R$ 88,99 no cartão Americanas.

Conclusão

O maior ponto forte do Xiaomi Redmi 2 e do Xiaomi Redmi 2 Pro é o fato de apresentarem software otimizado para o hardware, à semelhança do que há muito tempo já faz a Apple em seus dispositivos. O Xiaomi Redmi 2 Pro, por apresentar configuração de hardware mais robusta, apresenta maior fluidez em aplicações que exijam maior desempenho gráfico. O fato de apresentar acesso à rede 4G nos dois chips é outro significativo diferencial do Xiaomi Redmi 2, além de atualmente poder ser adquirido a preço bastante amigável, já que está sendo vendido a preço promocional, pois, com isto, a Xiaomi deseja conquistar o consumidor, assim como fazer-se conhecida no mercado brasileiro. É isso! Até mais!!

Fonte: internet

Moto G – 3ª Geração: conheça o smartphone dual chip com acesso à rede 4G mais vendido no Brasil considerado o rei do custo-benefício

motorola-logo1Os smartphones ainda são os dispositivos digitais mais populares no Brasil e no mundo, sendo perseguidos com mais proximidade apenas pelos notebooks e tablets e isto porque, dentre outras coisas, possuem diversas funcionalidades que os tornam desejáveis por bilhões de pessoas. No Brasil, no ano passado (2014), foram vendidos 104 smartphones a cada minuto e as previsões de venda para o corrente ano de 2015, de acordo com pesquisas do IDC, é de que haja um crescimento de 16% no mercado de smartphones. Isto representa uma venda esperada de 63,3 milhões de smartphones. Apesar da atual conjuntura econômica não ser muito favorável devido à alta do dólar, inflação elevada, taxa básica de juros estratosférica e outros indicadores socioeconômicos negativos.

Apesar disso tudo não favorecer ‘a felicidade geral da nação’, ainda há um pouco de espaço para o otimismo, especialmente por parte do consumidor, que recorre a expedientes como o crédito e parcelamento no mercado varejista, para realizar suas compras desejadas, além de levar em conta principalmente o custo-benefício do aparelho. E considerando estes dados, foi que resolvi fazer esta revisão, com o objetivo de proporcionar ao leitor do blog Notebooks e Similares o conhecimento do smartphone campeão de custo-benefício e de vendas no Brasil: o Moto G – 3ª Geração. Então vamos ao que interessa.

Inicialmente deve-se lembrar que os smartphones da Motorola da série G são os mais vendidos no Brasil e o lançamento do modelo Motorola 3ª – Geração ou Moto G 2015 vem justamente com o objetivo de manter-se na liderança de vendas, principalmente devido a entrada no mercado nacional de novas fabricantes, nomeadamente a Asus e a Xiaomi, que apresentam excelentes opções promocionais de custo-benefício, já que desejam ser reconhecidas no mercado brasileiro de smartphones.

Motorola Moto G 3ª Geração

Motorola-Moto-G-2015Lançado no final de julho deste ano, o Moto G – 3ª Geração é dual chip, tem acesso à rede 4G e desempenho satisfatório que executa fluidamente jogos, músicas e vídeos, como também executa com tranquilidade parte expressiva dos aplicativos Android. Possui quatro versões que ampliam as possibilidades de opção do usuário de tecnologia, sendo que todas elas apresentam slot para dois chips telefônicos e acesso à rede 4G. Seus grandes destaques são a câmera frontal adequada para selfies e vídeo-chamadas, e principalmente o fato de ser à prova d’água, como veremos adiante, algo que só se sabia existir em smartphones da Sony, como o Xperia M2 Aqua. A velocidade 4G permite maior navegabilidade na internet isso é especialmente importante para conteúdos multimídia, como ouvir músicas, jogar online ou assistir vídeos com muito mais rapidez.

Aparência e design

Moto-G-3-geraçãoO Moto G 2015 está apresenta-se nas cores preta e branca na parte dianteira do aparelho. Seu design apresenta uma curvatura nas laterais da cobertura posterior, que facilita seu manuseio e portabilidade no bolso traseiro. Entre os recursos disponíveis para modificar sua aparência estão o Moto Maker, que permite uma relativa personalização do design e da configuração e; o Moto Shell, que possibilita mudar seu visual pela aquisição de coberturas traseiras de cores diferentes, de acordo com a preferência a cores do usuário, além de que, nelas, é possível fazer gravações personalizadas. Outro ponto importante de frisar no design, é que as coberturas traseiras apresentam algumas ranhuras, que facilitam sua aderência às mãos e evitam aquelas marcas, que bem conhecemos, deixadas pelas impressões digitais do usuário.

Características físicas e de tela

O Moto G – Terceira Geração vem dimensionado com peso de 155g, espessura de 11,6mm, tela de 5 polegadas com tecnologia IPS LCD retroiluminada a LED, touchscreen capacitiva e multitoque com resolução Full HD de 1280 x 720 e densidade de pixels de 294 ppi, capaz de produzir 16 milhões de cores, além de proteção Gorilla Glass 3.

Visibilidade sob luz do sol

A tela do Moto G – 3ª Geração produz brilho suficiente para permitir sua visibilidade sob a luz do sol, utilizando, deste modo, a mesma técnica utilizada pela Samsung no Galaxy J5 e outros smartphones predecessores, que também é utilizada em smartphones da Microsoft, como o Lumia 920; nada que se compare com a tecnologia desenvolvida pela LG para permitir a visibilidade da interface sob a luz solar nos seus dispositivos, como o LG Prime Plus e o LG Leon, dentre outros.

Sob este ponto de vista, o Moto G Terceira Geração é o menos recomendado para os usuários que sentem algum desconforto com a intensificação do brilho, além de que, a tela LCD expõe mais os olhos a luz azul-violeta, já que, como vimos em artigos anteriores, a tela é iluminada por inteiro, que é diferente da tela Super AMOLED, utilizada no Samsung Galaxy J5, e também difere dos dispositivos LG, que possuem saturação de cores otimizada e controle de brilho automático. Apesar disso, o Moto G – 3ª Geração faz o ajuste automático do brilho de acordo com a intensidade de luz em cada ambiente, como também permite o controle manual do brilho, todavia é preferível deixá-lo no modo automático, já que a intensidade de brilho elevada consome mais rapidamente a energia da bateria.

Câmeras e recursos fotográficos

Moto G 3a geracao-cameraA câmera traseira possui sensor de 13 MP, flash LED duplo; tem tecnologia CCT que equilibra as cores e melhora a qualidade das imagens noturnas; a abertura focal é de f/2.0. O sensor de imagem da câmera traseira é o Sony IMX214, um dos mais avançados, apresenta efeito HDR, estabilização digital e foco automático, etiqueta geográfica, detector facial, controle de foco e exposição, obtenção de fotografias em modo panorâmico, recursos de edição de imagens e possibilidades de impressão. As fotografias, assim como os vídeos, podem ser vistas deslizando as imagens uma a uma e podem ser compartilhadas nas suas redes sociais preferidas.

Outro recurso interessante desta câmera é a possibilidade de tirar várias imagens sucessivas, bastando, para isso, manter o dedo pressionando a tela. Para tirar apenas uma fotografia, basta tocar em qualquer ponto da tela. O display frontal ainda dispõe de botões virtuais para permutar as câmeras e filmadoras. E se você gosta de capturar momentos de vídeos para tê-los em fotografias, o Moto G – 3ª Geração lhe permite esta possibilidade, e para isso você deve tocar em qualquer parte da tela durante a gravação e pronto! Sua imagem estará feita e salva. Os vídeos que você produzir ainda poderão ser compartilhados em mensagem de texto.

E pelo fato de ser resistente a líquidos, dá para gravar um vídeo dentro d’água, mas para produzir um vídeo nestas condições, você deve iniciá-lo antes mergulhar, já que, dentro d’água, a tela capacitiva perde a função de toque, impossibilitando sua utilização; enquanto as fotografias podem ser feitas por meio do botão de volume, já que não tem botão específico para essa função, uma vez que a Motorola – cumpre ressalvar isto – projetou esta função apenas para situações eventuais ou acidentais de contato com a água e outros líquidos, não sendo recomendada sua portabilidade e utilização propositais para produzir imagens ou vídeos submersos em praias ou piscinas.

Quanto à possibilidade de impressão, aludida acima, você pode imaginar várias maneiras para imprimir suas fotografias pela utilização de seu PC ou de outras pessoas que você conhece, mas existem meios mais práticos de fazer isso que, inicialmente pode dar um pequeno trabalho. Por exemplo, você pode verificar, no Google Play, se existe algum aplicativo do fabricante de sua impressora, que você possa utilizar no seu smartphone para imprimir; utilize, para isso, as configurações de impressão. Outra possibilidade de impressão é através do aplicativo Cloud Print, do Google, instale-o e imprima prontamente suas imagens previamente armazenadas no Google Drive.

Em relação à câmera frontal, possui sensor de 5 MP, portanto é ótima para fazer selfies, apesar de apresentar lente com angulação de 72 graus, o que não permite colocar muitas pessoas em foco, apesar de apresentar a possibilidade de fazer imagens em modo panorâmico. Ambas as câmeras também possuem um recurso muito interessante, que é a capacidade de alterná-las ou acessá-las rapidamente mediante gesto de girar o pulso duas vezes, e isso funciona mesmo que o aparelho esteja bloqueado, permitindo, assim, acesso instantâneo a elas, o que é ótimo quando se quer capturar momentos que exigem celeridade. Ambas as câmeras fazem imagens de ótima qualidade.

Áudio, vídeo, jogos e TV digital

moto-g-3-geracao-moto-pulseO Player de áudio permite comprar, transmitir, reproduzir e criar listas de reprodução em pelo menos cinco formatos. O som é de boa qualidade, pois apresenta autofalantes dotados de boa capacidade de propagação do som; já os fones de ouvido deixam a desejar, pois não apresentam um design que facilite o ajuste natural aos ouvidos. O Player de áudio também pode ser deixado em modo oculto enquanto você utiliza outro aplicativo. Outro recurso de áudio muito importante introduzido neste smartphone é o microfone para redução de ruído, que é ótimo para comunicação, pois permite melhorar a audibilidade em ambientes com excesso de barulho, também possui rádio FM, mas sempre com aquela tradicional limitação de só poder ouvi-lo através dos fones de ouvido, o que tira a liberdade do usuário que prefere ouvir em viva voz.

Pela câmera traseira você pode produzir filmes em full HD com velocidade de gravação de 60 quadros por segundo (60 FPS), o lhe confere a capacidade de fazer vídeos em câmera lenta, o que é um recurso muito interessante para praticantes de esportes ou para quem gosta de filmar eventos esportivos. O Player de vídeo possui alguma versatilidade na reprodução de filmes, podendo executar os formatos MP4, H.263, H.264 e WMV. Você também poderá utilizar o Play Filmes para ver vídeos do Youtube ou comprar o download ou ainda alugar o streaming de filmes e programas de TV para vê-lo em seu smartphone ou em seu PC, e isto você pode fazer na seção de filmes do site Google Play Store.

A execução de jogos também não apresenta travamentos, sendo executados com tranquilidade os mais diversos jogos da atualidade como o Candy Crush, Angry Birds 2, Farm Heroes Saga e até mesmo o HearthStone, que é mais exigente em desempenho gráfico, todos são pelo menos satisfatoriamente executados.

A TV digital é outro recurso de vídeo que este smartphone apresenta, que é muito bom para quem não quer perder seu programa preferido quando não for possível estar em casa na frente da ‘telinha’. Para acessar os canais, você deve acoplar a antena que vem junto com o dispositivo, que poderão ser assistidos em qualidade Full HD e, se quiser, você ainda pode gravar algum conteúdo ou agendá-lo para assistir quando tiver tempo. É possível que esta função esteja mais acessível em regiões metropolitanas, devido ao maior número de antenas transmissoras.

Livros e revistas

Google-Play-BooksO Moto G – 3ª Geração dispõe de aplicativos que permitem acessar livros, o Play Book; e revistas, o Play Banca, mas infelizmente a compra só é possível nos Estados Unidos e em alguns outros países, é possível que o Brasil esteja entre esses países. Por estes aplicativos é possível também acessar a maior biblioteca digital do mundo, cujos e-books são apresentados por categorias com os detalhes de cada publicação; é possível ainda acessar os e-books através de um simples toque. Também podem ser pesquisados através do nome de seus autores. Por outro lado, ainda são disponibilizados alguns livros que poderão ser baixados livremente por você.

Hardware sistema operacional

O Moto G 3 é produzido em quatro configurações de hardware, combinando memória RAM de 1 e 2 GB com memória de armazenamento de 8 e 16 GB. A sua configuração de hardware mais robusta vem constituída por um processador Qualcomm MSM8916 Snapdragon 410 de quatro núcleos (quad core) com velocidade de processamento (clock) de 1.4 GHz e arquitetura de 64 bits, GPU Adreno 306, memória RAM de 2 GB, memória de armazenamento de 16 GB com possibilidade de expansão mediante uso de cartão de memória micro SD para até 32 GB. Apresenta acesso a redes 2G, 3G, 4G, bem como as conectividades Wi-Fi (802.11n, direct e hotspot), Bluetooth 4.0, GPS com A-GPS, GLONASS e BeiDou, além de micro USB. Quando em rede, a velocidade de download é pode atingir até 150 Mbps e a de upload, até 50 Mbps.

O sistema operacional é o Android 5.1.1 (Lollipop) não modificado, portanto, conserva a política da Motorola de não encher o aparelho com aplicativos pré-instalados, nem de modificar a interface, e isto é bom não somente porque confere prioridade nas atualizações, mas também porque tais atualizações se tornam mais velozes. Para atualizar seu smartphone, é recomendável utilizar a conexão Wi-Fi, já que podem demorar, pois costumam ser bem grandes e, neste caso você também pode optar por fazer o download em um PC, através do site da Motorola, para posteriormente transferir para o celular via cabo USB ou Bluetooth, se em seu PC houver estas possibilidades.

Outros recursos

Moto G 3a geracao a prova daguaComo já foi dito, o Moto G – 3ª Geração é à prova d’água, ainda que parcialmente, já que pode ficar somente 30 minutos a 1 metro de profundidade em água doce e, para isso, é necessário que o revestimento esteja muito bem colocado para que as peças componentes fiquem plenamente protegidas; caso a capa não tenha sido corretamente colocada, o aparelho vem programado para lhe avisar, emitindo uma mensagem na tela. Outro recurso interessante deste dispositivo é que flash da câmera traseira também pode funcionar como lanterna, a qual é acionada por meio de dois movimentos de agitação do aparelho, o que é muito útil em certos momentos em que se precisa contornar a escuridão, como por exemplo, quando, ao sair de dia e ao chegar a noite, vemos que deixamos as luzes apagadas.

Há também o Moto Display, que é acionado quando o aparelho sai da inatividade, exibindo as horas e o ícone de notificações. Outro recurso deste aparelho é a possibilidade de fazer backup de outros aparelhos listados como opções para realização dessa função. Outro recurso de destaque é o aplicativo Moto Assist, que permite que você programe o Moto G 2015 para que seu sono ou sua reunião no trabalho não sejam interrompidos por toques de chamada ou mensagens de texto.

Recursos de acessibilidade

Entre os recursos de acessibilidade que o Moto G – 3ª Geração apresenta, podemos destacar o reconhecimento de voz de usuários, bastando dizer o que gostaria de fazer, por exemplo, pesquisar, telefonar, etc. Outro recurso de acessibilidade é o aplicativo TalkBack, que vai lhe permitir ouvir tudo que está escrito na tela, seja nome de menus, interface de aplicativos, notificações, números de telefone, livros, arquivos, mensagens de texto, etc, etc. Para usufruir de toda esta facilidade proporcionada pelo TalkBack, você deverá ativá-lo em configurações de acessibilidade. Páginas da internet também devem ser ativadas para que sejam lidas em viva voz. É recomendável que você faça um teste em todos os aplicativos para constatar a funcionalidade da leitura de tela.

O TalkBack ainda possui opções de explorar através de toques, que permite que seus gestos sejam descritos em voz alta, como também o gerenciamento de tais gestos, que lhe permite acessar comandos por meio de toque simples, toque duplo, toque triplo ou deslizamento do dedo, além da possibilidade de combinação de leitura em Braille e saída de voz, mediante instalação do BrailleBack do Google Play, que deve ser ativado via Bluetooth e pareado com o telefone. Enfim, dispõe de recursos de acessibilidade para as ações mais comuns que se utiliza ao uso de smartphones, além de que outros recursos podem ser acessados por meio de aplicativos que podem ser adquiridos no site Google Play Store.

Bateria

Um ponto que pode ser considerado desvantajoso para muitos usuários é o fato da bateria ser irremovível, embora apresente razoável capacidade de carga de 2470 mAh com autonomia suficiente, e com sobras, para 24 horas, permitindo, desta maneira, uma usabilidade tranquila em uso moderado de internet, Player de áudio ou de vídeo e funções de telecomunicação. A bateria também possui recurso de economia de energia, bastando, para isso, deixar o smartphone em modo de espera por meio do botão ligar/desligar. O modo de espera também é útil quando for necessário remover manchas acidentais na tela. Este smartphone também é dotado de aplicativo que controla a economia da bateria e, caso queira utilizá-lo, será necessário que você o ative em configurações de bateria.

Comparações com outros smartphones Motorola

Moto-g-2015-vs-moto-g-2014-comparacaoQuando se compara o Moto G – 3ª Geração com o Moto X – 2ª Geração, observamos que eles, de modo geral, possuem custo-benefício muito semelhante, devido aos quais, podemos considerá-los tecnicamente empatados, com ligeira desvantagem para o Moto G – 3ª Geração, que perde em alguns quesitos físicos e de hardware, como por ser mais pesado e mais espesso, e ter processador menos potente; por outro lado o Moto G – 3ª Geração leva vantagem por ter processador de 64 bits e possibilidade de expansão de memória, fatores que o Moto X – 2ª geração não apresenta.

O Moto X também leva vantagem na qualidade de tela, que é AMOLED, a qual apresenta tecnologia mais eficiente de retroiluminação de tela, como também apresenta maior resolução e maior densidade de pixels. Porém há um quesito importante no qual o Moto G – 3 leva grande vantagem, são as câmeras, que, no caso de câmera traseira, de 13 MP, o Moto G 2015 leva vantagem por apresentar maior abertura focal, o que permite obter imagens de melhor qualidade e, quanto a câmera frontal também leva grande vantagem, porque, com seus 5 MP, se torna bastante adequada para selfies, ao passo que o Moto X – 2ª Geração só apresenta 2 MP.

Por outro lado, o Moto X – 2ª Geração tem melhores recursos para elaborar vídeos de maior qualidade em ambas as câmeras, pois é capaz de gravar vídeos em qualidade Ultra HD, que possui resolução de 2160 pixels, mas perde nos recursos de Player de vídeo, que executa menos formatos, como também não possui TV digital, que é outro considerável diferencial do Moto G – 3ª Geração.

A carga da bateria, em ambos, é correspondente às necessidades de tecnologia de tela utilizada em cada um, sendo menor no Moto X, porque a tecnologia AMOLED, que apresenta, é mais eficiente no uso da energia. Outro recurso multimídia em que o Moto X – 2ª Geração tem a vantagem é no Player de áudio, capaz de executar 35 formatos, com som stereo, e também possui conectividade NFC, que pode ser utilizada para realizar pagamentos. Sua grande desvantagem é que, apesar de ter acesso às redes de dados 3G e 4G, só possui um slot para chip de operadora telefônica. É um excelente smartphone para quem prioriza uso multimídia. O Moto X – 2ª Geração também possui o aplicativo Moto Assist, que evita toques em momentos indesejáveis, como durante o sono, na reunião de trabalho, na missa, no concerto musical, etc.

Em testes de Benchmark com outros dispositivos Motorola, que compararam o Moto G – 3ª Geração com o Moto E – 3ª Geração, foi observado que o Moto G – 3ª Geração mostrou-se superior no Vellamo Metal e no Basemark OS II, mas apresentou desempenho inferior no GFXBench versão T-Rex HD, bem como na versão Manhattan, enquanto que, no AnTuTu, apresentaram-se tecnicamente empatados com pontuações muito próximas, com ligeira vantagem para o Moto G – 3ª Geração.

Comparação com smartphones de outras marcas

redmi-2-vs-moto-g-3-geracaoQuando comparamos o Moto G – 3ª Geração com o Xiaomi Redmi 2, observamos que, de modo geral, são dois smartphones muito equivalentes em vantagens a proporcionar ao usuário, mas, como ambos apresentam a mesma tecnologia de tela, IPS LCD, que consome muita energia de bateria, especialmente quando configurada com excesso de brilho, pode-se dizer, portanto, que, neste ponto, o Moto G 2015 torna-se superior, já que sua bateria possui maior capacidade de carga, o que vai lhe conferir maior autonomia, apesar de que o Moto G-3 possui tela um pouco maior, e isto faz voltar ao equilíbrio entre estes aparelhos. Entre as vantagens do Moto G – 3ª Geração, que podemos destacar, estão o processador com maior poder de processamento, melhor resolução de câmera traseira com maior abertura focal, câmera frontal adequada para selfies, versão mais atual do sistema Android e sem customização, além de ser à prova d’água e de ser um “Motorola”, marca que inspira confiança no consumidor.

O Xiaomi Redmi 2 tem a seu favor o dobro de memória RAM do Moto G – 3ª Geração, é mais leve e menos espesso, tem maior capacidade de armazenamento, maior densidade de pixels e bateria removível, além de contar com sensor de imagem BSI, que produz imagens de maior qualidade. Em termos tecnológicos, portanto, podemos considerar estes dois aparelhos tecnicamente empatados, já que as vantagens e desvantagens de um é compensada pelas do outro.

Em testes de benchmark com smartphones de outras marcas, quando se utiliza o aplicativo AnTuTu, que realiza testes de interface, CPU, GPU e memória RAM; o Moto G – 3ª Geração apresenta melhores resultados de desempenho e eficiência que o Samsung Galaxy A5, por exemplo, apesar de ambos serem equivalentes em termos de hardware e software; igualmente apresenta equivalência em desempenho ao Samsung Galaxy J5.

Melhores preços

camera-do-moto-g-2015O menor preço para o Moto G – 3ª Geração HDTV XT1544 com 16GB de memória interna e 1 GB de memória RAM, desbloqueado, você vai encontrar no site Buscapé por R$ 939,28 nas lojas Fest Shop, e por R$ 939,68 no site Ricardo Eletro. O menor preço para o modelo de configuração mais robusta com 16 MB de memória interna e 2 MB de memória RAM você vai encontrar nas lojas Americanas por R$ 999,00 à vista ou em 12 parcelas de R$ 83,25 sem juros, no cartão Americanas, mas lembre-se que este modelo não possui TV digital.

Outra opção de smartphone Motorola com TV digital, dual chip com acesso a rede de dados 4G e dimensionado em 4,5 polegadas é o Moto E – 2ª Geração DTV, cujo menor preço você vai encontrar no site Submarino por R$ 649,00 à vista, já com 10% de desconto, ou em 12 parcelas de R$ 54,08 sem juros no cartão Submarino, com ganhos de pontos no cartão.

Se você se interessou pelo Moto X – 2ª Geração por ser um smartphone que apresenta ótimos recursos de áudio e vídeo, além de contar com tela AMOLED de 5.2 polegadas e conectividade NFC, além de acesso à rede de dados 3G e 4G, e gostaria de saber onde encontrar um bom preço, temos a lhe informar que você vai encontrá-lo no Magazine Luiza por R$ 1.055,12 à vista, com 12% já descontado ou em 10 parcelas de R$ 119,90 no cartão de crédito com base de cálculo no preço sem desconto. Um preço menor ainda você vai encontrar nas lojas Americanas por R$ 999,00 à vista ou em 15 parcelas de R$ 66,60 sem juros no cartão Americanas.

Agora se você se interessou pelo Xiaomi Redmi 2, a respeito do qual pretendo fazer o próximo post, mas posso adiantar que se trata de um smartphone de excelente custo-benefício, cujo menor preço você vai encontrar no site da Xiaomi, por R$ 381,00 com 51% de desconto, uma promoção especial da empresa, para se firmar na memória do consumidor brasileiro, em cujo mercado pretende ingressar.

Considerações e conclusão

O Moto G – 3ª Geração é um smartphone de bom custo-benefício porque oferece bom preço com qualidades muito desejáveis, como sintonizador de TV digital, acesso à rede 4G, slots para chips de duas operadoras telefônicas, câmera frontal de 5 MP, próprio para fazer selfies de qualidade, recursos multimídias que incluem até acesso a bibliotecas digitais com possibilidades de compras de livros e revistas, configurações de hardware equilibradas, além de contar com recursos de acessibilidade que universaliza seu uso ao atingir também as pessoas portadoras de deficiência.

Com suas 5 polegadas, pode ser considerado um smartphone de bom tamanho e bom peso. A tela perde em qualidade para o Galaxy J5, mas tem a vantagem de vir com Android puro, sem interfaces customizadas e aplicativos pré-instalados, muitos dos quais, além de serem irremovíveis não apresentam opções para removê-los. E por falar em não remoção, cumpre destacar um ponto negativo do Moto G – 3ª Geração, que é sua bateria irremovível. Nem tudo pode ser perfeito!!!

Fonte: internet

Smartphone Samsung Galaxy J5 duos é de bom custo-benefício, tem display em qualidade HD, recursos de visibilidade sob intensa luz do sol e de acessibilidade para portadores de deficiência visual ou idosos

Samsung-logoNo artigo anterior falamos que a LG é especialista em smartphones populares de ótimo custo-benefício e sobre a qualidade de imagem dos seus smartphones, que, dentre outras características, permitem sua utilização em plena luz do sol, assim como o controle automático do brilho. Agora vamos falar sobre alguns smartphones da Samsung que apresentam bom custo-benefício, possuem telas em qualidade HD, mas, ao contrário dos aparelhos LG, não possuem controle automático de brilho, mas, de qualquer modo permitem a visibilidade da interface mediante outro recurso, que veremos a seguir, nas linhas abaixo.

A Samsung disputa com a LG o título de melhor fabricante de displays, sendo ambas fornecedoras de tais componentes para os dispositivos da Apple, além do mais a Samsung tem demonstrado empenho nessa disputa, já que recentemente um dos seu muitos dispositivos, o Galaxy Note 5, foi reconhecido como o smartphone que apresenta a melhor tela do mercado, simplesmente por apresentar tecnologia que proporciona elevado brilho com baixo consumo de energia da bateria, o que, convenhamos, é de fato uma grande proeza da engenharia, mas, ao que parece, nada que se compare com os recursos de controle de intensidade de brilho e de cores da LG. Espera-se que esta competição produza muitos bons frutos tecnológicos e que os usuários possam se beneficiar com melhores preços.

A LG, por sua vez, recentemente anunciou que pretende compartilhar com outros parceiros fabricantes todo seu domínio tecnológico sobre telas LCD, particularmente as OLED, com o objetivo de aperfeiçoar esta tecnologia e lançar melhores produtos no mercado. Eu, particularmente, espero que essa parceria resulte em produtos capazes de causar menos impactos ao Ambiente e que sejam menos nocivos à saúde dos usuários, principalmente em relação à redução da emissão de radiação azul-violeta. Aspira-se, portanto, que esta parceria não somente colabore para firmar a hegemonia da LG em termos de tecnologia de tela, mas também colabore para a preservação dos recursos naturais e para a saúde e bem-estar dos usuários, como também resulte em aparelhos que combinem economia de energia da bateria com tecnologias não prejudiciais ao Ambiente e à saúde do usuário. Em suma, espera-se, portanto, a preocupação com a saúde do planeta e do usuário.

Visibilidade em luz solar

2_Samsung-Galaxy-J5-em luz solarQuando o assunto é visibilidade da interface dos smartphones sob intensa luz solar, a LG é imbatível, embora a Microsoft, com o Lumia 920, tenha se aproximado disto por meio da maximização do brilho, o que, dependendo do tipo de display, pode consumir demasiadamente a energia da bateria; enquanto que a Samsung, no Galaxy S5, utiliza a tecnologia Super AMOLED, que economiza bateria e proporciona padrão de cores bem mais próximas do real, além de que permite certo ajuste manual por meio de redução e incremento de saturação, é menos refletiva e tem mais contraste, o que colabora para a visibilidade em ambientes intensamente iluminados ou em plena luz do sol. Todavia o Samsung Galaxy S5 não possui o custo-benefício desejável por muitos usuários, já que sua faixa de preço é mais que superior a mil reais. Um dos melhores aparelhos da Samsung que também possibilita a visualização da interface em plena luz solar, mediante o recurso de intensificar o brilho, e com ótimo custo-benefício, é o Galaxy J5 duos.

Características gerais e de tela

Anunciado em junho deste ano (2015), o Samsung Galaxy J5 duos é um aparelho preto, branco ou dourado e dual chip que se caracteriza pelo design atraente e charmoso, o que é proporcionado pela densidade da espessura, assim como pelos cantos arredondados, e mais especialmente, pela peça plástica que circunda lateralmente o aparelho e refulge ao modo de metal. Em relação a esta peça plástica de aspecto metálico, penso que é uma grande sacada da Samsung, já que confere boa aparência ao aparelho, o que é importante para quem valoriza muito a estética do dispositivo. É o meu caso, se não se importam em saber.

Na traseira apresenta uma cobertura de plástico, material que muitos criticam, mas que pode ser considerado até como grande vantagem, já que pode colaborar para que o usuário previna-se contra descargas elétricas acidentais ao pegar o aparelho, cujos exemplos de alguns casos já foram bem registrados aqui neste Blog, uma vez que celulares e smartphones não vêm com resistores capazes de proteger o usuário no caso de tais acidentes acontecerem.

O Samsung Galaxy J5 duos é dimensionado em 5 polegadas de tela e na notável espessura de apenas 0,79 cm e peso de 146 g, que o fazem fino e leve, proporcionando conforto e portabilidade no seu manuseio diário. A tecnologia utilizada na tela é, como no Galaxy S5 referido acima, Super AMOLED, a qual proporciona imagens nítidas com cores naturais, e isso pode ser considerado o grande diferencial em relação aos aparelhos de mesma categoria de preço, nos quais, em geral, predomina as tecnologias LCD retroiluminada a LED (backlight).

A tecnologia Super AMOLED, diferentemente das telas LCD com backlight a LED que se acendem por inteiro, ilumina apenas pontos específicos da tela, o que contribui para o consumo eficiente da energia da bateria, constituindo um grande avanço em relação às telas LCD, cujo backlight ilumina a tela inteira. Outras características da tela Super AMOLED do Samsung Galaxy J5 duos incluem resolução de 1280 x 720 pixels e densidade de 293 ppi, sem proteção Gorilla Glass, mas que apresenta qualidade equivalente, já que se trata da mesma proteção encontrada no Xiaomi Redmi 2, outro smartphone de ótimo custo-benefício, sobre o qual pretendo escrever nos próximos artigos.

Câmeras

4_Selfie_galaxy-j5A câmera frontal apresenta sensor de 5 MP, o que ótimo para quem deseja fazer selfies e postar em redes sociais, além de que vem com um diferencial inovador, um recurso direcionado para se fazer imagens em ambientes de pouca luminosidade, que é mais que um flash, é uma pequena lâmpada que, durante a produção das imagens, fica acesa o tempo todo. Esta câmera também apresenta lente grande angular de 120°, que permite produzir fotografias em modo panorâmico, incluindo muito mais pessoas na mesma imagem. Um ótimo recurso para quem pensa em fazer selfies de grupo em momentos especiais com amigos ou familiares. Também pode ser usada com qualquer aplicativo de chamada de vídeo, já que isto é permitido pela capacidade do sensor de imagem.

A câmera traseira, em termos de qualidade, pode ser comparada à do Galaxy A5 ou mesmo a do Galaxy S5, vem dotada com sensor de 13 MP e abertura focal de f/1.9, que aumenta a qualidade da imagem; também apresenta alguns recursos poucos comuns para smartphones de sua categoria, como o ajuste manual do foco, ajuste de exposição, alteração de ISO e balanço de branco. Ambas as câmeras possuem Flash LED e, apesar das limitações, produzem fotos que podem ser consideradas boas, excetos nas imagens noturnas, nas quais a qualidade baixa um pouco.

Áudio, vídeo e jogos

O Player de vídeo reproduz mídia em FHD com taxa de imagens por segundo de 30 FPS, em mais de cinco formatos, sendo que os formatos MP4, WMV e H.264 são executados com muita tranquilidade; o Player ainda pode ser recolocado em qualquer local da tela mediante uso de uma janela flutuante. E, dependendo do modelo, você poderá controlar a reprodução ou desativação de vídeo ou áudio mediante utilização de gestos. Outro recurso de áudio que este dispositivo apresenta é o microfone de redução de ruído, essencial para que se tenha um bom entendimento da voz do interlocutor durante ligações telefônicas.

E falando e áudio, o Player de áudio, por sua vez, é capaz de reproduzir mais de 15 formatos, porém somente cinco formatos (MP3, WAV, WMA, eAAC+ e FLAC) podem ser executados com o aplicativo nativo do Player, os demais precisarão de aplicativos extras, muitos dos quais são disponibilizados no próprio download do áudio; e assim, considerando-se essas possibilidades, pode-se dizer que tanto o Player de áudio como o de vídeo possuem muita versatilidade na reprodução, particularmente o de áudio. Por outro lado, observa-se que eles são bastante simples, sendo que o de vídeo o é ainda mais, além disso, voltamos a repetir, não contam com o auxílio de outros aplicativos para executar certos formatos de áudio ou vídeo.

Quando o assunto é a execução de jogos digitais, não se pode esperar muito de um smartphone de sua categoria, cujo foco principal é alcançar usuários que priorizam o custo-benefício, mas dá para executar jogos do porte do ‘Real Racing 3’ com relativa tranquilidade.

Hardware

3_Samsung-Galaxy-Super AMOLED-tela.jpgA sua configuração de hardware é constituída por um processador de 64 bits Qualcomm MSM8916 Snapdragon 410 de quatro núcleos (quad core) com clock de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 1,5 GB, considerada meio que limitada, mas suficiente para proporcionar fluidez à interface customizada da Samsung para o sistema Android, a famigerada TouchWiz, que, apesar de otimizada, ainda continua pesada, pelo menos para esta configuração. A memória de armazenamento é de 16 GB, mas somente 11.4 GB estão disponíveis para o usuário, todavia pode ser expandida mediante uso de cartão de memória Micro SD para até 128 GB ou, opcionalmente, 64 GB em cartão de memória e 100 GB em nuvem. Quanto à conectividade, apresenta acesso às redes 2G (GSM), 3G (WCDMA), 4G (LTE FDD), como também Wi-Fi 802.11 b/g/n 2.4 GHz, Wi-Fi direct, Bluetooth 4.1, GPS, Glonass, Beidou, ANT+, USB 2.0, conector de fone de ouvido e PC Sync. Os slots para chips telefônicos se destinam para diferentes tipos de rede, sendo um para conexão 4G e outro para 2G.

Sistema operacional e aplicativos

O sistema operacional é o Android 5.1.1 Lollipop com interface customizada pela Samsung (a TouchWiz). Um quesito negativo deste móbile é que vem com excesso de aplicativos pré-instalados que podem ser considerados irrelevantes ou mesmo inúteis, são os famigerados bloatware, que constituem, ao todo, 49 aplicativos pré-instalados, aqui representados por joguinhos e aplicações, algumas chegam a ser até recursos repetidos do próprio sistema operacional Android. Tais aplicativos têm grande potencial de desagradar a muitos usuários, mas, no caso deste aparelho, a maior parte pode ser removida; felizmente houve um pouco de bom senso por parte da Samsung em permitir essa exclusão ao usuário, embora parcialmente. Ainda assim, o instalador de aplicativos (APK) continua ocupando espaço de memória.

Recursos especiais e de acessibilidade

Samsung-Galaxy-J5-HD-Picture-WallpaperEntre os recursos especiais que o Samsung Galaxy J5 duos possui está o My Knox, uma ferramenta de segurança que cria dois ambientes independentes no aparelho, nos quais podem ser instalados um mesmo aplicativo, como por exemplo, o do WhatsApp, ou outro aplicativo qualquer de rede social, permitindo, assim, utilizar duas contas de redes sociais do mesmo aplicativo ou uma conta de cada rede social, em ambientes diferentes. Também há os recursos de acionar a câmera mediante dois toques no botão inicial, que funciona ainda que a tela esteja em modo bloqueado; e o do extremo brilho, que permite visualizar a interface em plena luz solar, referido acima.

Outro recurso interessante é a possibilidade de recarga de crédito para planos pré-pagos, pelo qual você fornece sua identificação, informando o número de ligação, com resposta ´por meio de SMS. E finalmente, há o Gerenciador Inteligente, que tem a função de limpar a memória RAM, controlar o consumo da bateria, bem como excluir arquivos temporários e inúteis, o qual atua conjuntamente com a solução da Intel para remoção de malwares.

Também há recursos de acessibilidade para portadores de deficiência visual e idosos, que permitem a exibição de ícones em tamanho grande, além de outras configurações de acessibilidade para portadores de deficiência auditiva ou motora, como também existe a possibilidade de exibir os recursos de acessibilidade disponíveis, como também a possibilidade de acesso direto a tais recursos, como o menu de acessibilidade, que pode ser aberto mediante utilização de três toques no botão de iniciar.

Bateria

A bateria é removível e possui capacidade de carga de 2600 mAh com autonomia de 2 dias e 14 horas de reprodução contínua de áudio, 13 horas de reprodução de vídeo, 11 horas de uso contínuo de internet Wi-Fi ou 9 horas de internet 3G ou 4G, além de vir dotada do recurso ‘modo ultra’ que preserva as funções fundamentais para maior durabilidade de carga.

Comparações com dispositivos de mesma marca

9_j5 vs e7O Samsung Galaxy J5 duos, quando comparado ao Galaxy E7, por exemplo, pode-se dizer, de modo geral, que o Galaxy J5 é superior em custo-benefício, apesar de apresentar tamanho de tela e configuração de hardware inferior, que poderiam eventualmente colaborar para um menor desempenho, todavia tais dispositivos são equivalentes em desempenho e um dos fatores que colabora para isso, possivelmente, é a interface customizada do Galaxy J5, que está mais otimizada que as versões anteriores, além disso o Galaxy E7, apesar de ter conectividade de rede 4G e NFC, não tem rádio FM, algo que pode fazer muita falta para quem gosta de ouvir rádio. Outro fator que eventualmente pode contribuir para a queda de desempenho do Galaxy E7 é o fato de possuir maior tamanho de tela (5,5 polegadas) que o J5, o que exige maior consumo de energia da bateira, por isso mesmo é que possui maior autonomia de bateria. Também são equivalentes na qualidade das câmeras.

Outro smartphone da Samsung que se pode comparar com o Galaxy J5 duos é o Galaxy Win 2 duos, o qual é cerca de seis vezes menos vantajoso que o anterior, e uma das vantagens do Galaxy J5 duos que pode ser muito considerada por um expressivo número de usuários, é justamente o fato de apresentar tecnologia de tela mais avançada, que é a Super AMOLED, enquanto que o Win 2 duos ainda está na TFT LCD; e para quem gosta de postar selfies em redes sociais, o Galaxy J5 também é mais indicado, já que conta com câmera frontal de 5 MP com flash LED, ao passo que a do Win 2 duos possui somente 2 MP, sem flash LED. Mas o Galaxy Win 2 duos também tem suas vantagens, e talvez a melhor delas seja o fato de ser menor e mais leve, o que lhe confere maior portabilidade, como também o fato de ter mais memória de armazenamento disponível ao usuário, em torno de 1 GB, o que pode assumir grande importância para muitos usuários, além de contar com acesso a TV digital. Ambos possuem processador de quatro núcleos com clock de 1.2 GHz e efeito HDR na câmera principal, além de acesso à rede 4G LTE. O Galaxy Win duos (sem o 2) também pode ser uma boa opção, embora não possua acesso à rede 4G no chip principal, o qual é reservado para a rede 3G.

Comparações com dispositivos de outras marcas

Quando comparamos o Galaxy J5 a outros aparelhos, como Xiaomi Redmi 2 e o Moto G 2015, por meio de testes de benchmark, o Samsung Galaxy J5, na maioria dos casos se comporta muito bem nos testes relacionados a avaliação de desempenho de CPU e capacidade de processamento, desempenho de GPU e capacidade gráfica, memória RAM, interface e qualidade de navegação, tendo um desempenho estatisticamente equivalente ao Moto G, de modo que se encontram tecnicamente empatados. Por outro lado, nos testes de desempenho de longo prazo, desempenho de efeitos gráficos avançados, rendimento de bateria e sobrecarga de uso, é superior ao Moto G 2015 e possivelmente também, ao Xiaomi Redmi 2.

Melhores preços

De acordo com o site Zoom e o site Buscapé, você vai encontrar os menores preços para o Samsung Galaxy J5 nas lojas Kabum por R$ 799,90 e na loja Submarino por R$ 806,55. Confira e boas compras!

Resumo, considerações e conclusão

10_super-amoledOs smartphones classificados como intermediários são os principais responsáveis pelo faturamento da Samsung, em cuja categoria se inclui o Galaxy J5 duos, que possui como principais vantagens, além de ser dual chip e apresentar acesso à rede 4G, a visibilidade da interface sob intensa luz solar mediante intensificação do brilho e a tela Super AMOLED, que consome menos energia de bateria, possibilitando, assim, um dispositivo de melhor custo-benefício, além disso produz cores mais próximas do real e isso também resulta em menor emissão de luz azul-violeta, sendo, portanto, mais benéfica e confortável para os olhos e também para as economias pessoais. Estes motivos, por si só, já justificam sua aquisição, além de que é um ótimo móbile para quem deseja postar selfies em redes sociais, já que possui sensor de 5 MP e lente grande angular para incluir mais pessoas em seus autorretratos, além da possibilidade de utilizar duas contas em ambientes diferentes com o recurso My Knox. Outro recurso bastante interessante é o aplicativo de recarga de plano pré-pago mediante identificação e confirmação via SMS, além de recursos especiais para acessibilidade de portadores de deficiência. Também é um aparelho que se comporta satisfatoriamente na execução de áudio, vídeo e jogos digitais. O ponto negativo é a expressiva quantidade de bloatware, os aplicativos não desejados pelo usuário que vem pré-instalados. Em adição a isso, quando comparado com outros smartphones considerados bons e baratos, o Samsung Galaxy J5 é, de modo geral, superior ao Galaxy E7 e ao Galaxy Win 2, ambos dual chip e com acesso à rede 4G. Quando comparado a dispositivos de outras marcas que se destacam pelo custo-benefício também foi superior ao Moto G 2015, um dos aparelhos que, juntamente com o Zenfone 5 e Xiaomi Redmi 2, são os que mais têm agradado aos usuários que buscam custo-benefício. Até o próximo, gente!!. Virá logo mais!

Fonte: internet

LG Prime Plus, LG Leon e LG G3 Stylus são os melhores aparelhos dual chip com internet 4G da LG que apresentam excelente custo-benefício

1_lg-logoA LG é uma empresa que se destaca pelo foco na produção de smartphones populares de bom custo-benefício. Um destes smartphones é o LG prime Plus. Lançado em março e disponível para venda no mercado brasileiro em abril deste ano (2015), é um aparelho dual chip que é produzido em três versões: a 3G, a 3G com TV digital (HDTV) e a versão 4G, sendo cada uma delas destinada a um tipo de perfil de usabilidade. A versão com TV digital, por exemplo, constitui uma boa escolha para quem deseja estar sempre ligado no seu programa televisivo preferido e isso constitui seu grande diferencial; como também o é a conectividade à rede 4G LTE na versão que toma este mesmo nome. O slot para dois chips é outra boa vantagem presente nas três versões, já que possibilita ao usuário reduzir gastos com ligações telefônicas de diferentes operadoras. As três versões também se destacam pelas câmeras com sensores potentes, combinados com recursos específicos para se fazer selfies de qualidade. A capacidade de carga de sua bateria também nada deixa a desejar. A versão 4G, que apresenta processador mais potente, é a mais indicada para quem prioriza a velocidade de conexão para acesso a redes sociais e uso de conteúdo multimídia, incluindo jogos digitais.

Características gerais

As versões do LG Prime Plus são dimensionadas com tela de 5 polegadas, peso de 144,65g e 10,15cm de espessura, possuem design elegante, recurvado lateralmente na parte posterior, sendo produzido nas cores branca, titanium e dourada. Sua interface operacional e a dos aplicativos está mais suave, no geral, apresentando ícones simples e agradáveis, porém ressalva-se que a existência de aplicativos pré-instalados em tais smartphones precisa ser mais democrática, no sentido de permitir ao usuário, removê-los, se assim desejar, para que possa instalar aplicativos de sua livre escolha. Isto é particularmente útil ao usuário quando deseja armazenar seus conteúdos e não existe outra maneira de arquivá-los, a não ser removendo conteúdos indesejáveis advindos de fábrica. Além do mais são poucos os aplicativos compatíveis para armazenamento e execução a partir de cartões de memória. Entretanto, caso você queira armazenar aplicativos em seu smartphone Android, tenho a lhe informar que isto é possível, basta fazer o download direto para o cartão de memória ou baixá-lo na memória interna e depois movê-lo para o cartão Micro. Para saber mais sobre como fazer estas coisas, clique em baixar e em mover, para se informar sobre os respectivos procedimentos.

Câmeras e vídeo

2_5MP_Front_Camera_prime_plusA câmera frontal vem dotada de foco fixo e sensor de 5 MP com resolução de 2560 x 1440 pixels, sendo ambos, foco fixo e sensor de imagem de 5 MP, muito indicados para selfies; além de que apresenta também recursos de iluminação para autorretratos mediante uma tela clara, brilhante que ilumina o rosto da pessoa, como se fosse uma espécie de flash virtual. Outro recurso que se destaca é o Quick Selfie, um recurso especial que a LG costuma colocar somente nos smartphones mais robustos, que possibilita que a fotografia seja obtida por meio de gestos, bastando, para isso, abrir e fechar as mãos que, após alguns segundos, a selfie estará pronta. Este recurso é altamente confortável na hora de fazer selfies, pois deixa seu outro braço inteiramente livre, sem a necessidade de esticá-lo para disparar o click.

A câmera traseira, ao contrário da câmera frontal, é dotada de foco móvel e sensor de 8 MP, produz imagens em Full HD com resolução de 3264 x 1840 pixels, vem com temporizador, possui flash LED, como também apresenta o mais desejável recurso para uma câmera digital, o efeito HDR, que permite obter imagens em condições de baixa luminosidade, e isso contribui significativamente para melhorar a qualidade das imagens. Ambas as câmeras produzem vídeos em Full HD (1920 x 1080 pixels) com taxa de imagens por segundo de 30 FPS, bem como produzem fotografias de qualidade satisfatória em condições normais necessárias para formação das imagens.

Áudio

A qualidade do som também se destaca, pois vem dotado de potentes autofalantes com potência de 1 W, o que colabora substancialmente para que a qualidade do som não seja perdida com o aumento da intensidade de volume, o que pode satisfazer uma ampla diversidade de usuários, inclusive os mais exigentes. Isto se verifica especialmente na versão Prime Plus 4G. Além disso, pode executar áudios em mais de nove formatos.

Tela

3_Tela-prime-plus-lg--IilustratAs versões do LG Prime Plus apresentam tela LCD com tecnologia IPS e resolução de alta definição (HD): 1280 x 720 pixels, densidade de pixels de 293 ppi, sensível ao toque (touchscreen capacitiva), mas sem proteção Gorilla Glass. O brilho da tela é controlado por recursos que favorecem a saúde dos olhos, já que a intensidade de brilho possui modo automático, que funciona de forma bastante eficiente, produzindo cores com saturação moderada e, com isto, amenizam possíveis desconfortos que podem ocorrer quando o brilho é excessivo e as cores são intensas, claras e fortes. Certamente há uma perda na beleza das cores, mas há um ganho que reverte para a saúde dos olhos, um bem essencial para todos os seres humanos. Mas a perda não é tão grande assim, de tal modo que compensa perfeitamente pelos ganhos ao conforto ocular.

Por outro lado, há também a vantagem de que permitem que interface seja vista a pleno sol ou em ambientes fortemente iluminados, algo pouco comum em smartphones. Além de que as visualizações das postagens de imagens e vídeos em redes sociais não serão prejudicadas, já que as versões do LG Prime Plus produzem conteúdo gráfico em qualidade Full HD. Portanto, as postagens multimídias poderão ser vistas com elevada qualidade, desde que, obviamente, o usuário tenha aparelho compatível com tais tecnologias que permitem maior taxa de transferência de luz, permitindo, assim, visualizações com brilho intenso e cores vibrantes. Deste modo, unindo o útil ao agradável, você assegura o conforto e saúde dos seus olhos e faz bonito nas redes sociais.

Diferentemente do Sony Xperia M2 Aqua, que utiliza uma tecnologia de tela mais suave (qHD), mas preserva a qualidade de imagens e vídeos em Full HD para uso em redes sociais; o LG Prime Plus, ao contrário, preserva a qualidade resolutiva da tela (HD), que vem acompanhada de recursos que reduzem a intensidade do brilho, no aparelho, como também não afetam a qualidade da visualização em redes sociais através de outros dispositivos sem controle de brilho.

Hardware e sistema operacional

4_Prme-plus-hardware-IilustrativaO LG Prime Plus apresenta, distribuída nas duas versões para rede 3G, um processador quad core Mediatek MT6732 com clock de 1,3 GHz, GPU Mali-400, memória RAM de 1GB, memória interna de 8GB com possibilidade de expansão mediante uso de cartão de memória Micro SD em até 32GB. Apresenta acesso a redes e conectividades 2G (GPRS, EDGE e UMTS), 3G (HSDPA, HSUPA, HSPA+), Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 4.0, GPS com A-GPS e GLONASS, além de Micro USB 2.0, TV digital com antena embutida e Rádio FM. A versão 3G simples apresenta a mesma configuração da versão 3G HDTV, diferindo apenas no acesso a TV digital, que não possui; ao passo que, a versão 4G se diferencia por apresentar processador Quad Core Mediatek com clock de 1,5 GHz, sendo igual nos demais componentes de hardware. O sistema operacional é o Android versão Lollipop 5.0.2 customizado pela LG, mas tal customização, ao contrário do que se supõe, não afeta o desempenho do aparelho, nem a fluidez do processamento de dados.

Recursos exclusivos

Além dos recursos especiais para selfie observados na câmera frontal, outro recurso exclusivo dos smartphones mais recentes da LG, que vem se firmando como padrão desde o LG G3, é o Smart Button, um botão com as funções básicas de intensificar o volume e bloquear aparelho, inserido na face posterior do dispositivo que incrementa a ergonomia e promove maior facilidade no manuseio pelo usuário. Esse recurso, para usuários mais acostumados com botões nas laterais, pode ser considerado como desvantagem, já que pode causar certa estranheza, mas nada que não se possa se acostumar. A intenção da LG foi de reduzir a taxa de queda do aparelho, que tem muita chance de ocorrer – em cerca de 40% – quando os botões se encontram nas laterais, bem como a intenção de promover o manuseio do aparelho da forma mais natural possível. Outro recurso especial é o Knock on, o qual permite que o usuário ative ou desative o móbile com dois toques ligeiramente leves, além dispor do Knock code, que possibilita criar códigos de segurança constituídos pela combinação de dois a oito toques, que poderão ser usados ainda que a tela esteja desligada.

Autonomia de bateria

5_Prime-plus-recurso-quic-view-bateriaA bateria é de íons de Lítio, é removível e apresenta capacidade de carga de 2460 mAh, tem autonomia suficiente para deixar o aparelho em funcionamento por 36 horas de uso moderado ou descontínuo ou 24 horas de uso contínuo. Baterias com autonomia igual ou superior a 24 horas de uso contínuo são recomendadas para quem não quer ser interrompido por uma descarga durante o dia, já que poderá prevenir-se disso recarregando o aparelho ao final de cada dia ou ao despertar pela manhã. Também conta com recursos que contribuem para maior autonomia da bateria, como o quick view, que, mesmo com o display desligado, permite visualizar informações, como horas e notificações com o simples deslizamento do dedo sobre a tela, em qualquer parte.

Qual a melhor versão?

Das três versões, a que apresenta melhor desempenho é, como era de se esperar, a do LG Prime Plus 4G, por apresentar um processador um pouco mais potente que as demais versões, e isso faz toda a diferença no desempenho, pois processa informações gráficas com boa fluidez, desde que se utilize conteúdo gráfico não muito pesado, como jogos digitais, bem como a utilização simultânea de aplicativos, desde que não excessiva, também é tranquila. Estas limitações são até naturais e aceitáveis para dispositivos cujo foco principal é o custo-benefício para seus potenciais usuários. Nas versões Prime Plus 3G e Prime Plus 3G HDTV podem ocorrer travamentos e as funções especiais (Quick Selfie, Knock Code, etc.) podem não funcionar a contento. Recomenda-se, para estas versões, uso um pouco mais moderado, principalmente quando se dispõe de uma memória de apenas de 8 MB para armazenamento, da qual pouco mais da metade é ocupada pelo sistema operacional, interface e os tais aplicativos de fábrica.

Comparações com LG G3 Stylus e LG Leon

6_Prime-plus-comparações_Im_IlustrativaComparando-se as versões do LG Prime Plus com o LG G3 Stylus, constata-se que a versão Prime Plus 4G apresenta os seguintes quesitos superiores ao predecessor: (1) processador, (2) sensor da câmera frontal, (3) resolução de tela, (4) leveza, e (5) portabilidade, já que é um pouco menor. As demais versões do Prime Plus também são superiores ao G3 Stylus nos quesitos onde a versão Prime Plus 4G é superior, exceto no processador, no qual são equivalentes ao LG G3 Stylus. O sistema operacional das versões do LG Prime Plus também é mais recente, como era de se esperar. O LG G3 Stylus é superior somente na capacidade de carga da bateria, que se justifica por apresentar maior dimensionamento de tela (5.5 polegadas), o que requer maior consumo de bateria. Cumpre ressaltar que a versão LG G3 Stylus é inferior ao LG G3 original, que foi considerado um dos melhores smartphones do ano passado (2014) por alguns sites especializados em tecnologia, no Brasil, embora não seja recomendado para quem deseja fazer selfies, já que sua câmera frontal conta com um sensor de apenas 2.1 MP, quando, como sabemos, o recomendado para se fazer selfies de qualidade são pelo menos 5MP no sensor de imagem e isto o LG Prime Plus apresenta.

Outro smartphone da LG que se pode comparar com o LG Prime Plus versão 4G, bem como as outras duas versões é o LG Leon. Lançados conjuntamente, são dois dispositivos muito parecidos na aparência, exceto na parte posterior, na qual apresentam diferenças próprias, mas quando consideramos o processamento de informações, o LG Leon apresenta melhor desempenho, embora apresente processador com clock inferior (1,2 GHz, versão 4G) ao da versão Prime Plus 4G. Isto se deve possivelmente pelo fato de que o LG Leon é dotado de algumas características técnicas que o tornam mais otimizado para um melhor desempenho, o qual é confirmado por testes de benchmark, que revelam que O LG Leon apresenta melhor desempenho que o Prime Plus 4G.

Outras características do LG Leon incluem o fato de ser produzido somente nas versões do 3G com TV digital e 4G, é dual chip e apresenta um pouco mais de portabilidade, já que é um pouco menor, pois é dimensionado com tela de 4.5 polegadas; apresenta também menor resolução tela (854 x 480 pixels), câmeras com menor resolução, sendo que a frontal é inadequada para selfies (0.3 MP), além de que a câmera principal não tem estabilização digital, mas preserva a qualidade do vídeo em Full HD, o que não ocorre com a câmera frontal, cuja qualidade é VGA, porém isto tudo possivelmente pode ser compensado com a maior autonomia de bateria combinada com um excelente custo-benefício, além do melhor desempenho, evidentemente. É, portanto, um aparelho bastante indicado para quem prioriza o desempenho e não se importa com suas desvantagens referidas acima.

Melhores preços

7_Prime-plus-preços-Im-ilustratO menor preço para o LG Prime Plus versão 4G (H522F) você vai encontrar no Ponto Frio por R$ 699,00 à vista ou em 8 parcelas de R$ 87,38 ou ainda em 12 parcelas de R$ 58,25 no Cartão Ponto Frio. O menor preço para a versão Prime Plus 3G com TV digital você vai encontrar no Magazine Luiza por R$ 588,72 à vista, com 12 % de desconto, ou a prazo por R$ 669,00 em 10 parcelas de R$ 66,90 no cartão de crédito. O menor preço para a versão 3G sem HDTV você vai encontrar no Extra, por R$ 599,00 à vista ou em 7 parcelas de R$ 85,57 sem juros, por R$ 569,05 parcelado em 10 vezes de R$ 56,90 no Cartão Extra ou ainda em parcela única pelo mesmo valor em cartão de crédito.

O menor preço para o LG Leon com TV digital você vai encontrar no Magazine Luiza por R$ 439,00 sem juros em até 10 parcelas de R$ 43,90 sem juros no cartão de crédito ou à vista com 12 % de desconto por R$ 386,32. O menor preço para a versão 4G do LG Leon você vai encontrar no site da loja Novo Mundo por R$ 464,00 à vista no boleto bancário ou em 10 parcelas de R$ 49,89 no cartão de crédito.

Você pode optar também por um LG G3 branco, tela de 5.5 polegadas, single chip, rede 4G e NFC (utilizada para fazer pagamentos), câmera posterior de 13 MP e sistema Android KitKat nas lojas Americanas por R$ 1.099,00 à vista ou em 10 parcelas de R$ 110,00.

Outra boa oportunidade de compra é a do LG G4 Stylus com TV digital, dual chip com rede 3G, tela de 5.7 polegadas, câmeras principal e frontal de 13 e 5 MP e sistema Android Lollipop no Magazine Luiza por R$ 949,52 à vista com 12 % de desconto já calculado ou em 10 parcelas de R$ 107,90 no cartão de crédito.

Considerações e conclusão

8_Prime-plus-e-Leon_Im_ilustratO smartphone LG Prime Plus, considerando-se que é um celular que procura atender clientes que priorizam o custo-benefício, pode ser considerado um ótimo aparelho dentro de sua categoria, apresentando de razoável a bom desempenho, com destaque para suas câmeras, especialmente a frontal, que vem dotada de recursos para quem deseja fazer selfies. Suas câmeras podem ser consideradas incomparáveis quando cotejadas com câmeras de outras marcas de smartphone do mesmo segmento de perfil de consumo. A autonomia da bateria está dentro dos padrões de mercado. Tudo está otimizado para deixar o usuário satisfeito, desde que faça uso moderado do aparelho. Uma vantagem que deve ser especialmente ressaltada é o fato de que permite a visualização de sua interface em plena luz do sol, incrementando, assim, sua usabilidade, igualmente pode-se dizer em relação ao controle automático do brilho.

Pode-se concluir, portanto, que talvez o aparelho ideal para usuários que priorizam o custo-benefício, nos quais a LG é especialista, seja um aparelho com o mesmo processador com o mesmo clock do Prime Plus 4G combinado com todas, algumas ou somente uma das características do LG Leon, como o menor dimensionamento de tela, que talvez seja possivelmente uma das tais características que contribuem para seu melhor desempenho, quando comparado ao LG Prime Plus 4G, já que o menor dimensionamento em peso e tamanho contribui para um menor consumo de energia, que pode ser drenada para outras funções e, assim, deve possivelmente aumentar o desempenho do processador. Smartphones LG, de modo geral, por serem de certo modo campeões em custo-benefício, são também excelentes para serem utilizados como uma segunda opção, caso o seu smartphone principal apresente algum problema técnico que inviabilize seu uso. Portanto, escolha o LG Prime Plus se você prioriza fazer selfies de qualidade; escolha o LG Leon se você prioriza o desempenho geral ou escolha o LG G3, se você prioriza superioridade geral, robustez de hardware e desempenho. Tchau!!!

Fonte: Internet

Sony Xperia M2 Aqua é uma ótima opção de smartphone para quem sente desconforto com o brilho intenso de tela e quer um dispositivo de bom custo-benefício.

Xperia m2 aquaA Sony Mobile é a única empresa a produzir smartphones à prova d’água e à poeira. Esta inovação tecnológica foi iniciada na linha de smartphones Z e agora se estende ao Sony Xperia M2 Aqua, cujas especificações são semelhantes às do Xperia M2, que não possui o referido recurso tecnológico. O Sony Xperia M2 Aqua é capaz de resistir a uma profundidade de 1,5 m durante 30 minutos e a jatos de água de baixa pressão, um quesito que pode ser desejável por alguns perfis de usuários, como aqueles que adoram estar com seu smartphone sempre próximo de si e de frequentar piscinas de clubes ou mesmo de residência; também pode ser útil para usuários, cujo trabalho necessite molhar ou sujar constantemente as mãos; ou ainda se reside em lugares onde ocorrem chuvas repentinas em determinada época do ano, como no caso de algumas localidades da Amazônia.

Design

Lançado em agosto e disponível para venda desde final de setembro do ano passado (2014), o Sony Xperia M2 Aqua é produzido nas cores preta, branca e cor-de-cobre; seu design é constituído pela combinação de linhas retas nas laterais e cantos arredondados, aos quais está associada uma das menores espessuras do mercado (8,6 mm), que o deixa com uma aparência bastante agradável aos olhos, além de que pode proporcionar, ao usuário, algum conforto manual ao empunhar o aparelho.

Resolução

O Sony Xperia M2 Aqua vem dimensionado com peso de 149 g, espessura de 8,6 mm (como já referido acima) e tela de 4.8 polegadas. É dotado de uma tela LCD touchscreen capacitiva com tecnologia IPS e proteção Gorilla Glass 3; a resolução é qHD (1/4 da resolução Full HD = 540 x 960 pixels) com densidade de pixels de 230 ppi. Esta resolução parece bem adequada para pessoas que querem proteger seus olhos da intensidade de radiação de telas eletrônicas, ou para pessoas que já sentem desconforto ocular quando estão diante de telas muito brilhantes e queiram trocar de smartphone. Estas telas são encontradas principalmente na grande maioria dos smartphones, phablets e tablets.

Xperia imagem tirada cameraA resolução qHD pode ser considerada a principal especificidade deste aparelho, quando comparado a outros aparelhos atualmente encontrados no mercado. Os usuários que o adquirirem obviamente não estarão sujeitos a excessos de brilho, pois este dispositivo móvel apresenta, em certo sentido, intensidade de luz otimizada, sem o excesso de brilho comum nos aparelhos em geral, o que pode ser ótimo para a saúde de seus olhos, principalmente se você usar o aparelho durante horas a fio, sendo especialmente recomendado, portanto, para usuários que priorizam a saúde de seus olhos. Para entender mais sobre os vários tipos de resolução de tela, clique em resoluções e leia o artigo sobre este assunto.

Bateria

Sony Xperia M2 Aqua tem bateria com capacidade de carga de 2330 mAh, cuja autonomia é de 26 dias e 17 horas em stand by ou 37 horas e 31 minutos de reprodução contínua de áudio, ou ainda 8 horas e 4 minutos de reprodução contínua de vídeos; e além disso pode ser otimizada através do modo Stamina, que, quando ativado, pode aumentar a eficiência energética do aparelho e durar por mais tempo, em cerca de 14 % ou 3 horas e 22 minutos de acréscimo. Embora você possa adquirir aplicativos na loja Google Play Store para otimizar a bateria de seu smartphone¸ nada pode ser melhor que um aplicativo produzido e otimizado especialmente para determinado aparelho, que já venha instalado de fábrica, o que é o caso deste smartphone.

A configuração de hardware do Sony Xperia M2 Aqua é constituída por um processador Qualcomm Snapdragon 400 de quatro núcleos (quad core) com poder de processamento de 1.2 GHz, GPU Adreno 305, memória RAM de 1 GB, memória de armazenamento de 8 GB com possibilidade de expansão mediante uso de cartão de memória micro SD. Possui também suporte para as redes 2G, 3G e 4G, assim como as conectividades Wi-Fi, Bluetooth, NFC e DLNA, além de GPS com A-GPS e GLONASS, rádio FM e micro USB 2.0. A velocidade máxima de download é de 150 Mbps e de upload é de 50 Mbps. O sistema operacional é o Android 4.4.2 KitKat.

Câmera

Xperia-M2-Aqua-camera (2)A câmera traseira possui sensor de imagem Exmor RS de 8 MP, o qual diminui o ruído e realça as cores; executa e produz vídeos com resolução HD de 1080p e taxa de imagens por segundo de 30 FPS, que garantem fotografias e vídeos de qualidade satisfatória dentro e fora d’água, como também permite a impressão de imagens de qualidade, além de contar com os seguintes recursos: foco automático, zoom digital 4x, flash, estabilizador de imagem e vídeo, redutor de olhos vermelhos, detector facial, detector de sorriso, rastreamento de objetos, etiqueta geográfica e foto panorâmica. Outros recursos interessantes deste smartphone envolvem a capacidade de permitir ao usuário postar vídeos ao vivo para o Facebook bem como modificar o cenário e a realidade da imagem pela adição de outros elementos de sua escolha.

Apesar de possuir resolução qHD, as imagens não ficam prejudicadas, pois a tecnologia IPS colabora com uma melhor visualização, proporcionando um amplo campo de visão. Também conta com efeito HDR, recurso importante para fazer boas imagens e vídeos em qualquer condição de luminosidade. A câmera frontal é de 1.1 MP com resolução VGA, o que é muito pouco para fazer selfies de qualidade, mas aqui resta somente confiar na marca Sony, que tradicionalmente insere excelentes câmeras em seus smartphones, mesmo quando apresentam sensor com poucos pixels, já que câmeras é a principal especialidade da Sony.

Preço

O menor preço para o Sony Xperia M2 Aqua você vai encontrar no Shoptime no valor de R$ 629,10, já com desconto de 10%, no boleto bancário ou bankline, sendo que, no cartão Shoptime, você poderá adquiri-lo em uma parcela única de R$ 585,06 (com desconto de 10%) ou ainda por R$ 650,07, em 12 parcelas de R$ 54,17 sem juros com ganho de pontos no cartão. Você também poderá comprá-lo nas lojas Americanas, no cartão Americanas, pelo valor de R$ 629,10 em uma única parcela ou em 12 parcelas de R$ 58,25 sem juros.

Considerações

bateria-sony-xperia-m2-aquaComo nem tudo pode ser perfeito, seu principal defeito é possuir apenas um slot de chip, o que significa que você somente poderá dispor dos serviços telefônicos e internet de uma só operadora. Cumpre observar que existem outros smartphones, de mesma categoria, que apresentam dois slots para chips de operadoras. Outra observação a fazer é em relação ao áudio, cuja qualidade do som é mono, a qual é inferior à do som estéreo.

Por outro lado, pode-se dizer que o seu principal ponto forte é o rendimento de energia da bateria, o qual supera o de qualquer smarphone de mesma categoria, como também, o fato de permitir acesso tanto a conexão 4G como 3G proporciona relativa flexibilidade de escolha ao usuário, mas lembre-se de que, para utilizar a conexão 4G, você precisará de um chip compatível. Ainda cumpre ressaltar que, embora a qualidade de imagens e vídeos esteja limitada pela tela qHD, eles poderão ser vistos em qualidade HD (quatro vezes maior), quando postados nas redes sociais, por usuários, seus amigos, cujos dispositivos tenham esta resolução de tela. Portanto, está garantido que você, ao mesmo tempo que protege seus olhos do brilho intenso das telas de maior resolução, também fará bonito para seus amigos, que são usuários de dispositivos que apresentam maior resolução de tela.

Fonte: internet

Problemas de compatibilidade do modem 3G Huawei E173s com o sistema operacional Windows 8.1

modem-3g-vivoUma experiência comum a muitos usuários de tecnologia da informação e comunicação é que, sempre que sistemas operacionais, dispositivos ou tecnologias recentes são lançadas, costumam trazer alguns problemas. As atualizações de drivers, por exemplo, costumam trazer muitos aborrecimentos para usuários menos familiarizados com tecnologia; e é exatamente isto que está acontecendo, recentemente, com os modens 3G Huawei E173s, em relação ao sistema operacional Windows 8.1 que, apesar de ter sido lançado em outubro de 2013, aqui no Brasil, já se aproximando, portanto, de completar dois anos, e a Huawei ainda não se dignou de apresentar a seus clientes a atualização do driver do referido modelo de modem, causando, assim, muitos transtornos para seus usuários, que inevitavelmente adquiriram notebooks/desktops com o sistema operacional Windows 8.1, pois praticamente já não se encontra no mercado computadores pessoais com versões inferiores.

Certamente que isso é uma falta de respeito para com o consumidor e não são poucas as reclamações de usuários envolvendo Huawei. No site reclame aqui, esta empresa não é bem avaliada na opinião geral dos consumidores, apesar de apresentar uma melhora no atendimento ao cliente no biênio 2013/2014, ainda assim, tem deixado muito a dever ao consumidor. O site da empresa também peca por não ter um canal de atendimento para ouvir as reclamações dos usuários, estando muito mais focada em realizar novas vendas, mas sem nenhuma preocupação em, pelo menos, conquistar ou fidelizar o cliente por meio de um excelente atendimento, que é o que uma considerável parcela de consumidores espera.

Ainda no site desta companhia, devido ao excesso de simplificação dos botões, não se encontra facilmente o que se deseja. A secção de downloads, por exemplo, para encontrá-la, tive que fazer uma busca no Google para, deste modo fazer a busca do firmware para o dispositivo (modem 3G modelo 173s), o qual não o encontrei disponível, apesar de tanto tempo já se ter passado do lançamento do sistema Windows 8.1. A empresa tem o péssimo costume de disponibilizar, tardiamente, meios de contato somente quando reclamada por meio de sites, como o ‘reclame aqui’, apesar do contato poder ser encontrado no manual ou na embalagem do modem, os quais muitos usuários costumam esquecer ou se desfazer deles.

Por outro lado, as operadoras de telefonia móvel também tem sua quota de responsabilidade, uma vez que já se passaram 20 meses do lançamento do Windows 8.1 e nenhuma providência foi tomada para que os usuários não passem por transtornos no momento em que desejem ou precisem utilizar a internet, os quais a utilizam, muitas vezes, como ferramenta direta ou indireta de trabalho.

Ao compararem-se dados de reclamações sobre as quatro principais operadoras que atuam no país, no site Reclame aqui, observa-se que, dentre as principais operadoras que atuam no país (Vivo, Tim, Oi, Claro), a Vivo é a que apresenta melhor avaliação unânime, porém, não muito superior às demais e, de modo bem geral, todas elas se equivalem no péssimo atendimento ao consumidor, apresentando estreitas margens percentuais de uma para outra em atendimento e soluções de questões. Todas elas apresentam percentual zero no quesito atendimento de reclamações. O que está faltando é uma melhor preparação dos colaboradores do suporte técnico para que façam melhor atendimento, no sentido de compreenderem o problema que o cliente deseja expressar, seja de forma presencial ou pelo teleatendimento. O usuário, muitas vezes, não expressa com clareza o problema, justamente por falta de domínio do assunto.

O suporte técnico

Como-Falar-com-a-Vivo-Celular-e-Online-3-500x281Alguns assistentes do suporte técnico de algumas operadoras, como os da Vivo, estão orientando seus usuários a procurarem um técnico de informática para solucionar tal conflito, porém o consumidor/usuário, quando contrata um determinado plano, pressupõe que o aparelho vai funcionar sem nenhum problema, mesmo porque ninguém contrata um serviço para ficar inoperante; portanto é um direito implícito do contratante o bom funcionamento do aparelho e, caso isto não ocorra, toda a responsabilidade deve ser imputada às operadoras, e não ao usuário contratante; isto é a contrapartida esperada das operadoras, pelos usuários, para o cumprimento de parte contratual delas e, em caso de descumprimento, devem obrigar-se a compensar os não pequenos danos sofridos pelos usuários, em verdade, prejuízos fundamentais: tempo, em primeiro lugar, cuja perda – irrecuperável – jamais poderá ser utilizada para correr atrás do tão imprescindível dinheiro, em segundo lugar.

O Funcionamento do modem

O modem Huawei E173s funciona do seguinte modo: uma vez conectado à porta USB do notebook/desktop, passa a emitir sinais luminosos através de um LED que emite luz de cores diferentes. Se o LED estiver emitindo luz verde e estiver piscando, estará tentando entrar em rede, a qual poderá estar indisponível e, assim, continuará piscando e, quando a luz verde estabilizar seu sinal, significará, então, que o modem estará conectado à rede GPRS, correspondente a 2.5G. Semelhante evento ocorre com a emissão de luz azul, se o LED estiver piscando, o modem conseguiu entrar em rede 3G/3.5G mediante registro, mas não concluiu a ligação, até que a emissão de luz azul se estabilize, e então o modem estará conectado à rede 3G/3.5G. No caso de piscar com luz verde ou azul, apesar da ligação não estar concluída, o acesso à internet pode ser conseguido mediante emprego de dois cliques. Estas informações são importantes de lembrar, para que você esteja atento, se está realmente conectado à rede que você contratou com a operadora.

Possíveis soluções

Configurar rede em Vivo 3GPor outro lado, existem soluções alternativas propostas por diversos sites, mas que nem sempre irão funcionar para todos os usuários, devido a algumas particularidades de configurações, por exemplo. Também existem vídeos no Youtube que apresentam tutoriais que tentam contornar o problema, apresentando modos alternativos de instalação do modem Huawey E173s, no Windows 8.1, para todas as operadoras. Se você instalou o modem Huawei E173s num notebook/desktop, cujo sistema operacional é o Windows 8.1, e apresentou algum problema, como lentidão, oscilação (alternância de luz verde e azul no LED) ou abertura de somente uma página, o que se recomenda é que você tente resolver tais problemas do procedendo do seguinte modo: primeiro, tente de todas as formas a solução por meio do suporte técnico, seja das operadoras, seja da Huawei, e se nada conseguir; então, desinstale e reinstale o aplicativo de autenticação e, baseado em sites com tutoriais, ou vídeos apresentados no Youtube, como os listados abaixo, você pode tentar contornar tais problemas. Alguns sites já estão disponibilizando drivers para o Windows 7 e 8.1; você pode tentar fazer o download deles, mas apresento a ressalva que acho, no mínimo, estranho outros sites estarem disponibilizando drivers que a companhia responsável, no caso a Huawei, deveria fazer; é certo que podem ser sites terceirizados, mas, neste caso, as operadoras e os usuários faltaram ser avisados. Eis a lista de sites e vídeos do Youtube:

  1. https://youtu.be/l4mTIphrOhM
  2. https://youtu.be/_zwZxhFFRaI?t=47
  3. https://youtu.be/nYBapTtafTA
  4. http://www.instalarmodem.com.br/index.php/huawei-e173
  5. http://www.driverguide.com/driver/E173/Huawei+Technologies+Co./d1836027.html
  6. http://modemfiles.blogspot.in/2013/09/download-huawei-e173-firmware-update.html
  7. http://www.driverscape.com/download/huawei-mobile-connect—3g-modem
  8. http://www.driversfree.org/en/drivers-catalog/drivers-for-3g-modems/huawei/3g-modem-huawei-e173-download-drivers-for-windows-xp-windows-7
  9. http://www.huaweie173drivers.com/#

Alguns dentre estes sites, como você certamente já percebeu, se apresentam escritos em Inglês, como o site driverscape (7), o qual apresenta uma relação de drivers para modens Huawei, sem especificar para que modelos são destinados, para várias versões do Windows, desde o XP até o Windows 8. Você pode tentar a versão do Windows 8, já que é uma versão bem próxima do Windows 8.1 e verifique que tipo de sistema operacional é requerido pelo seu notebook/desktop quanto a arquitetura do processador, se de 32 ou de 64 bits.

Alternativas

(I) Troca de modem

modem zteOutras alternativas que restam ao usuário são a troca de modelo ou marca de modem por outro modelo que seja compatível com o Windows 8.1; trocar o Windows 8.1 pelo Windows 7, como sugerido pelo suporte técnico da Vivo, ou ainda mudar para uma companhia que só opere com rede Wi-Fi, como a NET e a GVT, já que todas as operadoras de telefonia a móvel e internet 3G estão apresentando problemas com este modem. No caso de troca de modem para um modelo compatível, cabe às operadoras ofertarem mais opções de modem aos usuários, pois atualmente, não oferecem modelos de outras marcas que possam apresentar compatibilidade com o Windows 8.1.

Entretanto, a conexão Wi-Fi também vem apresentando problemas com o Windows 8/8.1 e uma das soluções sugeridas é justamente aquela apresentada pelo suporte técnico da Vivo: mudança para a versão anterior do sistema operacional Windows 8/8.1, a versão Windows 7, ou atualizar o driver da placa wireless, o que é altamente recomendável, pois tem elevadas probabilidades de resolver o problema, como também, antes de tais procedimentos, é recomendável simplesmente desinstalar e reinstalar o driver, pois usuários de fóruns tem relatado experiências pessoais de que isso, de algum modo, normaliza a conexão, embora não se saiba exatamente por quanto tempo.

Desbloqueio

É conveniente também que você, que é usuário de modem 3G, providencie o desbloqueio dele, caso não o tenha adquirido já desbloqueado, para que você não fique dependente de uma só operadora, até porque a qualidade de sinal varia de uma para outra, como também de localidade para localidade.

Você pode desbloquear seu modem Huawei gratuitamente clicando em free code, em cujo site há disponível uma calculadora, a qual fornecerá o código de desbloqueio; você deve anotá-lo, pois irá precisar para obviamente desbloquear seu modem. Para obter o código de desbloqueio você precisará estar de posse do código IMEI do seu modem, pois é com base nele que é obtido o código de desbloqueio e você poderá encontrá-lo no interior do seu modem; no site, coloque-o no campo em que for solicitado e, no campo imediatamente ao lado, clique em calculator, isto vai gerar o código de desbloqueio (unlock code); de posse deste código, você já poderá usar chip de outra operadora. Para isto, você deve inserir o chip da operadora a desbloquear no slot do modem; conecte-o na porta USB do notebook/desktop e informe o código de desbloqueio assim que for solicitado.

Outro modo de desbloquear seu modem é solicitando o código de desbloqueio para sua operadora, mas este processo pode demandar muito tempo, pois as operadoras não contam com departamentos voltados para este objetivo. Utilizando o site acima, você obtém o código para desbloqueio imediatamente.

Aplicativo de autenticacaoAdicionalmente, você também deverá configurar o aplicativo de autenticação de sua operadora, para que possa permitir o uso de chips das demais companhias do ramo. Por suposição, vamos admitir que sua operadora seja a Vivo, se as configurações de rede do aplicativo já estiverem preparadas para o modo automático, ele assim o fará, abrirá e procederá a autenticação. Aberto o aplicativo, repare que há um menu de botões no canto superior esquerdo. Clique no botão ‘ferramentas’ e depois em ‘opções’, na janela seguinte, no retângulo à esquerda, clique em ‘gerenciamento de perfil’; na nova janela, na terceira coluna de campos, clique em ‘Novo’ e, na segunda coluna preencha os campos com as informações solicitadas, a saber, APN (Access Point Name), número de acesso, nome de usuário e senha, deve-se também marcar com um ponto ao lado, a palavra ‘Estático’. Conclua o processo clicando em ‘Salvar’ e ‘OK’.

Exemplo: Vamos supor que você queira fazer um novo perfil para a operadora Claro, então siga os seguintes passos:

  1. Abra o aplicativo de autenticação;
  2. Clique em ‘ferramentas’ e depois em ‘opções’;
  3. Clique em ‘gerenciamento de perfil’;
  4. Clique em ‘Novo’
  5. Coloque o APN da operadora a desbloquear (claro.com.br) e marque estático;
  6. Coloque o número de acesso (*99#);
  7. Coloque o nome de usuário (Claro) e;
  8. Coloque a senha (Claro);
  9. Clique em ‘salvar’ e depois em ‘OK’.

Pronto! Você já poderá conectar-se à Claro a partir do seu modem Vivo desbloqueado. Se algo der errado, você ainda pode excluir e recomeçar tudo de novo. Com as configurações avançadas, você não precisa se preocupar, pois são automáticas. Para modens desbloqueados de outras operadoras, o procedimento é semelhante, mudando apenas algumas coisas no aplicativo de autenticação, como o APN e o número de acesso e; para adicionar as demais operadoras no aplicativo da Vivo, observe que até o item (4) o procedimento é exatamente igual, a partir do item (5), preencha os dados conforme a seguinte tabela e depois finalize com ‘salvar’ e ‘OK’:

Tabela para desbloquear operadoras no aplicativo da Vivo

 Observe que esses dados não são difíceis de memorizar, pois: (1) Todas as operadoras possuem o ‘nome’ precisamente igual à ‘senha’, diferindo somente no tamanho da letra inicial, que é minúscula para a ‘senha’; (2) Todas as operadoras possuem o mesmo código de autenticação; (3) Todas as operadoras tem como APN uma URL formada pelo ‘Nome’ seguido de ‘com.br’; (4) Por exceção, se a Vivo fosse uma operadora a adicionar, o APN dela mudaria ligeiramente para ‘zap.vivo.com.br’.

(2) Troca de sistema operacional

Outra alternativa para contornar esse problema é optar pela troca do Windows 8.1 pelo Windows 7. Isto, para você, pode ser de grande proveito, porque, além de resolver o problema de compatibilidade, pode ser especialmente vantajoso, já que trará mais fluidez ao sistema em virtude do Windows 7 ser um sistema que consome menos espaço de armazenamento e menos memória. Por outro lado, caso seu notebook/desktop seja novo, isso certamente causará a perda de garantia, pois existe o risco desta troca causar danos às peças e, mesmo não havendo danos a peças, a simples troca do sistema operacional acarreta a perda de garantia do sistema original. Se você quiser mesmo trocar de sistema, espere expirar o prazo de garantia de fábrica e, então, sim, realize a troca. Antes da troca, verifique se o processador é de 32 ou 64 bits e instale uma versão do Windows 7 adequada para cada caso. Quanto às versões, escolha a Home basic se for para uso doméstico, estudantil ou para edição de textos; escolha a versão Ultimate, se você for trabalhar com a edição de imagens, vídeos e programas pesados.

(3) Troca de conexão

3gVSwifiE a troca de conexão? Trocar conexão 3G por Wi-Fi vale a pena? Vejamos algumas diferenças sobre estas conexões. A rede Wi-Fi oferece mais velocidade, mas é dependente de pontos específicos e fixos de acesso, os famosos hotspots, enquanto que a conexão 3G, oferece menor velocidade de acesso, mas tem a vantagem de permitir o acesso ao longo dos deslocamento do usuário, sem que precise procurar um ponto hotspot para se conectar, muitas vezes, nada fácil de encontrar. A conexão Wi-Fi também tem a vantagem de ser mais econômica, além de permitir comunicações telefônicas por meio de aplicativos de Voz sobre IP (VoIP), como o acesso pelo Skype, o que as operadoras de telefonia móvel e de internet via conexão 3G não permitem.

Outra diferença entre estas conexões é que a internet Wi-Fi é compartilhável, o que não acontece com a internet 3G, já que apresenta uso individualizado. Entretanto, a internet 3G pode ter seu uso individual transformado em uso compartilhado, pela utilização de roteadores 3G, sendo que, para você utilizá-lo, não precisa pagar taxa nenhuma, apenas ter contrato de franquia para internet 3G por uma operadora que atue em sua cidade. Dentre algumas marcas de roteadores 3G, temos a Aquario, a Comtac e Multilaser, dentre outras.

A utilização do Wi-Fi não se limita somente ao uso residencial, já que muitos lugares públicos oferecem gratuitamente a sua utilização. Ainda assim, o usuário tem que se dar ao trabalho de procurar pontos de acesso em sua cidade ou utilizar aplicativos para localização de pontos de acesso, de preferência gratuitos. Clique em ZH tecnologia e constate cinco aplicativos para localizar hotspots Wi-Fi para o sistema Android e iOS; já os smartphones com o sistema Windows Phone possuem um aplicativo nativo que localizam facilmente hotspots Wi-Fi na circunvizinhança. Para saber como localizar hotspots Wi-Fi mais próximos de você, clique em Windows Phone e utilize o tutorial apresentado. Para notebooks e desktops, pode-se indicar o programa Xirrus, que é muito bem avaliado por seus usuários.

wif e bateriaVoltando aos smartphones, a conexão Wi-Fi pode ser de grande utilidade quando se pensa em poupar a quantidade de dados disponibilizados nas franquias das operadoras, porém para evitar o desperdício da energia da bateria à procura de hotspots próximos, é aconselhável, primeiro, que você utilize os aplicativos localizadores de hotspots e pré-selecione os pontos nos quais você cogita utilizar e, quando estiver no ponto hotspot, então ative a conexão Wi-Fi do seu smartphone. Para economizar a energia da bateria, evite ativar o modo Wi-Fi em locais isolados, nos quais não há a mínima probabilidade de existir um ponto de acesso. Outra vantagem da conexão Wi-Fi é que pode ser utilizada para localização pessoal, como se fosse um GPS, o qual, quando disponível em smartphone, consome muito a energia da bateria, além de que, às vezes, é impreciso.

A grande desvantagem de você utilizar um ponto de acesso Wi-Fi público é a sua vulnerabilidade ao ataque de crackers. Portanto, quando você precisar utilizar serviços online que envolvam dados financeiros, jamais utilize, para isso, uma rede Wi-Fi pública. Neste quesito, a conexão 3G, por apresentar acesso diel up e funcionar como uma conexão discada, oferece sempre maior segurança. Para acessar com a máxima segurança um ponto de acesso Wi-Fi, utilize um software VPN (Virtual Private Network), o qual permite a criptografia de seus dados, lhe proporcionando maior segurança. Outra recomendação de especialistas de segurança digital é o usuário assumir opções de usabilidade diferenciadas, como por exemplo, utilizar sistemas operacionais e navegadores de internet menos utilizados, como por exemplo, o sistema Linux e o navegador Netscape ou Opera ou mesmo o Firefox, porque são menos visados pelos crackers, além de que é necessário ter um sistema de segurança completo, com antivírus, firewall, como também mantenha as atualizações do sistema e aplicativos em dia.

Oscilação entre 2G e 3G

OscilacaoOutro problema que muitos usuários encontram é a oscilação entre a conexão 2G e a 3G. Isto é indicado pela alternância de luz verde e azul, emitidas pelo LED do modem Huawei E173s. Isso acontece porque o aplicativo de autenticação detecta prioritariamente o sinal mais forte, normalmente apresentado pela conexão 2G (EDGE/GPRS) em detrimento da 3G (WCDMA/HSDPA), resultando em lentidão, já que a conexão 2G pode atingir, no máximo, a 236kbps, enquanto que a 3G pode chegar a 3 Mbps ou 7.2 Mbps, dependendo do modelo de modem, o que implica em maior tráfego de dados para o usuário, dependendo obviamente do plano contratado junto a sua operadora.

Para contornar esse problema, será necessário fazer algumas alterações nas configurações de rede, desde que a sua operadora, pacote ou plano lhe permita fazer isso. Para mudar essas configurações, abra o aplicativo de autenticação e, no menu do canto superior esquerdo, clique em ‘Ferramentas’ e depois, ao descer da aba, clique em ‘Opções’; seguindo o processo clique em rede e depois em ‘Tipo de rede’, selecione ‘Somente WCDMA’, em seguida clique em ‘aplica’ e ‘OK’, e deste modo seu modem estará habilitado para somente detectar o sinal 3G, que será indicado no LED do modem pela luz azul, e irá registrar a rede WCDMA ou HSDPA que constituem a conexão 3G. Em alguns casos, o aplicativo vem pré-configurado para acessar, de forma preferencial, a rede WCDMA, sem dispor a opção ‘somente WCDMA’, neste caso, consulte sua operadora sobre o porquê disso.

Outro motivo de enfraquecimento de sinal, além dos já empiricamente conhecidos fatores meteorológicos, distância das antenas, bem como os avisados pela operadora, é porque atualmente a internet tem ficado muito lenta em razão do avanço expressivo no tamanho médio das laudas web, como também imagens e vídeos, que muitos sites apresentam, e isto tem contribuído significativamente para elevar o tempo de carregamento das páginas, deixando muitos usuários aborrecidos, além de que os sites estão cada vez mais utilizando meios técnicos que auxiliam no monitoramento de visitantes, assim como a utilização de tecnologia que os tornem capazes de se adaptar a diversos tipos de dispositivos móveis. Em razão disso, os códigos adicionais necessários para a realização dessas tarefas estão contribuindo para a elevação do tempo de carregamento, já que muitos sites sobrecarregam-se em tamanhos de imagens e vídeos para atender aos diversos tamanhos de gadgets, além do uso de criptografia, pois a preocupação com a segurança também tem aumentado.

Resumo e síntese

Com o advento do Windows 8.1, muitos usuários apresentaram problemas relacionados com conexão à internet mediante a utilização de modem 3G, independente da operadora que escolheram para ter este serviço; usuários tem se queixado da morosidade de fabricantes de tais dispositivos, como a Huawei, a qual tem sido muito mal avaliada em sites relacionados com a defesa do consumidor. Diante de tal situação, que não tem sido resolvida nem mesmo pelas operadoras de internet móvel 3G, nem pelos fabricantes de tais modens, resta, então, recorrer à internet, à procura de uma solução casual; ou trocar o modem, mas as operadoras não oferecem opções de troca; ou trocar o sistema Windows 8.1 para o Windows 7, mas isto pode implicar em perda de garantia do notebook/desktop; resta ainda trocar para uma operadora de conexão Wi-Fi, mas aqui também se encontra o mesmo problema, além de ser mais suscetível ao ataque de crackers. Por outro lado, o desbloqueio do modem é apenas uma alternativa complementar para que se tenha mais opções de conexão, já que a qualidade de sinal varia muito quando se considera as operadoras, assim como as particularidades de cada cidade, lugar ou lugarejo. A oscilação de sinal é outro problema difícil de resolver, já que as configurações de rede, em muitos casos, estão pré-definidas no aplicativo de autenticação, tirando, assim, do usuário, a liberdade de optar somente por rede 3G. O crescimento da quantidade de conteúdos responsivos e de multimídia também tem contribuído para que a internet se torne atualmente mais lenta, podendo confundir o usuário, levando-o a pensar em queda de qualidade dos serviços da operadora.

Fonte: Internet

 

Elementos de hardware, software, óticos e fotográficos que contribuem substancialmente para a qualidade da imagem digital

formatimagensUma dúvida ou curiosidade que paira na mente de muitos usuários de câmeras digitais e outros dispositivos móveis dotados de câmeras fotográficas, filmadoras ou webcams é sobre o que de fato determina a qualidade da imagem digital, elementos de hardware ou de software? Elementos digitais ou óticos? Variáveis fotográficas ou qualidade da luz? Iremos, na medida do possível, responder a estas perguntas, e assim esclarecer aos leitores deste Blog a respeito deste assunto, que desperta muito interesse entre usuários e aficionados de tecnologia.

Para início de conversa, todos os grupos de fatores relacionados acima, de alguma maneira, podem influenciar na qualidade da imagem digital, mas de modo geral, dentre os fatores que mais podem afetar a qualidade da imagem digital estão principalmente o sensor (que corresponde ao filme da câmera analógica); o avanço tecnológico dos processos empregados na produção da lente, tornando-a altamente competente para capturar imagens; a qualidade da luz utilizada na imagem, além do talento e habilidade do fotógrafo, é claro, seja ele profissional ou apenas um curioso usuário de tecnologia.

Muitos recursos fotográficos encontrados em câmeras digitais e, principalmente, em câmeras de smartphones, também colaboram sobremaneira para que o usuário, mormente o amador, obtenha imagens de qualidade. O efeito HDR e o detector de sorriso são exemplos deles, além de muitos outros recursos que já nos são muito familiares; como também existem fatores mais específicos, que estão intimamente relacionados à imagem em si, como a resolução, a nitidez, o ruído, as cores e suas tonalidades, além de elementos óticos e fotográficos, como a lente, o diafragma, o obturador, a sensibilidade ISO, a latitude de exposição e a fotometria, entre outros.

Os recursos de hardware e software também influenciam na qualidade na qualidade da imagem digital. Na parte de hardware destaca-se o sensor e suas características. Na parte de software, problemas na qualidade relacionados com o uso deles, constituindo os artifacts, mas eles também podem ser utilizados para corrigir imagens de mediana qualidade.

Elementos de hardware

sensor digitalCom relação ao hardware, o sensor é um dos componentes mais fundamentais, pois é nele que se forma a imagem, é como se fosse um ‘filme digital’. Dentre os fatores relacionados ao sensor que influenciam na qualidade da imagem, está, em primeiro lugar, o tamanho do sensor; quanto maior o sensor, maior será a qualidade de imagem e isto independe de sua quantidade nominal de megapixels, e maior será também a nitidez da imagem final. Por exemplo, quando se compara imagens produzidas com câmeras de mesma resolução nominal, é possível constatar diferenças de qualidade entre elas, devido ao tamanho do sensor, consequentemente, o sensor de câmera que tiver o tamanho de um quadro de filme analógico (36 mm) é o que pode proporcionar maior qualidade, sendo, portanto, o melhor sensor; estes sensores são chamados full frames (quadro cheia/tela cheia).

Outros dois fatores relacionados à natureza física do sensor que influencia na qualidade da imagem digital é a eliminação do efeito moiré, pela utilização do filtro low-pass nas câmeras de matriz de Bayer, como também o nível de ruído. O sensor de matriz de Bayer com filtro low-pass foi desenvolvido pelo engenheiro da Kodak, Bryce Bayer. O filtro low-pass tem a função de uniformizar a luz sobre o sensor, de modo a evitar ‘serrilhados’ ou ‘escadinhas’ na imagem, embora ao custo de uma pequena perda de nitidez, para que a imagem se torne agradável. O efeito Moiré tem sua denominação originada da imagem formada pela sobreposição de tecidos de seda Moiré e se forma, no sensor, pela interferência de padrões – contínuos – de uma imagem qualquer sobre o padrão – discreto – do sensor, o qual é formado por uma matriz descontínua de pontos fotossensíveis (pixels), desta sobreposição, semelhante à sobreposição de seda Moiré, forma-se o efeito Moiré.

O ruído sempre ocorre em aparelhos eletrônicos que transmitem ou recebem sinais e as câmeras digitais não fogem à regra. O ruído das câmeras digitais corresponde, nas câmeras analógicas, à granulação formada pelos sais de prata. O ruído também pode resultar de interferências de fatores externos, além de fatores internos devidos à recepção de sinais elétricos pelo sensor. O ruído é uma perda de imagem real devido intervenções que fazem com que o pixel, unidade básica de imagem fotográfica, registre algo que não correspondente à realidade do objeto fotografado.

Em fotografia digital, o ruído se caracteriza por meio de manchas aleatórias que comprometem bastante a qualidade da imagem e sua quantidade aumenta quanto maior for a sensibilidade ISO utilizada (da qual falaremos adiante), como também varia muito de câmera para câmera, sendo sua ocorrência muito maior em câmeras populares ou compactas do que em câmeras profissionais com elevada qualidade, as quais tendem a produzir uma quantidade muito menor ruído. A sensibilidade ISO de uma câmera digital é aumentada através da amplificação de sinal do sensor, o que implica necessariamente na produção de ruído.

ruido imagem digitalO ruído pode variar também dentro de uma mesma imagem, sendo que sua ocorrência é maior em áreas escuras do que em setores claros, e, portanto, são menos intensos em tonalidades claras, o que implica dizer que, uma imagem obtida em condições de superexposição tem menos ruído, o que pode ser vantajoso, caso se pense em escurecê-las posteriormente, de modo que nenhuma região de textura fique inteiramente branca. Para eliminação do ruído, pode-se utilizar métodos de pós-captura de imagem através de softwares, como também por meio de processos físicos mediante aperfeiçoamento e maximização de desempenho do sensor ou do amplificador de sinal.

O ruído, se ocorrer em pequenas proporções, pode até concorrer para elevar o nível de qualidade da imagem digital, já que, eventualmente, pode aparentar melhor nitidez, mas em geral, ele é normalmente prejudicial para a qualidade final da imagem.

A resolução e nitidez estão intimamente relacionadas. A resolução depende diretamente do tamanho do sensor, do qual, por sua vez, depende a definição do número de pixels que serão utilizados para a composição do tamanho da imagem. A resolução é responsável pela fixação de texturas e pormenores, pela separação de linhas e definição de elementos. A nitidez da imagem é dependente da qualidade de resolução, quanto maior a resolução, maior será também a nitidez da imagem. De modo geral, a qualidade de resolução da imagem não dá para ser percebida através das telas que as câmeras digitais e outros dispositivos móveis utilizam, por mais elevada que ela seja. Para que você perceba a qualidade da imagem, será necessário imprimi-la, e então, sim, será possível perceber diferenças de qualidade de uma imagem para outra, se houver.

A resolução pode ser real ou efetiva. A resolução é real quando a imagem corresponde exatamente ao objeto fotografado. A resolução efetiva é aquela representada pela capacidade máxima da câmera digital, mas que pode estar sujeita a interferências de ruídos e outros fatores internos ou externos à câmera. Em caso de ausência de ruído, o que geralmente não ocorre, a resolução real será igual à resolução efetiva. Sempre haverá certo grau de ruído, qualquer que seja o tempo de exposição (ruído aleatório), especialmente nas exposições longas (ruído aleatório), além de que, pode ser provocado pela própria câmera (ruído de banda), especialmente as mais populares, como as compactas.

Com relação à quantidade de pixels quanto maior seu dimensionamento, maior será o tamanho da imagem e maior será também a qualidade da imagem, o que significa dizer que uma imagem de grande tamanho, quando reduzida, por exemplo, ao padrão (10×15) terá maior densidade de cores e tonalidades por unidade de área e isto porque os pixels/dots estarão mais próximos uns dos outros, portanto, apresentará maior qualidade que uma imagem originalmente dimensionada no referido padrão de área, a qual não possui possibilidades de ampliação sem perda de qualidade.

E por falar no tamanho 10×15 cm, se você tiver a ideia de produzir imagens digitais em papel fotográfico neste tamanho e não sabe qual é a resolução mínima que uma câmera precisa ter para isto, então lhe diremos que, para isto, você precisará definir, de antemão, a qualidade de impressão fotográfica desejada, por exemplo, 300 DPI (Dot Per Inch/Pontos Por Polegada ou Pixels por Polegada), e realizando um cálculo muito simples, você chegará a uma câmera cuja resolução é de 2.1 MP. O cálculo é feito da seguinte maneira: transforme 10×15 cm em polegadas, você verificará que 10×15 cm equivalem a 4×6 polegadas. Como você quer em resolução de 300 DPI, multiplique cada uma das dimensões, altura (4) e comprimento (6) por 300 e você terá 4 x 300 x 6 x 300 = 1.200 x 1.800 = 2.160.000 pixels = 2.1 MP. É muito simples mesmo.

E generalizando para outros possíveis casos, se você desejar imprimir suas fotos em outro formato de papel, como por exemplo, A4 e quer saber qual a resolução mínima para sua câmera, que possivelmente pretenda adquirir, siga o mesmo procedimento anterior, que podemos sintetizar nos seguintes passos:

(1) Converta as dimensões do papel em polegadas;
(2) Multiplique cada uma das dimensões do formato de papel pela qua ntidade de pixels que desejar, em dpi ou ppi;
(3) Obtenha, por multiplicação, um único número para expressar a quantidade de pixels;
(4) Converta esse número para megapixels.

E agora voltando ao assunto da resolução das câmeras, as de 3 MP são muito apropriadas quando não se pretende ampliar a imagem, já que, neste caso, uma ampliação buscando dar ênfase ao objeto focal fará com que a imagem perca nitidez. A partir desta quantidade, as câmeras capturam mais detalhes por unidade de área, e ainda que possam ser influenciadas por alguns fatores, como a luminosidade do ambiente e uso adequado do ISO, já aludido acima e a respeito do qual, reiteramos, falaremos mais adiante, mesmo assim, não será preciso tanto se preocupar com o zoom e a aproximação do objeto.

Variáveis óticas e digitais

lente camera dgtA qualidade e tecnologia empregada na produção da lente é outro fator determinante para a obtenção de imagens de ótima qualidade, todavia, como era de se esperar, câmeras digitais ou outros dispositivos móveis dotados de lentes de elevada qualidade possuem preços mais elevados. Um parâmetro importante que devemos levar em consideração na hora de escolher a lente de uma câmera digital é a abertura focal máxima do diafragma, normalmente representada por um f minúsculo, Quanto menor o valor da abertura focal, maior será a capacidade de sensibilização da lente pela luz, e isto favorece a obtenção de imagens de maior qualidade em ambientes com pouca luz.

Um cuidado que se deve ter na utilização da abertura focal é com relação à distância focal, pois normalmente as câmeras utilizadas por amadores, que, apesar de possuírem foco fixo automático, também podem ser manuseadas por meio de dois modos de focalização; o primeiro, para objetos próximos da lente, cuja distância é definida em 10 ou 20 cm; o segundo, obviamente para objetos distantes, a distância considerada é a partir de 10 ou 20 cm em diante. É importante ajustar a abertura focal de maneira que objetos próximos sejam fotografados em modo focal de proximidade e objetos distantes, como paisagens, sejam fotografados em modo distante, para que se tenha, assim, bons resultados fotográficos na imagem.

Para ambientes fechados e com pouca luz, como ginásios de esporte e teatros, é recomendada a utilização de lentes claras de elevada abertura focal, para que se torne possível a obtenção de imagens, embora seja inevitável a perda de profundidade de campo e, consequentemente, de qualidade de imagem.

Em termos de tecnologia de lente, a Sony é uma empresa de larga experiência, a qual vem desde a era pré-digital, e não somente lentes, como também sensores e processadores de imagem. Dentre estas tecnologias destacam-se as ‘Lentes Cônicas Minolta’, desenvolvidas para câmeras digitais SLR e Cyber-shot; as ‘Lentes G’, que são lentes esféricas de alto desempenho, proporcionam uma extraordinária qualidade de imagem, em função de sua elevada fidelidade; como também as ‘Lentes Zeiss’, reconhecidas internacionalmente pela sua qualidade ótica, são algumas das lentes de elevada qualidade desta companhia, além dos sensores CMOS ‘Exmor R’ e sensores CCD ‘Super HAD’.

O zoom é importante quando se quer obter imagens mais aproximadas e, neste sentido, o zoom ótico proporciona maior qualidade que o zoom digital, já que este não passa de um expediente de ampliação disponível por meio de recursos de software. Caso seu dispositivo não disponha de zoom ótico, você pode recorrer a programas gráficos, os quais produzem melhor resultado que o zoom digital, porque contam com mais recursos e opções para aproximação ou ampliação, como por exemplo, dispõem do zoom bicúbico, que oferece melhor qualidade. Para ampliar sua imagem sem perda de qualidade, você pode utilizar o Photoshop ou mesmo o GIMP, que é gratuito, no primeiro selecione o ‘Suavizador Bicúbico’ e, no segundo selecione ‘Bicúbico’ e aumente a imagem gradativamente de 10% em 10% e clicando sempre em OK, evidentemente.

imagem tremidaO estabilizador de imagem também influencia na qualidade da imagem digital e, assim como o zoom, pode ser de natureza ótica (lentes) ou digital. Em câmeras compactas, o estabilizador de imagem é constituído por micromotores que movimentam o sensor de um lado para outro com o objetivo de compensar o tremido das mãos do usuário. Ele é particularmente importante para quem quer fotografar objetos a longa distância focal, nas quais os tremidos são incrementados.

O estabilizador de imagem atua no sentido de compor, separar e mesclar várias imagens para formar a imagem final com o objetivo primordial de remover tremidos na fotografia. Entre um estabilizador ótico e um digital, prefira o estabilizador ótico, pois proporciona maior qualidade, enquanto que o estabilizador digital pode ser resultado de um acréscimo do nível de ISO do sensor e isto apenas admite velocidades mais rápidas. Para evitar tremidos na imagem, você pode utilizar, também, um tripé para apoiar a câmera, embora nem sempre seja possível utilizá-lo.

O diafragma é parte constituinte da lente e funciona como uma espécie de cortina, de modo a permitir ou não a entrada de luz para o interior da câmera. Ele tem a função de admitir determinada quantidade de luz necessária para a composição das imagens. Para obter-se uma imagem de qualidade, também é preciso usar corretamente os parâmetros relacionados com a já referida abertura ou fechamento do diafragma (f). Isto é particularmente importante quando se quer produzir imagens de paisagens, já que a abertura do diafragma determinará o alcance da lente (profundidade de campo), permitindo fotografar objetos distantes. Como regra geral, utilize aberturas do diafragma menores para objetos distantes e aberturas maiores para objetos próximos.

Um problema que deve ser evitado no manuseio do diafragma são os causados pela difração (desvios de raios luminosos), que ocorrem quando a abertura do diafragma está particularmente muito reduzida. Esses raios, que sofrem desvio, vão parar de forma desordenada no sensor, causando perda de qualidade da imagem que, embora ganhe em profundidade de campo, perde em nitidez. Para solucionar este problema, opte pelos valores centrais da escala de f, descarte os dois últimos menores valores, como também os dois últimos maiores valores da escala de f. Procedendo desta maneira, você garantirá a obtenção de imagens de qualidade, pelo menos no que se refere ao manuseio do diafragma.

O obturador tem como função controlar a velocidade de entrada da luz que vai incidir sobre o sensor, ficando aberto por mais tempo em ambientes noturnos ou com pouca luz, para aproveitar, o máximo possível, a luz escassa existente; em ambientes com suficiência de luz, apresenta maior velocidade de fechamento, ficando aberto por pouco ou muito pouco tempo. Em fotos noturnas, em ambientes com pouca luz ou imagens em movimento é muito importante evitar os tremidos, pois o obturador, aberto por mais tempo, permitirá a visualização de imagens sobrepostas, reduzindo, assim, a qualidade da imagem, muito embora, em alguns casos, estes tremidos possam ser usados para formar determinados efeitos desejados em imagens em movimentos, como a de carros, nas quais os tremidos possam parecer agradáveis. Para conseguir este efeito para imagens em movimento, basta aumentar a latitude (EV) de sua câmera e isto fará com que o obturador permaneça aberto por mais tempo. Com um pouco de prática você conseguira isto.

Em sentido oposto, se você desejar congelar momentos de uma cena em movimento, então, para isto, use a velocidade máxima do obturador, que assim você evitará imagens borradas causadas pelo objeto em movimento, sendo que essa velocidade corresponde ao intervalo de tempo em que o obturador permanecerá aberto na frente do sensor, de modo a permitir a captura de luz em quantidade necessária para a formação da imagem no sensor.

Entretanto, é bom lembrar que, para obter imagens congeladas de cenas em movimento a velocidade do obturador é da ordem de milésimos de segundos. Não se esqueça de checar esse dado na ocasião de uma possível compra de uma câmera digital, para não adquirir um dispositivo inadequado. Alternativamente, você pode também utilizar uma filmadora, obter o vídeo e, através de aplicativos, congelar e capturar momentos do evento na forma de imagens. Um aplicativo que você poderá utilizar para essa finalidade é o ‘Free Video JPG Converter’, com tamanho de 20 MB e disponível para o Windows XP, Vista, 7 e 8. Lembre-se que a tecla Print screen do Widows nem sempre funciona, por isso é melhor utilizar um aplicativo para esse fim.

sensibilidade isoA sensibilidade ISO é outra variável que influencia diretamente na qualidade da imagem e seus valores são determinados pela International Organization for Standardization e se referem à quantidade ideal de luz para produzir uma fotografia de qualidade. Quanto maior este valor, maior será a claridade, brilho e definição de cores na imagem, requisitando menor quantidade de luz no ambiente, portanto valores maiores de ISO devem ser usados em ambientes com pouca luz e maiores ainda em imagens noturnas. A qualidade da imagem também depende da utilização correta da sensibilidade ISO.

O uso do ISO pode ser combinado com o uso da latitude de exposição (EV) da câmera e, consequentemente, de um tempo mais prolongado na abertura do obturador. Em câmeras digitais populares, o ISO é definido em modo automático; em outras, valores de ISO podem ser definidos pelo usuário, como 100, 200, 400 ou 800, por exemplo. Neste caso, assuma que o menor valor possível é recomendado para dias ensolarados ou ambientes com muita luz, para dias nublados ou ambientes com pouca luz, utilize valores intermediários e, ambientes com muito pouca luz ou imagens noturnas, utilize valores maiores.

Câmeras populares não servem para produzir imagens de movimento, como baladas, festas em geral ou automóveis correndo, especialmente de noite, embora possam eventualmente produzir fotografias boas por pura sorte, devido ao ambiente ou objeto de interesse estar bem iluminado, em conjunto com algumas características de configuração ocasional da câmera. Para resolver esse problema, algumas câmeras digitais já vêm com o modo noturno, o que certamente facilita sobremaneira a vida do usuário não profissional.

Em fotografias noturnas, é muito importante evitar a tremedeira, já que os elevados valores de ISO que devem ser utilizados requerem um maior tempo de abertura do obturador, o que reduz os objetos em movimentos a um feixe de luz. Para evitar tais tremedeiras, é recomendável concentrar-se antes de bater a foto, respirar fundo, segurar a respiração, e assim, você ficará mais estável e pronto para tirar a foto. Adquirir um tripé para produzir imagens sem tremidos é também uma boa alternativa, embora nem sempre seja possível utilizá-lo.

Para ambientes com pouca luminosidade, além da utilização do ISO combinado com a latitude, pode-se também utilizá-lo combinado com a velocidade do obturador e abertura do diafragma. Nesta situação é recomendável usar o valor mínimo possível de ISO, já que um valor maior também causará o aumento de ruído elétrico, provocando manchas de mosqueado na imagem. Em termos gerais, se não pudermos aumentar a abertura focal, diminuir a velocidade do obturador, que são condições que favorecem a entrada de luz, ou ainda obter uma imagem forçada pela utilização do flash, então, sim, devemos recorrer ao uso do ISO, sem que, para isso, seja preciso modificar a combinação do binômio abertura/velocidade, citada anteriormente.

flashimagemO Flash também é uma ótima ferramenta para melhorar a qualidade da imagem noturna, mas tem limitações no alcance, podendo atingir até uns 5m, portanto seu uso é somente recomendável para fotografar objetos próximos de você. O flash assegura a captura da imagem em ambientes escuros, além de que a capacidade de captura de imagens no escuro pode ser ampliada pela utilização dos maiores valores de ISO permitidos pelo seu dispositivo. Se inesperadamente a imagem ficar clara ou muito branca, então ajuste o valor de ISO pela utilização de um valor menor. Mesmo com a utilização do flash, é necessário ter certa intensidade de luz no ambiente espalhada em alguns pontos, para que viabilize a formação da imagem, pois o flash ajuda, mas não é tudo. Se o objeto estiver longe, esqueça o flash, pois não haverá formação de nenhuma imagem, não se esqueça disso.

As câmeras digitais, em sua maioria, têm pelo menos três modos de flash: além do modo desativado, existem os modos forçado e automático. O modo forçado pode ser utilizado em situações onde haja excesso de luz, como no caso em que a luz do sol está atrás da pessoa ou do objeto fotografado; neste caso, o flash será útil para evitar que rosto da pessoa seja ofuscado, mesmo porque, nesta situação, o modo automático não poderá disparar o flash. O flash forçado iluminará o rosto da pessoa, permitindo, assim, eliminar a ofuscação devido à luz do sol que há por detrás.

Em algumas câmeras digitais o flash também pode ser utilizado para eliminar olhos vermelhos, que se formam nas imagens tiradas a noite ou em ambientes com baixa iluminação. Para evitar que os vasos oculares apareçam no rosto das pessoas, essas câmeras possuem o recurso ‘redutor de olhos vermelhos’, o qual bate o flash duas vezes rapidamente e, desta forma, evitam que os vasos sanguíneos apareçam nas imagens. Há câmeras que também possuem flash com luz forte e flash com luz fraca, como opção de ajuste para diferentes estados de luminosidade dos ambientes em geral, e podem ser escolhidos para uso concomitante com um dos modos, por exemplo, o modo forçado. E apenas para reforçar a ideia, as opções de intensidade do flash (fraco/forte) não devem ser confundidas com os modos de uso (desativado/forçado/automático).

O flash tem a desvantagem de perda de naturalidade da imagem, sendo, portanto, preferível, muitas vezes, utilizar outro recurso que não sacrifique tanto a qualidade da imagem, como o valor de exposição (EV) ou latitude de exposição, já aludido acima, o qual tem a propriedade de conservar a luz ambiente, resultando em fotografias mais naturais, principalmente se houver um pouco de luz espalhada no recinto, o que evitará com que diminua demasiadamente a velocidade do obturador, podendo, nessa situação, produzir tremidos na imagem, reduzindo, assim, sua qualidade.

Outro fator que é elevada importância para a formação da qualidade da imagem, que foi anteriormente referido, é a latitude, a qual tem respeitável relevância quando se trata de evitar que não haja perda de pixels na fotografia. O valor de exposição, latitude de exposição ou simplesmente latitude nada mais é do que o espectro de captura de luz entre o preto e o branco, que é próprio do sensor. Esta amplitude de valores está relacionada ao equilíbrio e saturação de cores em relação a um ponto de exposição, no qual a latitude é considerada nula (EV = 0) e que, por sua vez, representa o ponto de melhor saturação de uma câmera; não fica exatamente no centro, mas pode ficar deslocado para luzes altas ou para luzes baixas, produzindo, assim, imagens claras ou escuras no melhor ponto de exposição.

Diferentes câmeras apresentam diferentes amplitudes de latitude e diferentes pontos de exposição de melhor saturação, o que implica em diferentes respostas na qualidade de saturação de cores e, mesmo que as câmeras apresentem a mesma amplitude e mesmo ponto de exposição para a latitude, ainda assim, terão respostas diferentes de saturação. Em termos gerais, o ideal é que a saturação seja ao menos satisfatória em toda a latitude, mas que apresente constância na sua expressão. Especial atenção deve ser dada a saturação de cores, pois é um fator de difícil correção, mesmo que se utilizem os melhores softwares fotográficos, como o Photoshop, que, no caso de correção de baixa saturação, resultará em excesso e, consequentemente, em perda de qualidade para a imagem final.

Outro fator que interfere na qualidade da imagem é a calibragem de cores, que varia de câmera para câmera, sendo que cada uma vai ter sua própria resposta tonal. Este fator se torna importante caso você queira imprimir suas fotografias; neste caso, verifique a compatibilidade de sistemas de cores utilizados por câmera e impressora, que normalmente são diferentes, sendo que esta diferença pode afetar a qualidade das fotografias impressas. Também monitores apresentam diferenças na resposta tonal. Enfim, procure um profissional especializado, que faça a correta calibração de cores entre monitores, impressoras e câmeras, para que você obtenha imagens impressas de excelente qualidade, pois é bom lembrar que o processamento das cores tem um custo para a qualidade da imagem.

Elementos de software

zoom digitalAlgumas peculiaridades de software podem interferir na qualidade da imagem. Dentre estas peculiaridades estão os problemas de software que decorrem da relação existente entre sistemas operacionais, aplicativos e fatores de hardware, como características do sensor e filtro low-pass. Entretanto, muitos problemas de software podem ser prontamente identificados utilizando-se imagens de testes e alguns até podem ser corrigidos, principalmente se as imagens estiverem no formato RAW.

Os formatos digitais também podem relativamente influenciar na qualidade da imagem, sendo que a maioria das câmeras digitais mais populares salvam as imagens no formato JPEG, além de permitirem eleger a qualidade da imagem entre ótima, boa ou baixa, as quais normalmente se referem ao grau de compressão do formato JPEG, que são geralmente gravados com alta qualidade no nível 90, raramente se utiliza o nível 100, o máximo valor de qualidade JPEG.

Por outro lado, outros tipos de câmeras digitais, normalmente câmeras profissionais, gravam as imagens em outros formatos, como TIFF ou RAW, os quais possuem maior qualidade, pois não sofrem compressão, como no JPEG, mas apresentam a desvantagem de ocuparem maior espaço de memória, já que os arquivos naqueles formatos são maiores. Por exemplo, uma foto de alta qualidade obtida com uma câmera dotada de resolução de 5 MP ocupa cerca de 1 a 1,5 MB.

Se você fez uma imagem digital e não gostou do resultado, você pode utilizar softwares que façam a correção, mas observe que é necessário que sua fotografia possua a mínima qualidade possível, pois os programas não fazem milagres, portanto procure aprender tudo sobre imagens noturnas e utilização do ISO adequado, dentre outras coisas. É recomendável, também, que você, antes de se decidir pela modificação de sua imagem, faça uma cópia digital da imagem original, pois, caso você se arrependa das modificações, já que muitas são irreversíveis, poderá recorrer novamente à imagem original. Portanto, reiteramos, antes das modificações, faça uma cópia de segurança da imagem original.

E já que falamos em programas editores de imagem, eis aqui alguns deles, que podem ser úteis na correção e edição de suas imagens: o GIMP, que possui versão tanto para o Windows como para o Linux; o Paint.NET com versão somente para o Windows; o Picasa, do Google, o qual é gratuito e de fácil utilização, além de muitos outros gerenciadores de imagem. Com eles, é possível ajustar uma série de variáveis, como correção de olhos vermelhos, saturação e balanço de branco, ajustes manuais ou automáticos no nível de cores, além de modo automático de correção, que alguns deles possuem.

Fotometria

fotometriaTalvez poucos usuários amadores saibam que toda câmera digital possui um fotômetro que auxilia na medição da luz, que entra para o interior da câmera para formar a imagem no sensor. Os valores medidos pelo fotômetro podem ser ajustados mediante manipulação do obturador e diafragma, além dos valores de ISO. O fotômetro automaticamente altera o valor de luz dimensionado, assim que qualquer um destes fatores seja alterado.

Os fotômetros das câmeras digitais apresentam modos de medição da luz e, dentre estes modos, podemos destacar o modo matricial e o modo pontual. O modo matricial é indicado para retratos e leva em conta toda a área da imagem, enquanto que o modo pontual, ao contrário, leva em conta somente algumas áreas da imagem.

Ainda com relação à fotometria, temos a informar que toda câmera digital possui recursos fotométricos para avaliar a qualidade da imagem obtida, como por exemplo, por meio de histogramas, os quais podem ser gerados instantaneamente para que o fotógrafo possa decidir sobre a necessidade de fazer os ajustes necessários para, assim, chegar a melhor imagem.

Deste modo, o histograma é uma ótima ferramenta auxiliar para o usuário melhorar a qualidade da imagem, como também complementa o display da câmera, o qual tem suas limitações para revelar informações valiosas sobre a qualidade da imagem. Todavia, nem sempre é possível utilizá-lo para avaliação de imagens, como é o caso de fotografias do por do sol, porque produzem muitos setores escuros.

Câmeras digitais de smartphones

smartphone camerasA qualidade das câmeras digitais dos smartphones vem crescendo a cada novo modelo lançado no mercado, sendo que não deixam nada ou quase nada a desejar a câmeras digitais, sejam elas populares ou profissionais. Modelos como o Samsung Galaxy S5, que apresenta câmera principal com 16 MP, se destaca pela qualidade do efeito HDR e recursos que aumentam a qualidade com maior alcance para a formação da imagem capturada, com possibilidade de opção entre fotografia matricial ou meramente pontual.

O Lumia 1020 apresenta câmera principal com resolução de 41 MP que garantem um zoom de até 3x, além de possuir e lente de seis elementos, o que proporciona qualidade semelhante à de câmeras profissionais, porém toda esta qualidade somente se torna perceptível se você for imprimir a imagem, uma vez que pelo display não se percebe diferença de qualidade. Este aparelho se destaca pela facilidade de uso na manipulação de fatores que influem na qualidade da imagem, como ISO, obturador e diafragma que permitem criar efeitos fotográficos profissionais na imagem, como o ‘efeito de borradona’.

Outro smartphone que se destaca pela qualidade de sua câmera principal é o Sony Xperia Z1, o qual apresenta tamanho de sensor de 20.7 MP. A Sony é uma marca que possui muita tradição em câmeras digitais e a atual tecnologia desta empresa é muito poderosa para capturar imagens com qualidade de nitidez, brilho, contraste e saturação.

O iPhone 5S se destaca mais pela lente de cristal com cinco elementos óticos do que pelo tamanho do sensor, que é de apenas 8 MP. Apesar disso, a qualidade da sua lente objetiva combinada com pixels menores torna-o capaz de produzir imagens de elevada qualidade, com menos ruído, mesmo em ambientes com baixa luminosidade.

O LG G2 também se destaca pela câmera principal com sensor de 13 MP e pelas principais funções para se fazer uma imagem de qualidade e, dentre elas temos a função HDR, foco manual e automático, zoom digital e cenas pré-definidas que deixam as imagens mais próximas daquilo que se vê.

Resumo

resumo 2São muitos os elementos que podem determinar qualidade da imagem digital, bem como auxiliar no sua correção, quando possível. Para a qualidade da imagem, elementos como tamanho do sensor, tamanho e quantidade de pixels, resolução, nitidez, dpi/ppi, ruído, latitude, fotometria, ISO, tecnologia de lente são todos importantes, porém, dentre todos estes elementos, dê especial atenção à tecnologia de lente, ao tamanho do sensor, à latitude, à fotometria e ao ISO e aprenda tudo que puder sobre eles, para que você, ao menos, seja conhecedor das variáveis que influem na qualidade de imagem de uma câmera digital. Também preste muita atenção ao modo como funcionam o obturador e diafragma, já que estão diretamente relacionados à quantidade de luz que atravessa a lente e sensibiliza o sensor, produzindo, assim, a imagem. Enfim, o conteúdo desta revisão poderá lhe ajudar muito, mas não se iluda, ainda há muita coisa por aprender.

Síntese

Em síntese, quando se trata de câmeras digitais, como vimos, em muitas situações é difícil separar elementos de hardware e software, além de que ambos possuem fatores capazes de influenciar na qualidade da imagem, como o tamanho do sensor ou a utilização de programas que possam contribuir para melhorar, corrigir ou maximizar a qualidade da imagem. Semelhante afirmação também se pode utilizar em relação às variáveis óticas e fotográficas, já que elas frequentemente passam por muitas situações de interdependência. É recomendável, nas situações em que você tiver dúvidas sobre elementos óticos ou digitais, optar pelos elementos óticos, que, por sua natureza física, oferecem maior qualidade. Entre as variáveis fotográficas, dê especial atenção ao ISO, à latitude e à fotometria, as quais podem lhe prestar grande auxílio para que você obtenha imagens de qualidade e, com relação aos componentes que estão diretamente relacionados à luz, dê especial atenção à tecnologia utilizada na produção da lente e no funcionamento do obturador e do diafragma.

Fonte: Internet

Sites recomendados:

http://sites.ifi.unicamp.br/laboptica/files/2012/11/DICAS5a.pdf

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=61500.0

http://www.cambridgeincolour.com/pt-br/tutorials.htm

Outros modelos e marcas de smartphones recomendados para fazer selfies

SelfieNo artigo anterior elaboramos uma lista de 12 smartphones, de diferentes marcas, com câmera frontal com resolução de pelo menos 5 MP, para fazer selfies de boa qualidade e, dentre estes smartphones estavam um da Oppo, um da Huawey, um da Lenovo, um da Positivo, três da Microsoft e cinco da Samsung. Na presente revisão falaremos sobre mais quatro smartphones que poderiam muito bem integrar a referida lista, mas que não foram incluídos para não tornar a leitura demasiada extensa, além de que estes outros são até melhores e, embora mais caros, não deveriam, de forma alguma, ficar de fora desta lista, igualmente marcas como LG e Sony também não deveriam ficar de fora. Eis tais smartphones:

(1) LG G4

lg-g4-press-render-710Lançado mundialmente em 28 de abril deste ano (2015) e marcado para ser lançado no Brasil em 28 de maio, o LG G4 vem dimensionado com peso de 155g e 0.98cm de espessura. O display apresenta 5.5 polegadas, tem proteção contra riscos Gorilla Glass e tecnologia IPS Quantum, que aumenta o brilho e produz cores vivas, resolução de 1440 x 2560 pixels com densidade de imagem de 538 ppi. A câmera frontal apresenta sensor de 8 MP e traseira 16 MP, sendo que a traseira reproduz e grava vídeos com resolução Ultra HD de 3840 x 2160 com frequência de imagens por segundo de 60 fps.

Dentre alguns elementos de sua configuração de hardware estão um processador Snapdragon 808 de 64 bits com seis núcleos, sendo quatro núcleos de 1.4 GHz e dois núcleos de 1.8 GHz, GPU Adreno 418, memória RAM LPDDR3 que, a depender do modelo, pode ter de 2 a 3 GB, memória de armazenamento de 16 a 32 GB com possibilidade de expansão mediante uso de cartão micro SD para até 64 a 128 GB. O sistema operacional é o Android 5.1 Lollipop. A bateria é removível, de íons de Lítio, com capacidade de carga de 3.000 mAh. O LG G4 apresenta as conectividades 4G, 3G, 2G, NFC, Bluetooth 4.1, Wi-Fi e micro USB 2.0.

O smartphone LG G4 apresenta um design suavemente arqueado, de modo que se torna adaptável à curvatura da palma da mão, sendo produzido, quanto a cores, em nove modelos: branco cerâmico, cinzento metálico, amarelo, dourado brilhante, azul celeste, bege, couro marrom e couro preto. O modelo básico é feito de plástico e o modelo mais esmerado apresenta couro do mesmo lado da câmera principal.

O preço sugerido para o LG G4 no Brasil, que deve chegar às lojas a partir de junho, deve ficar entre R$ 3.000,00 para o modelo de plástico e R$ 4.000,00 para o modelo com anteparo de couro, porém cerca de 33% deste preço tomado com base no preço praticado na Europa e convertido para a moeda nacional é devido a impostos e taxas do Governo Brasileiro.

Entretanto, a LG ofertará alguns serviços gratuitos para estimular a compra do LG G4 no Brasil, pois quem adquiri-lo, ganhará 100 GB no armazenamento de nuvem do Google Drive por dois anos e também será possível integrá-lo aos veículos da Volkswagen para acessar mapas, ouvir áudios e registrar contatos a partir do seu carro e isso será possível mediante a utilização da função MirrorLink. Resta esperar até dia 28.

(2) Sony Xperia C3

xperia-C3-blackLançado em agosto de 2014, o Sony Xperia C3 é o primeiro smartphone desta empresa produzido para quem quer fazer ótimas selfies. Este aparelho possui 150g de peso, 0.76cm de espessura, tela de 5.5 polegadas, de cristal líquido com as tecnologias IPS, TFT, touchscreen capacitiva de multitoque, resolução de 1280×720 pixels com densidade de imagem de 267 ppi. Não tem vidro resistente a riscos.

A câmera frontal, que é denominada pela Sony de ‘PROselfie’, produz imagens similares as da câmera GoPro, tem sensor de imagem de 5 MP com flash LED suave, o que é bom, pois não incomoda os olhos de quem está sendo objeto de selfie, como também utiliza tecnologias de imagem para obtenção das melhores selfies, como lente grande angular, distância focal de 25 mm com amplitude de campo de visão de 80º, o que contribui para colocar na selfie mais algumas pessoas, além de você.

Esta câmera também grava vídeos em qualidade HD com resolução de 720 pixels. Além de tais recursos também o aparelho traz consigo aplicativos que permitem melhorar a qualidade de imagens e vídeos, como aplicações para produzir efeitos que realçam a beleza do usuário, além de filtros e recursos para editar e compartilhar sua selfie em redes sociais. Outro aplicativo que se destaca é o TimeshiftBurst, que proporciona ao usuário optar entre 31 imagens produzidas em dois segundos.

A câmera traseira apresenta resolução de 8 MP com foco automático e por toque digital; tem detector de sorriso e facial, efeito HDR, flash LED e grava vídeos em Full HD de 1080 pixels com frequência de imagens de 30 fps.

O Sony Xperia C3 é um aparelho dual chip com alternância de chamadas (dual call) que apresenta as conectividades 2G, 3G, 4G, Wi-Fi, Bluetooth, DLNA, NFC, A-GPS, GLONASS, marcador de geolocalização (Geo Tagging) e micro USB 2.0. A velocidade máxima de download é de 42 Mbps.

Na sua configuração de hardware, considerada intermediária, vem dotado de processador com quatro núcleos de 1.2 GHz Snapdragon 400 (ou Cortex-A7), GPU Adreno 305, memória RAM de 1 GB, memória ROM de 8 GB, sendo 3 GB para o sistema operacional e 5 GB disponíveis para o usuário, com possibilidade de expansão mediante cartão micro SD para até 32 GB. O sistema operacional é o Android 4.4.2 (KitKat).

A bateria é não removível e tem capacidade de carga de 2.500 mAh, o que é suficiente para até 24 horas de conversação, 44 dias e 15 horas em tempo de espera (stand by), 3 dias e 21 horas ouvindo música ou ainda 10 horas contínuas de reprodução de vídeo.

Infelizmente o Sony Xperia parece não estar disponível para venda no Brasil, pois não consta nem mesmo na loja virtual da Sony do Brasil, mas somente o Xperia C, no valor de R$ 795,00. O Xperia C possui câmera traseira de 8 MP com efeito HDR, modo selfie e um guia de voz que vai orientar você a fazer da melhor maneira a sua selfie; nas Casas Bahia, o modelo branco do Xperia C está custando R$ 691,10 e o modelo preto, R$ 753,00, podendo ambos serem pagos no cartão em até 10 vezes sem juros. Preços muito semelhantes são praticados pelo Ponto Frio para este dispositivo. É somente uma segunda opção, uma alternativa ao Xperia C3.

O Sony Xperia C3 pode ser mais facilmente adquirido a partir de mercados asiáticos, como Índia, Paquistão, Bangladesh, e Sri Lanka. Na Índia, o Xperia C3, está custando cerca de Rs. 14,850 rúpias indianas (preço de hoje, 13 de maio) que, convertido em real, equivale a aproximadamente R$ 705,53. Entretanto é bom lembrar que há acréscimos relativos a impostos e taxas alfandegárias e que o modelo precisa estar homologado pela ANATEL, caso contrário não funcionará na rede de telefonia móvel brasileira. Além da exigência de homologação pela ANATEL, existem outros problemas, como a provável perda de garantia, o padrão de tomadas utilizado no Brasil, o tipo de rede de dados (3G, 4G, etc.), casos particulares de desbloqueio para uso no nosso país e se o local/país de compra tem boas relações com o Brasil. Clique nos links e obtenha mais informações a respeito do assunto.

(3) Sony Xperia C4

XperiaC4-Press-04-970-80Lançado oficial e recentemente no dia 6 deste mês de maio, confirmando, assim, a expectativa que havia, o Sony Xperia C4 pode fazer muito sucesso entre os aficionados de selfies, contudo parece que, como o Xperia C3, seu destino prioritário é o mercado asiático, mas há rumores de que pode chegar ao Brasil no fim deste mês ou início de junho. O Sony Xperia C4 muito provavelmente virá com peso dimensionado em 147g e 0,79cm de espessura, display de 5.5 polegadas, Full HD, coma as tecnologias IPS e BRAVIA Engine 2, o que deve resultar em imagem de maior qualidade. A tela também apresenta resistência a riscos.

A câmera frontal é o grande destaque deste smartphone, que virá com sensor de 5 MP, flash LED, lente grande angular de 25mm, campo de visão de 80º, informações de localização na imagem (Geotagging), redução de olhos vermelhos, além de recursos como o SteadyShot, que é um expediente de estabilização ótica para evitar que a selfie saia tremida, como também existe o aplicativo AR Mask, que pode deixar sua selfie um tanto divertida ao misturar características de duas pessoas, o que será bom para brincar com seus amigos. Além de que a Sony promete lançar continuamente novos aplicativos para os usuários deste smartphone, que poderão ser obtidos via download diretamente da interface da câmera deste aparelho.

A câmera frontal do Sony Xperia C4 também possui o modo automático para facilitar sobremaneira o momento de sua selfie, então, pouco importa se é dia ou noite, se há pouca ou muita luz, pois o modo automático faz os ajustes necessários, de modo que sua selfie tenha uma aparência profissional.

Outro atributo desta câmera é o sensor de imagem desenvolvido pela Sony, o Exmor R™, que apresenta tecnologia suficiente para produzir imagens nítidas com cores vividas, mesmo que seja pouca a quantidade de luz do ambiente e, se a luz estiver em segundo plano, nas suas costas, o efeito HDR entra em ação para proporcionar equilíbrio, de modo que sua selfie fique sempre límpida.

A câmera traseira tem sensor de 13 MP, zoom digital 4x, também com flash LED e efeito HDR, além de foco automático, detector de sorriso e facial, como também grava vídeo em Full HD. Esta câmera tem configurações automáticas para capturar imagens otimizadas e, mesmo que haja pouca luminosidade natural, o flash LED suave se encarrega de proporcionar brilho e cor às imagens, mesmo que haja pouca luminosidade no ambiente, proporcionando tonalidades naturais à sua selfie.

Na configuração de hardware deste smartphone está um processador MediaTek de 64 bits com oito núcleos de clock interno de 1.7 GHz, GPU Mali 760 MP2, memória RAM de 2 GB, memória interna de 16 GB, sendo 6 GB para firmware e 10 GB para armazenamento de arquivos, documentos e dados do usuário, além da possibilidade de expansão mediante cartão de memória micro SD em até 128 GB. O sistema operacional é o Android 5.0 (Lollipop).

O Sony Xperia C4 terá modelos de um só chip e dual chip nas cores branca, preta e verde clara (menta) e, a depender do modelo e local/país, apresentará as conectividades 4G, 3G, 2G, Wi-Fi, Bluetooth® 4.1, DLNA, NFC e micro USB 2.0. Também possuirá o recurso de receber chamadas do outro chip sem que sejam dirigidas ao correio de voz. Se o modelo apresentar conectividade 4G, a velocidade máxima de download poderá atingir até 150 Mbps.

A capacidade de carga da bateria é de 2.600 mAh, o que proporciona uma autonomia de até 28 dias e 10 minutos em stand by, 53 horas e 22 minutos de áudio, 12 horas e 47 minutos de conversação ou ainda 8 horas e 8 minutos de reprodução contínua de vídeo.

A bateria deste aparelho também possui o ‘modo stamina’, o qual permite que você aumente a autonomia da bateria, sem que haja perda de desempenho; além de que também existe o ‘modo ultra stamina’, que permite que você tire o máximo proveito da bateria, que poderá ser utilizado quando não houver um carregador por perto. Neste caso, você poderá limitar seu funcionamento a empregos essenciais, como chamadas e mensagens de texto e, assim, proporcionar certa sobrevida à bateria, o que pode ser fundamental para realização dos seus objetivos.

Além destes modos, ainda é possível aumentar o tempo de uso da bateria por mais 14% do tempo nominal de duração e isso pode permitir, por exemplo, que você conclua uma chamada. Do mesmo modo que o tempo de uso, o tempo de espera (stand by) pode ser aumentado em até quatro vezes, e para isto basta utilizar o ‘modo de espera entendido’, o qual desativa muitas funções quando ‘percebe’ que o display não está em uso, porém conservando as funções fundamentais.

Em relação a sua aquisição, não se sabe ainda a data em que a Sony Mobile iniciará a venda deste aparelho no Brasil, como também ainda não se tem informações sobre qual será o preço de venda nas lojas virtuais e físicas do mercado brasileiro. Resta somente aguardar. No Google Notícias você pode criar um alerta para informar-se sobre a chegada do Xperia C4 nas lojas brasileiras.

(4) Samsung Galaxy S6

galaxy-s6-exquisitely-crafted-desktopLançado no mercado brasileiro em 14 de abril deste ano, o Samsung Galaxy S6 chega para concorrer de igual para igual com o iPhone 6. O Samsung Galaxy S6 vem com peso dimensionado em 138g e 0.68cm de espessura; é, portanto um aparelho leve e fino. A tela, por sua vez, vem dimensionada em 5.1 polegadas, tem resolução de 1440 x 2560 pixels com densidade de imagem de 577 ppi; também apresenta as tecnologias Super AMOLED, touchscreen capacitiva de multitoque, além de contar com proteção contra riscos pela utilização de vidro Gorilla Glass 4.

O índice resolutivo da câmera frontal é de 5 MP, enquanto que na câmera traseira, o índice é de 16 MP. A câmera frontal apresenta bons recursos para quem deseja ter bons resultados na elaboração de selfies, como por exemplo, tem lente com amplo ângulo de visão, de 120º, ideal para selfies de grupo; estabilizador ótico de imagem, que auxilia na eliminação de tremidos, como também produz vídeos em Full HD com frequência de imagem por unidade temporal de 30 fps. O modo automático da câmera frontal fará com que você não perca tempo nenhum para fazer uma excelente selfie. É só utilizá-lo e você disporá de muito recursos, como brilho, balanço de branco, efeitos, foco, filtros, macro e modos de captura. Contudo, se você preferir utilizar estes recursos manualmente, ainda existe a possibilidade de fazer um teste fotográfico antes da imagem final.

A câmera frontal também apresenta maior taxa de abertura que, juntamente com o sensor de 5 MP, permite maior captura de luz, o que interfere diretamente na qualidade das imagens. Além disso, a câmera frontal conta também com efeito HDR (High Dynamic Range), importante para produzir imagens com diferentes coeficientes de iluminação, simulando, de certo modo, os resultados de um profissional.

A câmera traseira, para a qual durante muito tempo foram dirigidas todas as atenções dos fabricantes, apresenta os recursos costumeiramente encontrados nas câmeras principais dos smartphones, mas conta também com estabilizador ótico e grava vídeos em 4K com coeficiente de imagens por segundo de 30 fps. Também conta com foco automático e por toque digital, detector facial e de sorriso, registro de geolocalização (Geo Tagging), efeito HDR e flash LED.

Quanto a configuração de hardware, o Samsung Galaxy S6 conta com um processador de 64 bits com oito núcleos, formado por quatro núcleos de 1.5 GHz e quatro núcleos de 2.1 GHz, GPU ARM Mali-T 760, memória RAM de 3 GB, memória para armazenamento de 128 GB, porém, como no iPhone 6, não apresenta slot para expansão de memória, constituindo uma desvantagem para muitos usuários. O sistema operacional é o Android 5.0 Lollipop.

O Samsung Galaxy S6 possui um só slot para chip de operadora e apresenta as conectividades 4G, 3G, 2G, Wi-Fi, Bluetooth, NFC, IRDA, A-GPS, GLONASS e micro USB 2.0. A velocidade máxima de download é de 300 Mbps. A bateria é de íons de lítio, não removível, com capacidade de carga de 2.550 mAh, energia suficiente para 4 horas de utilização em atividades corriqueiras, além de que pode ser carregada em dez minutos mediante utilização de qualquer carregador sem fio que suporte padrões WPC e PMA.

O Samsung Galaxy S6 pode ser encontrado em modelos que utilizam as cores branca, preta e dourada; seu design foi inspirado na pureza e maleabilidade da água em tonalidade e profundidade. Por outro lado, o Samsung Galaxy S6 Edge se caracteriza por apresentar design ligeiramente arqueado na frente, é mais caro e não tem efeito HDR na câmera frontal, portanto o modelo plano (Galaxy S6) apresenta melhor custo-benefício para quem quer um smartphone prioritariamente para fazer selfies de qualidade, além de possuir saída para TV no padrão MHL.

Na loja virtual da Samsung você pode comprar o modelo de 32 GB por R$ 3.299,00 ou em 12 vezes de R$ 274,92; no Ponto Frio está custando R$ 3.288,00 à vista ou em 10 parcelas de 328,80 ou ainda no portal Zoom, onde se abriga a loja Coringa, na qual você poderá encontrá-lo por R$2.473,33 à vista, no boleto, ou no cartão de crédito por R$2.659,49, em 12 parcelas de R$ 221,63.

Considerações e conclusões

Outros modelos e marcas para selfiesO Samsung Galaxy S6, juntamente com o iPhone 6, são considerados os melhores smartphones da atualidade, mas em alguns quesitos, como resolução de tela e câmeras, o Galaxy S6 é melhor, além de que recentes pesquisas já comprovaram que o Galaxy S6 tem a melhor câmera dentre os atuais smartphones, no entanto ambos apresentam a desvantagem de não virem com slot para inserção de cartão de memória, o que, como já dito, pode fazer falta para muitos usuários.

Mesmo com o advento do LG G4 ao mercado, o qual dispõe de processador de seis núcleos e uma câmera frontal com sensor de 8 MP e efeito HDR para porporcionar aquele tom profissional às imagens, ainda assim, o Galaxy S6, é melhor, mesmo possuindo uma câmera frontal de 5 MP, pois além do efeito HDR, possui muito mais recursos capazes de proporcionar maior qualidade de imagem a sua selfie, além de contar com um processador de oito núcleos, o que lhe confere fluidez na execução de aplicativos e acesso à internet.

O Sony Xperia C4, em relação à câmera frontal e recursos para selfie, possui ligeira vantagem quando comparado ao Xperia C3, o qual difere do Xperia C4 apenas por não apresentar flash LED na câmera frontal. Entretanto, quando se considera as demais características não relacionadas a recursos para selfies, o Xperia C4 tem as maiores vantagens.

Agora quando se compara o Sony Xperia C4 com o Samsung Galaxy S6, verifica-se, de modo geral, que o Galaxy S6 tem umas especificações equivalentes, outras superiores e algumas inferiores às do Sony Xperia C4. Por exemplo, o Galaxy S6 não possui flash LED na câmera frontal, portanto, neste quesito, se contabiliza vantagem para o Xperia C4. O flash LED é um recurso a mais para selfies em ambientes com pouca luminosidade que, quando associado ao efeito HDR, pode produzir incrementos representativos a qualidade da selfie.

Outro recurso que o Xperia C4 possui e o Galaxy S6 não apresenta é aplicativo para rádio FM, porém o Xperia C4 não possui saída para TV no padrão MHL, que consta nas especificações do Galaxy S6. Vantagem também para o Xperia C4 é a capacidade de carga da bateria, pois, apesar de ser um smartphone um pouco menor, a capacidade de carga da sua bateria é maior (2.600mAh) que a do Galaxy S6 (2.550mAh); por outro lado, a bateria do Galaxy S6 pode ser carregada por meio de tecnologia wireless em apenas 10 minutos.

Outra consideração a fazer é que devemos notar também que a Sony é uma grande produtora de tecnologia para câmeras digitais, sendo inclusive a fornecedora de materiais (sensores) para as câmeras do iPhone, produzido, como sabemos, pela Apple, como também fornece tais materiais para outras marcas e modelos de smartphones produzidos por outras companhias. Portanto, os smartphones da Sony certamente são boas opções para quem quer fazer selfies de qualidade.

De acordo com o site Tecmundo, a Samsung produz aparelhos de um mesmo modelo, como o Galaxy S6, com sensores de câmera de diferentes produtoras, como sensores da Sony ou da própria Samsung; e isto pode levar a uma perda de qualidade, a qual já tem sido observada por usuários de fóruns especializados em tecnologia, muito embora tais usuários não tenham definido em que sentido ou intensidade. Vamos esperar também que a Samsung se pronuncie sobre esta questão. Em função de tais fatos, deixamos a seu critério, escolher entre Galaxy S6, Xperia C4, Xperia C3 ou LG G4.

Fonte: Internet

Lista dos 12 melhores smartphones com câmera frontal de resolução igual ou superior a cinco megapixels (5 MP) para fazer selfies de boa qualidade

Melhores smartphones selfiesTer um smartphone com ótimos recursos para fazer selfies de boa qualidade para postá-la em redes sociais é o desejo de muitas pessoas, especialmente aquelas mais jovens. Isto está colaborando para novos comportamentos de consumo, pois os usuários de tais dispositivos desejam recursos que lhe permitam fazer selfies de qualidade pelo menos satisfatória, consequentemente é necessário também que haja reconhecimento por parte dos fabricantes de tais dispositivos acerca desta tendência de mercado; e alguns fabricantes, que antes não davam atenção às câmeras frontais e, por isso apresentavam baixíssima resolução, já estão produzindo smartphones voltados para esta demanda especial.

Entretanto, apesar da maioria dos fabricantes produzirem câmeras frontais com poucos megapixels, existem algumas exceções como a Huawei, a qual produziu um dos celulares mais finos do mundo, o Ascend P6, que possui câmera frontal de 5 MP e traseira de 8 MP, constituindo, portanto, uma boa opção para quem deseja um smartphone com câmeras de elevada resolução para selfies. Atualmente, a Huawei é a detentora da melhor infraestrutura móvel do mundo e tem conquistado muitos usuários com seus aparelhos, que apresentam boa qualidade, bom desempenho e singeleza para a utilização.

Vejamos, no entanto, outras opções de smartphones que possuem câmeras frontais de elevada resolução para quem deseja postar selfies de qualidade em redes sociais.

(1) Oppo N1 mini

oppo-n1-miniLançado em 2013 pela Oppo, segunda maior produtora de telemóveis da China, o Oppo N1 mini vem dimensionado com peso de 151g, espessura de 0.92 cm e 5.0 polegadas de tela IPS TFT touchscreen, capacitiva de multitoque com resolução de 1280×720 pixels (Full HD), densidade de pixels de 373 ppi, capaz de produzir 16 milhões de cores. Também conta com vidro Gorilla Glass que protege o display contra riscos e quedas. É produzido e comercializado nas cores branca, amarela e azul. A bateria é não removível e tem a capacidade de fornecer corrente de 2140 mAh com autonomia média estimada em 79 horas (3 dias e 7 horas).

Em termos de câmera digital, o Oppo N1 é um smartphone que apresenta uma tecnologia inovadora, pois apresenta ambas as câmeras, frontal e traseira com as mesmas especificações e recursos, porém apresenta a vantagem de possuir maior capacidade de capturar imagens de pessoas e cenários, assim como produzir fotografias mais criativas em função de possuir a capacidade de ser rotacionada em até 206º para frente ou para traz, constituindo uma ótima inovação tecnológica da engenharia de imagens da Oppo.

As câmeras possuem a inigualável resolução de 13 megapixels com zoom 10x, flash dual LED, com brilho ajustável, que evita o piscar de olhos, além de foco automático, efeito HDR, detector facial, identificação geográfica e touch focus (foco por meio de toque) e modo panorâmico, que permite registrar cenários com mais abrangência, assim como conter um maior número de pessoas, sendo, neste caso, boa para selfies de grupo, além de outros modos como para a noite, realçar beleza, Ultra-HD, Áudio Foto, modo GIF automático, Portrait, Paisagem e Por do Sol e ainda grava e reproduz vídeos com taxa de produção de imagens de 30 fps.

A sua configuração de hardware é constituída por um chipset Snapdragon 400, processador de quatro núcleos com clock interno de 1.6 GHz e GPU Adreno 305, memória RAM de 2GB,  de memória ROM 16/32 GB, slot para cartão de memória micro SD com capacidade de expansão de até 16 GB memória como complemento para armazenamento de arquivos pessoais. O sistema operacional é o Color OS, desenvolvido com base no Android, v.4.3 (Jelly Bean).

O smartphone Oppo N1 também possui as conectividades 4G LTE, GSM e WCDMA, 3G GSM e WCDMA, Wi-Fi 802.11, Bluetooth 4.0, NFC, DLNA, GPS e micro USB 2.0. A velocidade de download pode chegar a 150 Mbps.

Este smartphone ainda não é comercializado no Brasil e também não há previsões de quando irá chegar ao mercado brasileiro, porém sua aquisição é possível através do site da Fundação Ebay, no qual pode ser adquirido por U$ 419,90 (seminovo), ou no site da Amazon, por U$ 529.99 entre outras possibilidades para comprá-lo. Existe também a versão 5.9 polegadas deste smartphone, que é bem mais cara, mas que apresenta um pouco menos de recursos fotográficos, apesar de suas câmeras possuírem as mesmas características técnicas.

(2) Huawei Ascend P7

Ascend P7Com peso dimensionado em 124g e espessura em 0.65 cm, o Huawei Ascend P7, sucessor do Ascend P6, é considerado o melhor smartphone para selfies que pode ser encontrado a venda no Brasil. Este smartphone vem dotado com uma câmera frontal de 8 MP e câmera traseira de 13 MP.

A câmera frontal é dotada do ‘modo selfie’ com suporte para videoconferência. A câmera traseira fotografa, grava e reproduz vídeo em Full HD com velocidade de produção de imagens de 30 fps, foco automático, player de vídeo com estabilizador de imagem, rádio FM e MP3 Player, além de apresentar os recursos fotográficos de flash LED, efeito HDR, detector de face e detector de sorriso.

A tela vem dimensionada em 5 polegadas e apresenta as tecnologias IPS LCD, touchscreen capacitiva de multitoque, com resolução Full HD de 1920 x 1080, densidade de pixels de 445 ppi e proteção contra riscos e quedas pela utilização de vidro Gorilla Glass 3. Sua autonomia de bateria também não deixa a desejar, pois conta com 2.500 mAh, energia suficiente para ficar 422 horas (17 dias e 14 horas) em stand by ou 840 minutos (14 horas) em ligação telefônica.

O Ascend P7 apresenta as conectividades 4G LTE, Wi-fi, Bluetooth, NFC, USB e GPS, além de 3G, que constitui uma ótima alternativa para acessar e navegar na internet em locais onde a rede 4G ainda não está estruturada. A velocidade de download é de 150 Mbps.

O Ascend P7 possui ótima configuração de hardware, pois vem dotado de um processador de quatro núcleos (quad core) com clock interno de 1.8 GHz, memória RAM de 2 GB e memória de ROM 16 GB para armazenamento do sistema operacional (Android 4.4 KitKat), aplicativos e arquivos pessoais, além da possibilidade de expansão para até 32 GB mediante cartão de memória micro SD.

O Huawey Ascend P7 vem com poucos aplicativos de fábrica, o que é um ponto positivo, pois não sobrecarrega o sistema, além de que vêm com a opção de desinstalação, caso o usuário não se interesse por ele e, dentre tais aplicativos, estão os do Google como o Chrome e Gmail, além de outros, como o bloco de notas, gravador de voz e lente de aumento, dentre outros.

O Ascend P7 pode ser adquirido através do site zoom, que dispõe de links para cinco lojas que apresentam o preço deste smartphone variando de R$ 1.189,90 a R$ 1.499,00.

(3) Microsoft Lumia 730

lumia 730---2Este smartphone, juntamente com o modelo 735, apresenta uma série de recursos destinados para aqueles que querem produzir ótimas selfies, por isso estão sendo chamados de ‘selfiephones’. Recentemente lançados no Brasil, apresentam muitos recursos fotográficos para quem deseja fazer selfies de boa qualidade, a começar pelas câmeras frontal de 5 MP e traseira de 6.7 MP.

A câmera frontal apresenta o diferencial de vir com lente grande angular e distância focal de 24 mm, permitindo, assim, imagens mais abrangentes, as quais permitem um maior número de pessoas na sua selfie, como também aceita chamada de vídeo pelo Skype e gravação em Full HD com resolução de 1920×1080 pixels.

A câmera traseira é dotada de lentes do sistema ótico Zeiss, que permite capturar tudo com nitidez, distância focal de 26 mm com distância mínima de 10 cm e foco automático, zoom digital 4x e flash LED, além do sensor de imagem retroiluminada (BSI) e sensor de formato 16:9 verdadeiro. A gravação de vídeo é feita com resolução Full HD com taxa de imagens por unidade temporal de 30 fps nos formatos MP4 e H.264.

Adicionalmente, o Lumia 730 vem com aplicativos que auxiliam na melhor elaboração de sua selfie e podem ser utilizados por ambas as câmeras, dentre os quais se destaca o Lumia selfie, aplicativo que deixa sua selfie automaticamente em estado perfeito para ser postada em suas redes sociais, mas também é possível dar aquele toque pessoal, pois também dispõe de recursos que otimizam a qualidade da imagem. Além do Lumia selfie, outros aplicativos incluídos são Lumia câmera, Lumia cinemagraph, Lumia panorama e Lumia refocus.

O Microsoft Lumia 730 apresenta peso de 128 gramas e 0.87 cm de espessura, tela dimensionada em 4.7 polegadas, touchscreen supersensível ao toque e resolução de alta definição HD (1280 x 720), densidade de pixels de 316 ppi com vidro resistente a riscos (Gorilla® Corning® 3) com tecnologia OLED, as quais proporcionam comodidade de uso e mais beleza às imagens. Com o uso de toda esta tecnologia de tela, é indispensável o uso de uma potente bateria, removível, com capacidade de carga de 2220 mAh e tensão de 3.8 Volts, capaz de ficar 25 dias em stand by ou 17 horas contínuas de internet em rede 3G, 9 horas de reprodução contínua de vídeo, ou ainda 60 horas de reprodução contínua de áudio.

Entre suas especificações de hardware estão um processador produzido pela Qualcomm com quatro núcleos (quad core) Snapdragon 400 de clocks internos de 1.2 GHz, 1 GB de memória RAM, 8 GB de memória ROM para conter o sistema operacional e arquivos pessoais, além da possibilidade de expansão em até 128 GB mediante uso de cartão micro SD, e ainda 15 GB para armazenamento gratuito em nuvem OneDrive. Esta configuração é suficiente para uso de aplicativos em geral, como os de edição de vídeos e imagens e pequenos jogos com os quais você poderá se distrair e passar o tempo. Além de muitos outros aplicativos para as mais diversas necessidades, como os de previsão do tempo e condições do trânsito. O sistema operacional é o Windows Phone 8.1.

O Microsoft Lumia 730 apresenta acesso para conexão à internet em rede 3G e também possui dois slots para chips de duas operadoras telefônicas, o que é bom para reduzir custos com ligações. Apresenta também as conectividades Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e NFC, a qual admite a transferência de dados entre aparelhos compatíveis, além de GPS e micro USB 2.0.

O Microsoft Lumia 730 permite que você compartilhe com seus familiares e amigos em redes sociais (Facebook, LinkedIn, Twitter, WhatsApp, Flickr, Picasa, YouTube, Nokia Beamer e OneDrive) suas melhores selfies e vídeos de boa qualidade, que você certamente produzirá por meio deste smartphone. O compartilhamento poderá ser feito através de e-mail, Bluetooth ou NFC.

O Microsoft Lumia também possui recursos de acessibilidade para portadores de deficiência visual e auditiva. Para portadores de deficiência visual dispõe dos recursos de reconhecimento e comando de voz, ampliação de fonte, alto contraste, alertas vibratórios e personalização da tela inicial. Para portadores de deficiência auditiva dispõe de BT compatível com extensão indutiva, suporte para TTY e alertas vibratórios.

O Lumia 730 dual SIM desbloqueado pode ser adquirido no site da Microsoft Brasil-Portugal através de links de revendedores parceiros com preço variando de R$ 549,00 a R$ 709,00.

(4) Microsoft Lumia 735

Lumia 735---2

O Microsoft Lumia 735 apresenta as mesmas características de software e hardware do Microsoft Lumia 735, exceto que vem com rede 4G para acesso à internet e somente um slot chip de operadora telefônica.

O Microsoft Lumia 735 no momento está indisponível para venda, porém você pode deixar um pedido de aviso de disponibilidade no site da Loja Online Nokia, caso você queira este modelo.



(5) Lenovo Vibe Z2 Pro K920

Lenovo z2 proO Lenovo Vibe Z2 Pro K920 é um smartphone que se destaca muito mais pela câmera traseira com resolução de 16 MP, do que pela câmera frontal, com resolução de 5 MP, ambas portanto constituem outra boa opção para quem deseja fazer boas selfies. A câmera frontal vem com lente grande angular, própria para fazer selfies, com resultados semelhantes aos produzidos pela câmera GoPro, além de apresentar recursos de software desenvolvidos para produzir selfies de qualidade, como o reconhecimento de gestos, como dois dedos em V, piscar de olhos, como também é capaz de aguardar certo tempo, que pode ser programado pelo usuário, antes de dar o disparo para a selfie.

A câmera traseira concentra recursos fotográficos corriqueiros, como zoom digital, foco automático, foco por toque digital, detector facial, detector de sorriso, efeito HDR, sensor BSI e flash dual LED. Ambas as câmeras gravam vídeos em alguns formatos, sendo que a câmera traseira grava em resolução Ultra HD com velocidade de imagens por segundo de 30 fps e a frontal em resolução Full HD.

Com peso dimensionado em 179g e espessura de 0.77, é um smartphone bastante fino, mas nem tanto leve. A tela é dimensionada em 6 polegadas com display de cristal líquido com tecnologias TFT, IPS e touchscreen capacitiva de multitoque; a resolução é em qualidade HD (alta definição) de 1440 x 2560 pixels, com densidade de pixels de 490 ppi e capacidade para produzir 16 milhões de cores; além de ser produzida com vidro Gorilla Glass, que lhe confere resistência a riscos e quedas.

Este smartphone comporta dois chips (dual chip) para uso de duas operadoras, o que é ótimo para redução de custos com ligações telefônicas, como também apresenta as conectividades 4G LTE, Wi-Fi hotspot, Bluetooth, NFC, GPS e micro USB 2.0, além de toques polifônicos e sensores de proximidade, luz ambiente, acelerômetro, e bússola. A conexão NFC é útil para realizar pagamentos e, como na conexão Bluetooth, para a transferência de dados entre dispositivos compatíveis.

A característica principal deste smartphone é sua robusta configuração de hardware, cujo processador com quatro núcleos é um Qualcomm Snapdragon 801, cujo clock interno é de 2.5 GHz, GPU Adreno 330, 3 GB de memória RAM LPDDR3, 32 GB de memória ROM para armazenamento do sistema operacional (Android 4.4.2 KitKat) e para armazenamento de arquivos do usuário. A depender da quantidade de aplicativos nativos, a elevada quantidade de memória RAM pode lhe conferir bastante fluidez no acesso à internet e outras utilizações, pelo menos enquanto possuir poucos arquivos, aplicativos e jogos instalados. O ponto negativo é que não vem com slot para expansão de memória mediante cartão micro SD.

A bateria é de polímeros de lítio e não é removível, apresenta capacidade de carga de 4.000 mAh, energia suficiente para 45 horas contínuas de conversação ou aproximadamente 39 dias e 5 horas em stand by.

Produtos da Lenovo podem ser adquiridos no site Submarino, mas no momento este smartphone não está disponível para venda, no entanto poderá ser importado através de sites, como Amazon ao preço de US$ 400,00.

(6) Samsung Galaxy A7 Duos A700

Galaxy A7 BlackOutra boa opção de smartphone para quem quer postar selfies de qualidade em redes sociais é o Samsung Galaxy A7 Duos A700, que é dotado de uma câmera frontal de 5 MP e câmera traseira de 13 MP. A câmera frontal deste smartphone possui as mesmas características técnicas e recursos dos modelos A5 e A3 descritos abaixo, como a função selfie, que apresenta software para reconhecimento do usuário através de voz e gestos, dentre outros. A resolução desta câmera é de 2592 x 1944 pixels.

A câmera traseira possui os recursos encontrados frequentemente em celulares e smartphones para produzir imagens e vídeos, como zoom digital, estabilizador de imagem, foco automático, foco por toque digital, detector facial, detector de sorriso, efeito HDR e flash LED, o qual possibilita fazer imagens em ambientes mal iluminados. A resolução desta câmera é de 4128 x 3096 pixels.

O Samsung Galaxy A7 Duos A700 possui peso de 141 gramas e espessura de 0.63 cm, tela dimensionada em 5.5 polegadas com resolução Full HD de 1920×1080 pixels, capaz de produzir 16 milhões de cores, além de contar com a proteção do vidro Gorilla Glass, o qual apresenta propriedades resistência a riscos e quedas, proporcionando maior durabilidade ao aparelho.

Sua configuração de hardware é constituída por um processador com oito núcleos (octa core), sendo quatro núcleos de 1.5 GHz e quatro núcleos de 1.0 GHz, GPU Adreno 405, memória RAM, útil para dar fluidez às suas atividades, de 2 GB, memória ROM de 16 GB, sendo 4 GB para armazenar o sistema operacional e 12 GB para armazenamento de arquivos pessoais, além da possibilidade de expansão mediante cartão de memória de até 64 GB. O sistema operacional é o Android 4.4 KitKat, com o qual também são disponibilizados diversos jogos e aplicativos que podem ser baixados na loja virtual Google Play Store.

Este smartphone também possui dois slots para alojar chips de operadoras telefônicas, que são importantes para reduzir custos com ligações, sendo que o Segundo slot é híbrido, significando que poderá ser utilizado tanto para chip de operadora como para expansão da memória ROM mediante o uso de cartão micro SD. O acesso à internet pode ser feito mediante conexões em rede 4G, 3G e 2G, como também é dotado das conectividades Wi-Fi 802.11, Bluetooth 4.0, NFC, Micro-USB 2.0 e GPS. A velocidade máxima de download é de 150 Mbps.

A bateria é não removível, de íons de Lítio, cuja capacidade de carga é de 2.600 mAh, o que lhe confere autonomia média de 1.020 minutos de conversação, além de possuir um expediente de economia que, na perda de carga, prioriza a disponibilidade dos recursos mais essenciais. A taxa de absorção específica é de 0,283 W/Kg em relação à cabeça e 0,358 W/Kg em relação ao corpo.

O Samsung Galaxy A7 Duos A700 desbloqueado apresenta variação de preço de 1.410,20 a 2.099,00, sendo que o menor preço é ofertado pela loja      Balão da Informática. Acesse o link da loja e confira.

(7) Samsung Galaxy E5 E500

Samsung_GALAXY_E5Este smartphone também constitui ótima opção para quem deseja fazer boas selfies, pois conta com uma câmera frontal de 5 MP e traseira de 8 MP. A câmera frontal pode ser disparada por meio de comando de voz ou por meio de gestos manuais, além de possuir maior capacidade de enquadrar um maior número de pessoas, já que pode fazer fotografias panorâmicas com angulação de até 120º, além de outros recursos como fazer imagens em formato GIF ou o modo de embelezamento. A câmera traseira possui foco automático e por toque digital, detector facial, modo panorama, localização geográfica, flash LED e pode ser utilizada para produzir vídeos em Full HD.

O Samsung Galaxy E5 pesa 120g e tem espessura de 0.70 cm e sua tela é dimensionada em 5 polegadas, possui as tecnologias touchscreen capacitiva e Super AMOLED de alta resolução definida em 1280×720 pixels. O display apresenta o diferencial de ajustar automaticamente propriedades gráficas como o fator gama e saturação de cores, tudo em conformidade com o ambiente que o rodeia. A resolução é capaz de produzir cores intensas e fulgentes.

A configuração de hardware do Samsung Galaxy E5 é constituída por um processador com quatro núcleos de clock interno de 1.2 GHz, memória RAM de 1.5 GB e 16 GB de memória ROM para armazenamento do sistema operacional (Android 4.4, KitKat), aplicativos nativos ou instalados e arquivos pessoais, com possibilidade opcional de expansão mediante emprego de cartão de memória, contudo cumpre lembrar que o slot para alojar o cartão de memória também é destinado para a inserção do segundo chip de operadora, de modo que o usuário terá que optar pela expansão de memória ou por uma operadora alternativa para reduzir custos de ligação, já que não será possível utilizar as duas funções.

A conectividade com a internet do Galaxy E5 pode ser feita mediante rede 4G, 3G, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e NFC. Estas duas últimas também permitem estabelecer uma troca ou simples transferência de dados entre usuários, desde que tais estejam a alguns metros de distância. Em adição a estas conectividades estão os sistemas de mapeamento GPS, AGPS e Beidou.

A autonomia da bateria é estimada em 9 horas contínuas de internet 4G, 12 horas continuadas de vídeo ou ainda 16 horas de conversação telefônica, além de que no ‘Modo Ultra Economia de Energia’ dispõe de tecnologia que aumenta a eficiência e a economia de energia da bateria, de modo que sejam priorizadas as funções mais fundamentais.

O Samsung Galaxy E5 E500 pode ser adquirido por R$ 1.051,20 no site Cissa Magazine, podendo se parcelado até 10 vezes sem juros em cartão de crédito. Atualmente, o Ponto Frio está vendendo diversos modelos deste aparelho com redução de preço, os quais variam de R$ 949,00 a R$ 1.149,00, sendo que o modelo de 16 GB de ROM, desbloqueado, branco ou preto está custando R$ 1.078,69, podendo ser pago em 10 parcelas sem juros no cartão de crédito.

(8) Samsung Galaxy A5

Samsung-Galaxy-Alpha-A5Outro smartphone que se destaca para produzir boas selfies é o Samsung Galaxy A5, pois possui câmera frontal de 5 MP e câmera traseira de 13 MP. Com este smartphone pode-se fazer selfies panorâmicas, de modo que pode conter um maior número de pessoas em sua selfie de grupo. Ambas as câmeras são dotadas de tecnologia complementar CMOS, que evita a perda de dados, além de sensor de Efeito Hall, sensor de proximidade e sensor de cores do sistema RGB. A câmera traseira grava e reproduz vídeos em vários formatos com resolução Full HD (FHD) de 1920×1080 pixels com frequência de 30 quadros por segundo (FPS), flash LED e foco automático.

Para produzir selfies o Samsung Galaxy A5 ainda conta com recursos que facilitam fazer suas selfies, como pelo comando de voz ou palma da mão, cujos procedimentos são viabilizados por meio de aplicativos que reconhecem a sua voz ou imagem. Outro recurso é a função panorâmica que captura cenários com angulação de até 120º, portanto trata-se de um ótimo recurso para se fazer selfies de grupo. Um terceiro recurso para selfies deste smartphone é a função de edição automática, que permite que você não gaste tempo e dinheiro com aplicativos, já que a selfie já estará em condições de postagem nas suas redes sociais. Um quarto recurso do Samsung Galaxy A5 é que este dispositivo permite que você faça GIFs animados de até 20 imagens contínuas, e assim dispõe ao usuário mais um meio de compartilhamento para interatividade em suas redes sociais. É um ótimo recurso para registrar, em movimento, aqueles bons momentos com os amigos e familiares.

Em termos de áudio, o Samsung Galaxy A5 reproduz áudio em vários formatos, além de ser detentor de uma tecnologia que permite aumentar ou baixar a intensidade sonora em resposta ao ruído ambiental. Outro aspecto que talvez seja uma desvantagem deste aparelho é que você o adquire sem que venha com ele o cabo USB, que é importante para transferência e sincronia de dados e para o carregamento da bateria de forma segura mediante notebook ou netbook, como também vem sem fones de ouvidos; pelo menos assim você poderá optar por adquirir um fone de ouvido de melhor qualidade, e não como os auriculares, que costumam vir acompanhando celulares e smartphones. A respeito deste assunto, sugiro que você leia o artigo sobre os danos que fones de ouvido podem causar à audição. Clique em danos à audição e leia o post para se informar melhor sobre fones de ouvidos utilizados inadequadamente.

O Samsung Galaxy A5 possui peso de 123g, espessura de 6.70cm e tela dimensionada em 5 polegadas com tecnologia touchscreen capacitiva de multitoque com resolução de 720 x 1280 pixels, densidade de 294 ppi de alta definição (HD) com capacidade para produzir 16 milhões de cores, além de apresentar também a tecnologia Super AMOLED, que fornece intenso brilho e cores otimizadas em função de recursos que permitem o ajuste automático que o tornam capaz de se adequar às condições de luminosidade ambiental.

O Samsung Galaxy A5 vem dotado de uma configuração de hardware constituída por um processador com quatro núcleos de clock interno de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 2 GB, memória ROM de 16 GB, sendo 4 GB para conter o sistema operacional e aplicativos pré-instalados e 12 GB para utilização do usuário, com possibilidade de expansão para até 64 GB mediante uso de cartões de memória micro SD/SDHC/SDXC. O sistema operacional é o Android 4.4.4 KitKat.

O Samsung Galaxy A5 é branco, dual chip e dispõe das conectividades 4G, 3G, 2G, Wi-Fi, NFC, Bluetooth e sistemas de mapeamento GPS e Glonass, como também possui conexão micro USB 2.0.

Um fator que pode ser considerado como desvantagem deste aparelho é o fato de que a bateria é fixa, não pode ser removida, pois, caso haja problema com a bateria, poderá ser necessário trocar o aparelho, ao invés de trocar apenas a bateria. A capacidade de carga é de 2.300 mAh, que possibilita uma autonomia da bateria é de 68 horas de uso contínuo em reprodução de áudio, 15 horas contínuas de conversa telefônicas em rede 3G, 12 horas contínuas de reprodução de vídeo, 11 horas de uso contínuo de internet em rede Wi-Fi ou 8 horas de uso contínuo em rede 3G ou 4G. Em adição a isso, este aparelho conta com o modo de ‘Ultra Economia de Energia’, que aumenta a eficiência de consumo da bateria, direcionando o uso principalmente para as funções mais essenciais, o que é importante no caso de manter ligações de seu maior interesse.

O Samsung Galaxy A5 desbloqueado, preto apresenta variação de preço de R$ 1.114,59 a 1.499,00, sendo que o menor preço está sendo ofertado pelo site Cissa Magazine com 14% de desconto, se adquirido à vista ou em 10 parcelas de 129,60 no cartão de crédito. Acesse o site e dê uma conferida.

(9) Samsung Galaxy A3 Duos

samsung_GALAXY_A5_A3_t1412014Lançado em novembro de 2014, com espessura de 0.69cm e peso de 110g, o Samsung Galaxy A3 se destaca por ser fino e leve; é também outra boa opção para quem deseja um smartphone para fazer ótimas selfies, pois é dotado de câmera frontal com resolução de 5 MP e traseira de 8 MP. Desenvolvido pela Samsung com o objetivo de facilitar a produção de selfies de maior qualidade, a câmera frontal conta com recursos específicos para uma melhor selfie, como maior amplitude angular de 120º, o que permite obter selfies que dão ênfase ao cenário e às pessoas em redor, favorecendo a inclusão de um maior número delas em suas selfies, além de possibilitar a criação de GIFs de animação formados por 20 imagens contínuas, recursos para realçar sua beleza, como também para dar maior liberdade de movimento para o braço que segura o celular, já que o disparo poderá ser feito via comando de voz ou mostrando a palma da mão. A resolução da câmera é de 2592 x 1944 pixels.

Já a câmera traseira conta com recursos corriqueiros frequentemente encontrados em muitos smartphpnes, como zoom digital, foco automático e por toque digital, detector de sorriso e facial, efeito HDR e flash LED. A resolução da câmera é de 3264 x 2448 pixels.

A qualidade das selfies poderá ser apreciada por uma tela dimensionada em 4.5 polegadas com tecnologia AMOLED touchscreen capacitiva de multitoque com resolução de 960×540 pixels e densidade de 245 ppi, capaz de produzir 16 milhões de cores. Apresenta a desvantagem de não contar com tecnologia que dê resistência a riscos ou quedas. Também não conta com aplicativos para rádio FM e TV digital. Se o seu caso é ter um aparelho exclusivo para fazer ótimas selfies, então o Samsung Galaxy A3 pode ser a melhor recomendação.

A sua configuração de hardware é dotada de um processador com quatro núcleos de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 1 GB, memória ROM de 8 GB, sendo 4 GB reservados para o sistema operacional e 4 GB destinado para uso pessoal, expansível em até 32 GB mediante cartão de memória micro SD/SDHC. O sistema operacional é o Android KitKat.

O Samsung Galaxy A3 possui dois slots para chips de operadoras telefônicas, permitindo maior flexibilidade de uso para redução de custos com ligações, além de que as conectividades 4G, 3G, 2G, Wi-Fi, Bluetooth, NFC, GPS, Glonass, Beidou e micro USB 2.0. A velocidade máxima de download é de 150 Mbps.

A bateria é de íons de lítio com capacidade de carga de 1.900 mAh e a autonomia é condizente para com diversas situações diárias de consumo. A taxa de absorção específica (SAR) é de 0.244 W/Kg em relação à cabeça e 0.301 W/Kg em relação ao corpo.

O Samsung Galaxy  A3 Duos pode ser adquirido no site Cissa Magazine com 14% de desconto no boleto bancário por R$ 948,99 ou em 10 parcelas de R$ 110,35 no cartão de crédito. No site Ponto Frio tem para venda diversos modelos deste gadget, sendo que os modelos preto e branco são os mais acessíveis e custam 998,00, podendo ser pago de 10 vezes no cartão de crédito. No site Coringa Shopping está custando R$ 898,84 centavos no boleto bancário ou em 12 parcelas de R$ 80,54 no cartão de crédito. Acesse os sites e confira.

(10) Samsung Galaxy Gran Prime Duos TV SM-G530BT

smartphone-samsung-galaxy-gran-prime-duos-tv-g530bt-8-0-mp-2-chips-8gb-android-4-4-kit-kat-3g-wi-fi-photo29110794-12-30-10Lançado em outubro de 2014, o Samsung Galaxy Gran Prime Duos pode ser colocado entre os melhores smartphones para selfies, já que possui câmera frontal com resolução de 5 MP e câmera traseira com resolução de 8 MP, ambas com sensores de luminosidade e presença, o que permite fazer selfies de elevada qualidade.

A câmera frontal é dotada da possibilidade de se fazer videoconferências e tem resolução de 2592 x 1944, permite produzir imagens em ângulo de até 85º, que não é o ideal, mas com ele é possível fazer selfies de grupo, além de que possui recursos que suavizam o rosto, corrigem evetuais sinais na pele e realçam os olhos, o que resulta em imagens de qualidade, principalmente em ambientes bem iluminados. Além disso, a ferramenta ‘selfie com palma’ percebe o aceno de mão do usuário para disparar o click, permitindo, portanto, fazer selfie sem a necessidade de levar a mão à tela, o que também contribui para dar maior liberdade ao braço que segura o celular e, por meio disso, obterem-se melhores resultados na hora de fazer uma selfie.

A câmera traseira vem dotada de zoom digital, foco automático e por toque digital, efeito HDR, detector facial, e flash LED, nela também é possível gravar e reproduzir vídeos em vários formatos com resolução de 3264 x 2448 pixels em qualidade Full HD. Entretanto, especialistas consideram que, apesar desta câmera apresentar maior resolução que a câmera frontal, não possui a mesma capacidade para produzir boas fotos, especialmente se o ambiente não contribuir com boa luminosidade.

Com 156 gramas de peso e 0.86 cm de espessura, o Samsung Galaxy Gran Prime Duos é dotado de uma tela LCD TFT dimensionada em 5 polegadas, com tecnologia touchscreen capacitiva multitoque, resolução de 540×960 pixels, densidade de pixels por polegada, ppi, de 220 com capacidade para produzir 16 milhões de cores. Não possui vidro resistente a riscos e quedas, o que é uma considerável desvantagem.

Em sua configuração de hardware está um processador com quatro núcleos (quadcore) de clocks internos de 1.2 GHz, GPU Adreno 306, memória RAM de 1 GB, memória ROM de 8 GB, sendo 3GB reservados ao sistema operacional e aplicativos nativos e 5 GB são destinados para armazenamento de arquivos pessoais, como também existe a possibilidade de expansão mediante cartão micro SD de até 64 GB.

Em termos de software, vem com o sistema operacional Android 4.4 KitKat e com aplicativos, como Google Maps, Youtube, Google Search, aplicativos de redes sociais e jogos que podem ser baixados do Google Play, além de que você poderá ter acesso ao Gmail.

O Samsung Galaxy Gran Prime Duos também é dotado de dois slots para chips SIM de duas operadoras telefônicas, proporcionando ao usuário maior liberdade de escolha quando pensar em reduzir custos com ligação. Também vem dotado das conectividades 3G, 2G, Wi-Fi™ e Bluetooth® 4.0, GPS e micro USB 2.0, além da velocidade máxima de download de 21 Mbps.

Um dos diferenciais que distingue este smartphone é que vem dotado de TV digital, o que lhe proporciona maior comodidade para assistir seus programas preferidos, como também apresenta sintonizador de rádio FM e recursos de áudio para reprodução de arquivos MP3 e outros formatos de arquivos de áudio.

A bateria é removível, de íons de Lítio, tem capacidade de carga de 2.600 mAh, o que lhe dá uma autonomia de aproximadamente 17 horas de conversação e 10 horas de reprodução de vídeo. A taxa de absorção específica é de 0.529 (cabeça) e 0.329 (corpo).

O Samsung Galaxy Gran Prime Duos pode ser adquirido no site Americanas a partir de R$ 699,00 ou em 10 parcelas de R$ 69.90 no cartão americanas, podendo atingir maior preço, dependendo do modelo. Outra opção de compra é no site Fast Shop, que o está vendendo este gadget ao custo de R$ 626,44 a vista ou em diversas parcelas com juros no cartão de crédito. Acesse os sites e confira.

(11) Microsoft Lumia 535

MS lumia 535O Microsoft Lumia 535 é um excelente aparelho para quem está adquirindo seu primeiro smartphone, pois é um aparelho fácil de usar e de preço acessível, apresenta ótimo custo-benefício e possui muitos recursos multimídia. Também é um bom aparelho para quem quer produzir selfies de qualidade e causar boa impressão nas redes sociais, já que sua câmera frontal apresenta resolução de 5 MP e lente grande angular, que permite capturar imagens com maior amplidão de cenário, assim como um maior número de pessoas, além de ter sensores de luz e de proximidade.

A câmera traseira também vem dotada de 5 MP com foco automático, flash LED, gravação e reprodução de vídeos em até 720p, em qualidade HD. De modo geral, suas câmeras são capazes de produzir imagens de qualidade satisfatória quando existem boas condições de luminosidade, de modo que não é recomendável sua utilização para fotografias noturnas, as quais perdem a qualidade, podendo apresentar granulados, manchas e perda de foco, o que obriga o usuário perder algum tempo na edição pelo uso de alguns aplicativos para tentar melhorar sua qualidade. Por outro lado, este smartphone conta com o aplicativo Lumia Selfie Storyteller, o qual você certamente precisará para editar suas fotografias e vídeos.

Este smartphone também executa satisfatoriamente jogos pesados como o Asfalt 8, embora com algumas limitações na qualidade gráfica; apresenta também rádio FM e MP3 Player, o qual executa alguns formatos de áudio em qualidade que não deixa nada a reclamar, apesar da falta mais recursos que o deixariam em condição de maior qualidade.

O Microsoft Lumia 535 tem seu peso dimensionado em 146g com 0.88cm de espessura, sendo um aparelho fácil de colocar num bolso. A tela vem dimensionada em 5 polegadas, apresenta tecnologia IPS, capaz de lidar com altas resoluções, no entanto, apresenta a exígua resolução de somente 960×540 pixels; por isso muitas vezes é possível ver a imagem ‘pixelada’; também possui vidro resistente a riscos e quedas Gorilla Glass 3.

Por outro lado, a configuração de hardware deste smartphone é bem vantajosa e vem a compensar os pontos negativos anteriormente apresentados. O processador é um Qualcomm Snapdragon com quatro núcleos de 1.2 GHz, GPU Adreno 302, memória RAM de 1 GB, cuja combinação proporciona bastante fluidez mesmo na execução de vários aplicativos abertos ao mesmo tempo; memória ROM de 8 GB com possibilidade de expansão para até 128 GB mediante utilização de cartão micro SD.

O sistema operacional é o Windows Phone 8.1, que se caracteriza por sua ótima fluidez de processamento, permitindo, inclusive sua execução em hardware mais simples. Tanta leveza e otimização assim só se encontra no sistema iOS do smartphone da Apple, o iPhone, mas, em termos de aplicativos ainda não está em condições de igualdade em relação aos sistemas iOS e Android. Os aplicativos existem, porém apresentam menor número de atualizações e um menor número de recursos. Apesar disso, alguns aplicativos pré-instalados se destacam, como o Here Mapas Drive, aplicação para encontrar lugares mediante GPS dotado de locução em português, gratuito e atualizável, ótima opção para quem precisa se deslocar e não quer ter nenhum custo com tráfego de dados.

Por outro lado, para quem precisar do aplicativo da rede social Instagram, não poderá contar com todos os recursos encontrados em plataformas iOS e Android, já que ainda está em fase de teste. O Internet Explorer também não é tão veloz na abertura de sites quando comparado aos navegadores Android e iOS, se tomarmos as mesmas condições de hardware. Outros aplicativos pré-instalados que você pode gostar são os que permitem escutar podcasts, Skype, OneDrive, para armazenamento de arquivos em nuvem, Moovit, para utilização de transporte público, além do Office e muitos outros.

O Microsoft Lumia 535 é dual chip, o que é muito desejável quando se pensa em reduzir custos e vem dotado das conectividades 4G, 3G, 2G, Wi-Fi, Bluetooth, DLNA, GPS e micro USB 2.0. A velocidade máxima de download é de 42 Mbps.

A bateria é removível, de íons de Lítio, possui capacidade de carga de 1.905 mAh, que lhe proporciona autonomia de 13 horas de conversação contínua ou 23 dias em stand by.

O Microsoft Lumia 535 pode ser adquirido a partir de R$ 528,99 em sites parceiros da Microsoft Brasil-Portugal, como Ponto Frio e Casas Bahia, que dentre os parceiros, no momento, são os que disponibilizam este aparelho pelo menor preço.

(12) Positivo Octa X800

Positivo x800 octaO Positivo Octa X800 também é uma boa indicação de smartphone para quem quer produzir boas selfies, já que possui câmera frontal de 5 MP e câmera traseira de 13 MP. A câmera frontal vem dotada de flash e grava vídeos nos formatos MP4, 3GP e AVI (MJPEG). As selfies podem ser feitas por meios de gesto diante da câmera, que o aparelho reconhece, após o que é iniciada a contagem regressiva no temporizador. A câmera traseira vem dotada de zoom digital 4x, efeito de cores, balanço de branco, efeito HDR, detector de faces e sorrisos e beleza fácil.

O smartphone Positivo Octa X800 tem peso dimensionado em aproximadamente 150g, espessura de 0.79cm e tela de 5 polegadas com tecnologia IPS HD com resolução de 1280×720. A capacidade de carga da bateria é de 2000 mAh.

A configuração de hardware deste smartphone é constituída de um processador com oito núcleos de clock interno de 1.4 GHz, memória RAM de 1 GB, memória ROM de 8 GB, expansível mediante uso de cartão micro SD em até 32 GB.

O sistema operacional é o Android 4.4 KitKat. Este dispositivo também vem com aplicativos exclusivos como o ‘Mundo Positivo’ e o ‘Apps BR’, além de aplicativos para acesso às redes sociais.

O Positivo Octa X800 é preto, dual chip com conexão 3G, além de Wi-Fi 802.11, Bluetooth 4.0 e GPS e pode ser adquirido nos sites Ponto Frio e Casas Bahia R$ 764,10 ou em 10 parcelas de R$ 76,41.

Resumo e síntese

MS-SAMSUNG-HUAWEI-OPPO-LENOV0-POSITIVOPara resumir, pode-se dizer que o Oppo N1 mini é o melhor smartphone para selfies, principalmente por causa das propriedades rotativas e angulares de sua câmera, como também pela tecnologia utilizada na produção das lentes, de seis camadas, mas a Huawey é uma empresa que vem se impondo em tecnologia para dispositivos móveis e o Ascend P7 é um dos melhores smartphones para selfies vendidos no Brasil, seguido dos Lumias 730 dual chip e 735, de um só chip, que estão sendo chamados de selfiesphones, já que foram desenvolvidos pela Microsoft, especialmente para fazer selfies, a estes sucede o Lenovo Vibe Z2 Pro K920 que se destaca mais pela câmera traseira de 16 MP, porém sua câmera frontal tem bons recursos tecnológicos para selfies, como lente grande angular, que produzem resultados semelhantes aos da câmera GoPro, além de aplicativos desenvolvidos para reconhecimento de gestos e temporização para o momento do click da selfie. A estes seguem os seis referidos smartphones da Samsung com recursos para selfies, como lente de 85° a 120° graus, conforme o modelo, embora cada um deles apresentem suas limitações ou desvantagens, como no caso do Samsung Galaxy A7 e Samsung Galaxy E5, que possuem slot híbrido, para chip telefônico ou cartão de memória, cujas funções não podem ser utilizadas simultaneamente. O Microsoft Lumia 535 também tem bons recursos para selfies como aplicativo para edição de imagens e, como os modelos Lumia 730 e 735, tem a vantagem de terem sistema de software otimizado para o hardware, o que lhe confere fluidez de processamento, permitindo até executar jogos de muitos megabytes. Por último, temos o Positivo Octa X800, que se destaca mais pela CPU com oitos núcleos para processamento e pela câmera traseira de 13 MP, já que a câmera frontal tem apenas cinco megapixels de resolução.

Fonte: Internet

Lista de 12 recomendações para tirar selfies de ótima qualidade e se dar bem nas redes sociais

elfie do ano Ocar 014Os autorretratos tirados a partir de um dispositivo móvel e compartilhados em redes sociais, os quais vêm sendo denominados popularmente de selfies, constituem a grande moda do momento, que, juntamente com as redes sociais, tanto podem ser um fenômeno efêmero, quanto durar por muito tempo, talvez além do que possamos imaginar e, nesse tempo, ainda podem passar por aperfeiçoamentos. Sua popularidade tem aparecido até mesmo em eventos anuais, como na premiação de filmes e artistas do ano, o célebre Oscar. Isso tudo faz com que as pessoas fiquem mais exigentes com suas selfies e fotografias em geral.

O termo selfie começou a se popularizar justamente a partir do Oscar de 2014, que foi considerado pela imprensa internacional o ano da selfie, muito embora a palavra tenha surgido em 2012, em cujo período foi considerada a palavra do ano; mas somente em 2014 é que viria a se consagrar em popularidade, sendo citada 92 milhões de vezes no Twitter, representando um crescimento de 500% em relação a 2013 e, para isso, contribuiu significativamente o famigerado autorretrato tirado pela apresentadora do Oscar, Ellen Degeneres, no qual foram fotografadas várias celebridades do cinema americano; a reação para o ato no Twitter provocou um milhão de retuitadas em 60 minutos, sendo considerada a imagem do ano pela revista Time.

Mas afinal como se pode definir uma selfie? Pode-se obter um significado representativo para a o termo pela combinação de definições do site Wikipedia e do Urban Dictionary: selfie é uma fotografia tirada de si mesmo com o auxílio de um dispositivo móvel, que é distanciado do objeto, você mesmo, de acordo com o comprimento do seu braço, podendo ser também diante de um espelho; mas que, adicionalmente, pode conter outras pessoas, constituindo as chamadas selfies de grupo, além de outros elementos de caráter exclusivamente pessoal, que comunicam alguma emoção ou afeto aos usuários de redes sociais, nas quais se objetiva publicá-la.

Entretanto, obter selfies de boa qualidade para postar em redes sociais, a partir de seu celular, smartphone, tablet, notebook ou câmera digital não basta simplesmente voltar a lente para si, mas você deverá seguir algumas recomendações básicas, que iniciam pelo modo de segurar seu dispositivo móvel até a utilização de aplicativos específicos para dar um toque extra às suas selfies. Existem aplicativos tanto para a plataforma Android como para a iOS. Outra informação relevante para quem é fissurado numa selfie é que os fabricantes de dispositivos móveis como Samsung, Lenovo, Nokia e Sony, entre outros, estão produzindo smartphones com câmeras frontais mais poderosas para que seus potenciais usuários possam obter autorretratos de melhor qualidade.  E para que você produza boas selfies e se dê bem nas redes sociais, além de aplicativos e poderosas câmeras frontais, selecionamos algumas recomendações e técnicas simples que podem lhe auxiliar a obter uma boa selfie. Ei-las:

(1) Descubra o seu melhor perfil e a sua melhor pose 

Dezcubra melhor pozeInicialmente tire várias fotos de si mesmo, especialmente de perfil, pois quase todo mundo é tem o rosto ligeiramente assimétrico, portanto, descubra qual dos seus perfis é mais fotogênico e memorize-o para usá-lo em suas selfies e fotografias em geral; Igualmente tire várias selfies em várias poses e escolha a que você achar melhor, memorize as melhores e as utilize para suas selfies. Portanto, capriche na pose, pois ela tem tudo a ver com a foto, mas de acordo com o cenário em que você estiver, com descontração, naturalidade e sem exageros. Algumas feições que costumam ganhar muitas curtidas nas redes sociais são caras e bocas engraçadas, sorriso e meio sorriso, mas tome cuidado para não exagerar e cair no ridículo.

(2) Diversidade com naturalidade 

Zelfie com naturalidadeProcure diversificar sua própria imagem, mas, como já dissemos, sem exageros, com simplicidade e naturalidade, coloque um sorriso no rosto, evite expressões forçadas e lembre sempre de que menos é mais; e seja você mesmo, sobretudo.  Tente também mostrar uma expressão interessante em seu rosto. Neste quesito, o sorriso é tiro certeiro, pois é uma expressão que agrada, de imediato, a qualquer pessoa, porém se você preferir uma expressão mais séria, experimente um jeito calmo, centrado, concentrado, absorto, distraído, pensativo, imaginativo, divagante, etc. Para obter uma foto com uma expressão que pareça o mais autêntica possível, você pode utilizar um dispositivo com detector de sorriso durante um filme que seja capaz de produzir, em você, alguma dessas expressões e outras possíveis e peça o auxílio de um amigo(a) ou irmão(ã).

(3) Dê atenção especial ao cenário da foto 

Cenario zelfieO objeto principal de sua selfie seja você mesmo, entretanto, zele também pela boa aparência do cenário. Evite tirar fotos diante do espelho do banheiro, pois é comum elas serem mal comentadas.  Ao contrário, escolha cenários que possam gerar bons comentários nas redes sociais, pois, dessa forma, enriquecerá sua selfie, como também justificará sua publicação em redes sociais e não será apenas mais uma selfie vazia, com pouco assunto para boas conversas.

Para os cenários também vale o princípio da diversidade, portanto, diversifique também os ambientes, para que suas selfies não se tornem uma chatice para seus amigos. Na hora de produzir suas selfies, pense com bastante dedicação em você e no ambiente, para que suas selfies gerem conversas interessantes nas redes sociais.

Aproveite o que estiver a sua volta, por exemplo, um vaso de com flores sobre a mesa, uma praça perto de sua casa, cortinas coloridas na janela, etc, etc. Evite ambientes muito privativos como banheiro, cama desarrumada, quarto bagunçado e outros similares.  Se possível, também aproveite elementos naturais que caracterizam as estações do ano. Na primavera e verão, você pode utilizar, em segundo plano, um arbusto cheio de flores; no outono, você pode se valer da variação de cores nas folhas e; no inverno, utilize um cenário que envolva gelo ou neve, se possível. De modo geral, campo e espaços com vegetação natural também são boas opções para suas selfies.

As praias são ambientes extremamente favoráveis para se fazer boas selfies, devido à abundância de luz do sol. Entretanto, na hora de fazer sua selfie, não fique de frente para o sol, pois isto irá prejudicar a qualidade da imagem, já que parâmetros como brilho e contraste ficarão reduzidos; também na praia temos outro elemento que realça a beleza da fotografia, que é a água, a qual proporciona maior brilho e beleza para sua pele e cabelos.  Por outro lado, se o seu caso é produzir uma selfie tradicional, então basta uma parede de cor uniforme da cor que você prefira ou mesmo com algum quadro que a enfeite para quebrar a monotonia.

(4) Luz natural e flash

Portrait of young and beautiful woman taking self portrait with her cell phoneUma boa iluminação é fator determinante para se tirar boas fotografias, de modo que, sempre que puder, prefira a luz natural ao flash. Para isso, procure um local bem iluminado, como aqueles próximos de uma janela ou, se for a noite, procure a melhor posição para que sua face esteja bem iluminada, mantendo a fonte de luz bem à sua frente e um pouco acima de seus olhos, de modo que não forme sombras, se possível. A luz a sua frente tem o poder de deixar sua pele mais brilhante, realça suas características pessoais e melhora sensivelmente a qualidade da foto. Outra recomendação que pode melhorar suas selfies é ficar próximo a cortinas e outros anteparos caseiros que possam auxiliar na difusão da luz, deixando-a menos intensa e suave, como também colaboram para que o ambiente fique com boa claridade para sua selfie.

As sombras são resultantes de iluminação inadequada, mas com auxílio de fontes artificiais, elas podem ser eliminadas, de modo que se possam garantir cores mais realistas, o mais semelhante possível àquelas produzidas pela luz natural. Felizmente, para maior facilidade na obtenção de selfies de boa qualidade, hoje você pode contar com as modernas câmeras digitais que contam com correções automáticas de sombras e olhos vermelhos, muito embora, para obtenção de selfies costume-se usar mais frequentemente os smartphones.

Lembre-se de que luz em excesso vai deixar sua selfie muito branca, por outro lado, a carência de luz ou luz de fundo, só formará sua silhueta; também evite ambientes com luz fluorescente intensa, pois ela não contribui para a obtenção de fotos de qualidade. O melhor tipo de luz para fotografias em geral é a brilhante e difusa com razoável intensidade; caso a luz seja muito intensa, além dos possíveis difusores naturalmente encontrados em ambientes domésticos, como as já referidas cortinas, use difusores, eles podem ser adquiridos a preços módicos ou construa um. O site instructable.com apresenta cinco passos simples para você construir um difusor. Clique sobre o domínio do site e confira.  Quanto ao flash, deve ser evitado sempre que possível, entretanto, na ausência de fontes de luz natural ou artificial, você deverá utilizar o flash e, para evitar branqueamento da imagem devido à intensidade do flash, utilize um pedaço de papel. Isto evitará que sua imagem saia muito branca.

(5) Usando o espelho de forma correta

Zelfie paula fernanda no epelhoSe for inevitável a utilização do espelho para obtenção de sua melhor selfie, então o utilize, porém, que não seja o do banheiro; como também esteja ciente de que fotografias assim produzidas apresentam algumas desvantagens, como a de fazer a imagem ficar invertida, a de que a câmera aparecerá na imagem, a formação de uma imagem muito clara devido ao reflexo de luz, eventuais sujeiras no espelho podem ser fotografadas, além da possibilidade de distorcer alguns traços pessoais.

Para utilizar a máxima potencialidade que tem um espelho para obtenção de uma imagem de qualidade, na ocasião de fazer a selfie, estique seu braço, aponte a câmera na direção de seu rosto e tire sua foto. Talvez seja necessário tirar mais de uma selfie até que você obtenha a melhor posição para a câmera e, consequentemente, para a melhor imagem. Tire selfies tanto com a mão direita quanto com a esquerda e veja qual delas lhe permite obter o melhor ângulo para suas selfies.

(6) Prefira tirar fotografias assimétricas

Zelfie azzimetricaOs fotógrafos profissionais e semiamadores aconselham que, para tirar uma fotografia atraente, é preciso evitar que o objeto seja colocado no centro da fotografia, pois as fotos que apresentam simetria são muito menos atraentes do que as assimétricas.  Para você obter fotografias assimétricas, divida horizontal e verticalmente o campo da fotografia em três partes e coloque a sua face no primeiro terço vertical (à esquerda) e testa e olhos no primeiro terço horizontal (superior) e deixe o último terço vertical para o cenário. Esta é a chamada regra dos terços, muito utilizada por fotógrafos profissionais. Alternativamente, faça uma selfie assimétrica de seu rosto de um lado e o cenário, do outro. Isto poderá produzir bons resultados, especialmente se o cenário for uma bela paisagem natural, constituindo um ótimo complemento para seu rosto.

Se, ao aplicar esta regra, a imagem de seu rosto não lhe agradar, então experimente eliminar parte do seu rosto, tanto para o lado esquerdo, quanto para o superior, pois, deste modo, a selfie vai ficar mais bem preenchida e dará mais ênfase a assimetria ao contrastar com o cenário. Para obter variações de ângulo de seu rosto na selfie, tire fotos sem olhar diretamente para a câmera. Você pode utilizar, também, o celular ou smartphone em modo de paisagem (e não em de retrato), pois, talvez assim o resultado possa ser melhor.

(7) Use filtros fotográficos 

Filtro preto e branco na zelfieUtilize os filtros fotográficos para suavizar sombras, compensar o balanço de cores e enfraquecer expressões faciais. Os filtros permitem também proporcionar certos estilos à fotografia, como preto e branco, tom de antigo, assustador, sombrio ou romântico. Será preciso testar vários filtros para escolher o que fica melhor para sua selfie.  A maioria dos smartphones dispõe de aplicativos com filtros de luz simples, como o sépia e o preto e branco e muitas redes sociais, como Flickr e Instagram, disponibilizam filtros de imagens a seus usuários, como também você pode recorrer a alguns aplicativos desenvolvidos para dispositivos móveis que disponibilizam este recurso, os quais você poderá adquirir no Google Play Store ou Apple Store.

O Instagram disponibiliza 20 filtros para seus usuários, mas se você acha que isso é pouco e quer mais diversidade de opções, até porque deseja publicar uma selfie bem original e criativa, então eis alguns aplicativos desenvolvidos tanto para a plataforma Android como para a iOS, aos quais você pode recorrer: Retro Camera Plus e Vignette (Android); Hipstamatic (iOS) e Pudding Camera (iOS e Android), que oferecem filtros que simulam câmeras vintage como Diana, Holga, Little Orange Box, Lomo, Polaroid e Pinhole.

(8) Editando sua selfie 

Editando a zelfieUtilize um programa editor de imagens para dar alguns retoques a sua selfie, antes de postar em suas redes sociais, remova manchas, imperfeições e elementos indesejáveis que estão no cenário; redimensione para dar mais ênfase a você mesmo com algum elemento do ambiente, mude o sentido de simetria da imagem, aumente ou diminua o brilho e o contraste, dentre muitas outras possibilidades de edição. Mais recursos para aperfeiçoar sua selfie, você poderá encontrar em aplicativos específicos para isso, como os referidos acima.

A edição de fotos é especialmente recomendada para selfies tiradas diante do espelho, pois nessas fotos costumam aparecer objetos inesperados e reflexos de luz, que podem ser removidos ou amenizados pelo procedimento de edição do autorretrato.  Dentre os dispositivos móveis, os smartphones tem a vantagem de vir com aplicativos fáceis de usar, que permitem a edição de sua selfie antes de postá-la nas redes sociais. Para smartphones da plataforma iOS (iPhones), temos a apresentar os aplicativos Câmera+ e o Photoshop Express, sendo que o ulterior também possui versão para a plataforma Android. Recursos como a função claridade para análise de imagens, flash frontal, ajuste de foco e exposição, estabilizador de imagem, modos de cena e efeitos de HDR são disponibilizados no Câmera+ para o iPhone, enquanto que o Photoshop Express possui recursos como corte e rotação de fotos, ajuste de contraste e balanço de cores, dentre outros, para os demais smartphones do sistema Android.

(9) A câmera digital do smartphone

Camera frontal do Smartphone para Selfies-2015Invista em um smartphone que tenha uma boa câmera frontal, pois, permitem selecionar o melhor ângulo para a foto e que tenha resolução de pelo menos cinco megapixels. Você pode chegar aos melhores ângulos por meio de vários testes, até perceber que atingiu um bom resultado. A vantagem da câmera frontal sobre a traseira é que ela permite encontrar os melhores ângulos, assim como os melhores segundos planos para obter uma boa imagem.

Evite, portanto, usar celulares ou smartphones com apenas câmeras traseiras, pois elas dificultam o foco, muito embora suas câmeras apresentem maior índice de pixels; mas se você ainda possui um smartphone com apenas câmera traseira, então, para tirar sua selfie, procure calcular/imaginar o foco, faça muitas imagens e escolha as melhores. De modo geral, procure tirar o máximo proveito das configurações de fotografia do seu dispositivo móvel. Entretanto, se seu dispositivo tiver tanto câmera frontal, como traseira, escolha aquela que tiver maior poder resolutivo em megapixels.

(10) Posicionando o dispositivo para a selfie 

Pozicionando o dizpozitivo para a selfieTendo descoberto a seu melhor perfil e ou sua melhor pose, chegou a hora, então, de tirar sua selfie. Para isso, segure a câmera um pouco mais acima de sua cabeça apontando para seu rosto e click! Está pronta a sua selfie e talvez quase perfeita para ser postada em redes sociais, mas antes de publicá-la, é aconselhável fazer uma checagem geral para conferir se está tudo certo e, após isso, publique-a. Se possível, escolha ou crie um bom segundo plano para sua selfie, especialmente as de espelho, e observe a regra dos terços, bem como os princípios de iluminação referidos acima. A posição da câmera um pouco acima da cabeça permite obter um rosto mais fino, além de dissimular o tamanho do nariz; como também inclinar levemente a cabeça para baixo ou para o lado também ajuda a melhorar a fotogenia na selfie.

Se você é principiante na arte de tirar selfies, então, no seu caso uma boa recomendação é segurar o celular ou smartphone com as duas mãos, pois, assim, você terá mais estabilidade na imagem, evitará a formação de imagens tremidas, embora muitos dispositivos atualmente disponíveis no mercado venham com recursos para estabilizar automaticamente, após alguns segundos, sua fotografia.

(11) A etiqueta da selfie

Etiqueta da zelfieAo escolher um lugar ou evento para produzir sua selfie, pergunte-se a você mesmo se o momento é conveniente para tal procedimento, pois é preciso respeitar os momentos ou lugares que envolvem sentimentos pessoais, comoções ou valores coletivos e sociais. É de bom alvitre evitar tirar selfies em funerais ou em locais de acidentes, pois elas podem causar reprovação social, igualmente evite tirar selfies que possam chatear ou ofender alguém, considere sempre a conveniência de suas selfies para que, se não forem bem comentadas, ao menos não gerem maus comentários. Também respeite os eventos destinados a marcar a vida de outras pessoas (e não a sua), como casamentos, colação de grau e similares.

Outra situação em que você deve evitar tirar selfies é em monumentos destinados a recordar eventos trágicos, nos quais uma, algumas ou multidões de pessoas pereceram. Nestas situações, ao invés de parecer bem, você corre sério risco de ser muito mal comentado nas suas redes sociais. O site techtudo selecionou algumas selfies de mau gosto postadas no Instagram, clique no link sobre o nome do site, confira e procure não cometer os mesmos erros.

(12) Redes sociais 

Redez zociaiz para zelfiezAs redes sociais estão intimamente relacionadas com as selfies, pois as pessoas as usam para contar as novidades, fatos novos que ocorreram em suas vidas e, dentre as melhores redes sociais para postar e gerar comentários para suas selfies estão o Instagram, o Snapchat, o Flickr e o famigerado e popularíssimo Facebook.  O Instagram é uma rede de compartilhamento de fotografias e autorretratos, a partir de aparelhos móveis, que disponibiliza uma série de filtros para seus usuários, de modo que, possa dar um toque pessoal às suas imagens, proporcionando certo estilo à sua selfie, como por exemplo, pela aparência de antiguidade e preto e branco; de modo que se pode dizer que esta rede social anda de mãos dadas com imagens e selfies.

O Snapchat é também uma rede social baseada em imagens e vídeos, os quais são utilizados pelos seus usuários para enviarem mensagens e conversarem entre si, com a relevante característica de que as mensagens são automaticamente eliminadas da plataforma alguns minutos após serem abertas pelos destinatários, e isto faz com que o usuário produza o máximo possível de selfies para manter o fluxo de mensagens em rede.

O Flickr é uma plataforma de hospedagem que partilha principalmente imagens fotográficas, mas também desenhos, documentos gráficos e ilustrações em geral, ampliando, assim, as opções de uso. Como rede social, permite aos seus usuários criarem álbuns como meio de armazenar e organizar seus conteúdos gráficos e imagens em geral, como também vídeos, além de poderem conhecer fotógrafos profissionais de todo o mundo. É uma boa opção para armazenar e partilhar suas selfies e fotografias em geral, especialmente aquelas mais artísticas.

O Facebook, a maior rede social da atualidade, também possui recursos que permitem postar imagens e vídeos, como o aplicativo Facebook Camera, além de permitir a postagem de imagens diretamente na linha do tempo, seja por meio de dispositivos móveis ou por outro meio, os quais facilitam sua interatividade social com seus familiares e amigos.

Resumo e síntese

Regra do terçozEm resumo, pode-se dizer que, para produzir uma boa selfie, é necessário levar em conta vários fatores, como luz natural ou artificial, brilhante, intensa ou difusa, flash e difusores de luz, além de técnicas básicas de fotografia, como a regra dos terços, para obtenção de fotos com elementos assimétricos. A escolha do cenário também é muito importante para ser utilizado como complemento de seu rosto, e, para isso, aproveite elementos característicos das estações do ano ou do ambiente doméstico; como também é importante descobrir seu melhor perfil, sua melhor pose; use expressões descontraídas e com naturalidade ou expressões mais sérias que eventualmente possam combinar com você.  Utilize elementos que vão proporcionar um estilo específico para sua selfie e fotografias em geral, como os filtros fotográficos, como também edite sua selfie para remover imperfeições e outros elementos indesejáveis. A edição de sua selfie é especialmente recomendada se for tirada diante de um espelho.  A câmera frontal permite escolher os melhores ângulos, mas a câmera traseira geralmente possui maior resolução, embora os fabricantes estejam envidando esforços para produzir smartphones e celulares com câmeras frontais mais poderosas, escolha a câmera traseira se a resolução da câmera frontal não for satisfatória, de pelo menos cinco megapixels. Observe o posicionamento da câmera um pouco acima da cabeça, como também procure produzir diversos ângulos do seu rosto, não olhando diretamente para a câmera. Por fim reflita sobre a conveniência de fazer selfies em dados momentos e lugares considerados inconvenientes para não ser criticado por seus familiares e amigos e só então poste nas suas redes sociais preferidas.

Em suma, para produzir uma boa selfie não é simplesmente apontar a câmera do smartphone para si e clicar, mas é preciso observar uma série de elementos que vão desde o modo de segurar o dispositivo até a edição da selfie para finalmente postá-la em redes sociais. Elementos que compõem o cenário, a qualidade da luz, a utilização de aplicativos para adicionar filtros são elementos que devem ser levados em consideração na hora de produzir uma selfie de qualidade, além da ênfase necessária que a pessoa fotografada deve dar a si mesma, através de um bom perfil, uma boa pose, uma boa expressão feita descontraidamente e com naturalidade, bem como a conveniência do local ou do momento. São fatores que sempre devem ser observados quando se for fazer uma selfie, o que vai contribuir sobremaneira para que seja bem comentada em redes sociais. Faça bom proveito destas recomendações, boas selfies e até a próxima.